Quarta-feira, 13 de Agosto de 2014

Repensar e actuar

Amigos/as,

depois de um longo tempo de ausência, aqui volto a partilhar convosco as alegrias e tristezas que sinto ao olhar para a nossa vila de Alcáçovas...

 

Creio que este blog, desde o primeiro momento, serviu para lançar nos alcaçovenses uma mentalidade crítica, construtiva e comunitária àcerca das iniciativas e decisões para a nossa vila.

 

Quando nos passados dias 25 a 27 de Julho revisitei a nossa Feira do Chocalho e ouvi as opiniões que me chegavam, percebi que realmente "A FEIRA" como nós carinhosamente a conhecemos, está condenada a desaparecer, a implodir por falta de iniciativas ou criatividade. Entendo que a situação económica do País e do Munícipio de Viana do Alentejo não são favoráveis a grandes mudanças, dada a escassez de recursos económicos mas algo se tem que fazer!

Alguns diziam: "Tem que acabar a Feira um ano ou dois e depois voltar, em força", eu acrescento - para novamente se esgotar e acabar, em solavancos de vai e volta... Outros diziam: "Só há dinheiro para o que interessa", eu acrescento - não há dinheiro para nada, nem para os promotores da Feira nem para os visitantes... Ainda outros desejavam que mesmo pequena e simples devia manter-se, mas eu acrescento que pequena e simples esta Feira não pode ser, porque afinal é A FEIRA, a Feira do Chocalho, candidato a Património da Humanidade!

Então, depois de ouvir tudo isto pensava e comentava que talvez a Feira devesse ser devolvida à Vila; pensava e comentava que sendo a Feira do Chocalho deveria ter Chocalhos e chocalheiros (onde só um stand era dedicado a essa arte e o stand da Junta de Freguesia promovia a candidatura do Chocalho...); pensava e comentava que talvez fosse altura de se repensar a Feira e actuar, com pequenas medidas, para dar novo fogo à Feira do Chocalho!

 

Coisas simples:

* o filme promotor da candidatura do Chocalho poderia muito bem ser exibido no recinto da Feira, num ecrã maior (com um projector normal e um lençol ao lado do Palco)

* o pavilhão que existe no recinto da Feira podia ser disponibilizado aos chocalheiros, para que demonstrasse a arte chocalheira e vendessem dos seus produtos

 

Coisas especias (não por serem especiais em si próprias mas por darem algo de especial à nossa vila):

* devolver a Feira à Vila, obrigando os visitantes a entrar na vila, a percorrerem as suas ruas, tendo o seu centro na praça e fazendo circular naquela zona

* definir espaços para os espectáculos, que podia muito bem ser o Jardim Público e manter o espaço Summer Spot (excelente iniciativa) no recinto da Feira, sendo mais espaçoso

 

... isto são apenas desejos, aspirações de alguém que olha com esperança para a sua Vila e que deseja que ela, para além de ser uma Vila com História, seja uma VILA COM FUTURO!

 

 

Luís Mendes

: Confiante
publicado por alcacovas às 15:27
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Publicado por:

André Correia (AC); António Costa da Silva; Bruno Borges; Frederico Nunes de Carvalho; Luís Mendes; Ricardo Vinagre.

Posts recentes

_

***

“Alcáçovas Vila Global”

Inauguração da obra de Re...

Recordação do nosso Blog:...

Há 6 anos atrás começou a...

Vitória

Um brinde à Arte Chocalhe...

O Fabrico de Chocalhos já...

Mostra de Doçaria de Alcá...

Arquivos

Fevereiro 2019

Outubro 2016

Agosto 2016

Fevereiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Blogs

Visitas a partir de 5/3/2006

Pesquisar neste blog