Quinta-feira, 18 de Maio de 2006

Um sonho

Tive um sonho, acordado, um delírio, uma fantasia. Venho partilhar e implorar, leiam com boa vontade e desprendimento. Se conseguirem chegar ao fim será uma consolação, não estarei só, de outros  sonhadores e fantasistas estarei acompanhado.

"Levantei-me e fui ver a minha agenda para hoje. Tinha que fazer a declaração do IVA, pedir uma certidão à Segurança Social, obter uma cópia do pacto social de uma empresa, fazer um aumento de capital, e mais uma porção de tarefas, que não vale a pena enumerar.

Ao acabar de ler uma lista enorme senti, por um momento, uma ânsia, quase desespero que, felizmente, logo se dissipou. Afinal com o novo  SIMPLEX GLOBAL tudo se resolveria em poucos minutos com uma eventual deslocação aos serviços locais de apoio ao cidadão.

E comecei. Sentei-me ao meu PCADSLSG (Computador pessoal alta velocidade super grátis, existente em todas as casas, empresas,instituições, etc. ) e liguei ao serviço TPC (tudo para o cidadão), identifiquei-me com a introdução do nº do meu cartão MUE (multiusos europeu) e rapidamente fiz a declaração, pedi certidões, recebi cópias (online), paguei contas, confirmei o horário do exame do meu neto, fiz uma reclamação sobre o serviço de águas e marquei uma consulta no CS  com resposta imediata, dia  e hora.

Depois de ter resolvido um monte de assuntos, ficou-me ainda um que, pensei, requeria uma deslocação à delegação da minha autarquia. Com efeito, esclareça-se, só temos no País 18 Concelhos, e nenhuma freguesia. Mas temos em cada cidade ou vila (e até nalgumas aldeias mais isoladas) uma delegação camarária ou CAGC (centro de apoio generalizado ao cidadão),

Fui, portanto, ao CAGC da minha Vila para falar com um técnico sobre uma obra que pretendia fazer, algo que não tinha conseguido através dos serviços na NET . O técnico ouviu-me e ligou para o Concelho Distrital. Após uma rápida explicação foi posto em contacto com um especialista, sediado na capital, com o qual tive uma conferência imediata. Concluída esta foi-me dito que receberia no prazo  máximo de 24 horas uma resposta, incluindo uma autorização de obras.

No regresso, caminhando, vi com satisfação que as ruas estavam impecáveis, bem conservadas, limpas, com sinalização clara e sem falhas. Vi e admirei os jardins, os monumentos, a iluminação. As empresas privadas que asseguravam todo este trabalho estavam a cumprir os seus contratos, com trabalhadores bem preparados e justamente pagos.

Vi também passar uma viatura da GNSIF (guarda nacional de segurança, incêndios e fiscalização local), uma presença regular e apreciada pelos cidadãos. "

E acordei. Mas este sonho  fantástico deixou-me a pensar. Precisaremos de ter  308 concelhos e mais de 3000 freguesias, envolvendo centenas de milhares de pessoas para administrar os assuntos locais? 

E ainda discutimos a criação de mais entidades, caso das Regiões, com mais pessoal, mas no fundo para gerir os mesmos problemas. Andamos à volta dos assuntos e quedamo-nos mais na divisão ou partilha dos poderes, do que na transformação total do sistema que se criou. Uma simples palavra contém a chave para um novo poder (local e central): simplificar, acreditar e controlar.

 

 

 

publicado por alcacovas às 14:38
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Publicado por:

André Correia (AC); António Costa da Silva; Bruno Borges; Frederico Nunes de Carvalho; Luís Mendes; Ricardo Vinagre.

Posts recentes

_

***

“Alcáçovas Vila Global”

Inauguração da obra de Re...

Recordação do nosso Blog:...

Há 6 anos atrás começou a...

Vitória

Um brinde à Arte Chocalhe...

O Fabrico de Chocalhos já...

Mostra de Doçaria de Alcá...

Arquivos

Fevereiro 2019

Outubro 2016

Agosto 2016

Fevereiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Blogs

Visitas a partir de 5/3/2006

Pesquisar neste blog