Domingo, 19 de Julho de 2009

Livros

Agora que o tempo de férias vai chegando (para alguns dos quais eu não faço parte) porque não levar para férias um livro? Um livro é sempre aquele companheiro, que num final de tarde quente sabe bem abrir e deixar que ele nos leve aos mais recônditos destinos quer do mundo quer da nossa alma.

Os livros que sugiro para leitura, são livro que li e dos quais gostei e por isso decidi partilhar convosco:

 

Miserere

 

 

 

Sinopse: 

 

João Morais Barbosa foi professor catedrático de Filosofia. Dedicou-se, quase, exclusivamente à publicação de obras filosóficas e de histórias de ideias.

Miserere é o seu primeiro livro de espiritualidades. Tomando por pretexto o Salmo 50, cujo o nome adopta para título desta obra, comenta os respectivos versículos aplicando-os à sua vida familiar e profissional. No entanto, Miserere não pretende ser um simples relato de acontecimentos pessoais, o que lhe retiraria qualquer interesse, antes tem por intenção auxiliar o leitor na espiritualização e santificação da sua vida quotidiana.

Faleceu no dia 13 de Dezembro de 1991 com 46 anos de idade.

 

“Este livro é estranho”. Assim abre o prefácio o Professor João Morais Barbosa e assim também começa a nota de apresentação de autoria do filósofo Fernando Gil.

 

 

Crash 1929

 

 

 

Sinopse:

 

Especulação sem limites; salários milionários e benefícios fiscais para grandes empresas; proliferação de produtos financeiros incompreensíveis; desigualdades sociais agudas; e, subitamente, a queda em flecha do mercado bolsista…
Tudo isto está nas manchetes dos diários dos últimos meses.
E tudo isto já aconteceu também há 80 anos.
Com o seu humor e a sua perspicácia incomparáveis, John Kenneth Galbraith analisa neste livro as causas do Crash da bolsa de 1929 e da subsequente crise financeira e social.
Segundo Galbraith, que na altura em que escrevia este livro estava a preparar o seu clássico The Affluent Society, a principal causa desta queda foi a crença (profundamente enraizada na psique norte-americana) de que é possível conseguir «almoços grátis» e que a especulação financeira se traduz inevitavelmente num incremento de riqueza.

 

 

Miguel Strogoff

 

jv-MiguelStrogoff1.jpg image by capaspdl 

 

Sinopse:

 

 Ambientado no longínquo império russo, narra as aventuras do intrépido herói, que necessita percorrer 5.500 km de obstáculos quase insuperáveis, entre os exércitos de traidores do czar, para entregar ao Grão-Duque, na cidade de Irkutsk, na Sibéria, uma mensagem secreta que o soberano lhe confiara.

Suportando toda a sorte de dificuldades e de obstáculos, submetido a humilhações e tortura durante esse longo percurso pelo exótico interior do continente asiático, o herói surge como um modelo de perfeição e virtude, forte e corajoso, a quem nada consegue deter no cumprimento de sua missão.

 

 

Ricardo Miguel Vinagre

publicado por alcacovas às 12:14
| comentar

Publicado por:

André Correia (AC); António Costa da Silva; Bruno Borges; Frederico Nunes de Carvalho; Luís Mendes; Ricardo Vinagre.

Posts recentes

_

***

“Alcáçovas Vila Global”

Inauguração da obra de Re...

Recordação do nosso Blog:...

Há 6 anos atrás começou a...

Vitória

Um brinde à Arte Chocalhe...

O Fabrico de Chocalhos já...

Mostra de Doçaria de Alcá...

Arquivos

Fevereiro 2019

Outubro 2016

Agosto 2016

Fevereiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Blogs

Pesquisar neste blog