Segunda-feira, 27 de Março de 2006

Associativismo Jovem em Alcáçovas!!!!!!!!

Muitas vezes aqui se tem falado de os jovens da nossa terra são a esperança e uma bolsa de ar fresco que certamente Alcáçovas necessita no futuro.

Mas infelizmente a juventude que hoje já tem essa função está a falha-la claramente, como já devem ter percebido falo da AJAl (Associação de Jovens de Alcáçovas).

Mas quando me refiro à AJAl não falo em uma associação falhada, falo sim de uma direcção falhada, de um conjunto de projectos falhados e de um mau serviço que a mesma presta às Alcáçovas e aos seus jovens.   

Penso que é fundamental e urgente esta associação ser dinamizada e estruturada de forma a servir os fins para que foi criada, servir todos os jovens e não apenas uma parte muito reduzida dos mesmos. Como acima disse não considero a AJAl uma associação falhada pois esta tem um enorme potencial a vários níveis: no desportivo, no cultural, na intervenção cívica na sociedade, etc.

Deixo aqui apenas duas questões, que recomendo seriamente a todos os jovens e não só que reflictam sobre elas:

  1. No que é que a AJAl tem contribuído nos últimos tempos para o desenvolvimento da nossa terra?
  2. Nos últimos anos quantas actividades realizou a associação que não tenham sido um verdadeiro fiasco?

 

rmgv

publicado por alcacovas às 12:40
| comentar
17 comentários:
De alcacovas a 27 de Março de 2006 às 17:57
Ricardo, fizeste bem em lembrar novamente a questão do associativismo dos jovens nas Alcáçovas. È uma questão mesmo muito importante e penso que há já muitos jovens preocupados com isso.
Quanto ao que a AJAL tem feito eu não sei muito bem, mas isso só por si pode já ser um bom indicador de que não se têm visto muitas iniciativas.. Parece que muitos se queixam da inactividade desta associação e parece que esta questão merece de facto uma intervenção de todos os jovens da vila interessados (e não só). Dever-se-ia talvez começar por se mostrar o trabalho realizado pela associação e os projectos que têm em curso. Analisar qual a sua “produtividade” e tentar perceber o que se poderia ter feito e o que se poderá fazer e, quem sabe, reestruturar esta associação. Dar-lhe uma nova vida!
Seria bom que os membros da AJAL entrassem nesta discussão do blog.
Um abraço
B.Borges
De alcacovas a 27 de Março de 2006 às 21:41
Muitas vezes tenho pensado que numa pequena terra como Alcáçovas, com um relativo desenvolvimento do associativismo, um associativismo um bocado "velho", mas com realizações interessantes. Não sei se haverá muitas terras que tenham tantas associações por milhar de habitantes.
Mas o que é espantoso é que os jovens não estão nessa onda de associativismo.
O alerta do Ricardo leva-me a pensar que realmente algo vai mal.
Essa AJAL, de que tenho visto uns cartazes, não parece realmente muito dinâmica.
Julgo que o problema pode ser resolvido pelos jovens de Alcáçovas, e só por eles.
Adiram à dita associação, vejam como funciona, elejam novos dirigentes, tomem o assunto nas vossas mãos e mostrem que os jovens têm espírito e vontade para promover um verdadeiro associativismo, envolvendo, cativando e dinamiszndo.
De alcacovas a 27 de Março de 2006 às 21:41
Muitas vezes tenho pensado que numa pequena terra como Alcáçovas, com um relativo desenvolvimento do associativismo, um associativismo um bocado "velho", mas com realizações interessantes. Não sei se haverá muitas terras que tenham tantas associações por milhar de habitantes.
Mas o que é espantoso é que os jovens não estão nessa onda de associativismo.
O alerta do Ricardo leva-me a pensar que realmente algo vai mal.
Essa AJAL, de que tenho visto uns cartazes, não parece realmente muito dinâmica.
Julgo que o problema pode ser resolvido pelos jovens de Alcáçovas, e só por eles.
Adiram à dita associação, vejam como funciona, elejam novos dirigentes, tomem o assunto nas vossas mãos e mostrem que os jovens têm espírito e vontade para promover um verdadeiro associativismo, envolvendo, cativando e dinamiszndo.
De rmgv a 28 de Março de 2006 às 00:32
tenho pena de não saber quem escreveu o ultimo post, mas quero-lhe dizer que de facto alguns jovens de Alcáçovas não se conformam e por esse motivo noticias surgiram sobre este assunto.
De TA a 1 de Abril de 2006 às 14:21
olha quem ele é... espero que esteja a correr tudo bem ai em Berlim master :)
Vejo que acompanhas os temas mais polémicos da actualidade, nas Alcáçovas.
Abraço
De alcacovas a 1 de Abril de 2006 às 16:13
Então T, comigo está tudo em ordem. Está tudo a correr bem. Sabes que estou sempre a par do que se vai passando na nossa terra. Um abraço amigo, B.Borges
De Anónimo a 29 de Março de 2006 às 16:45
Quando eu era criança e andava na escola na nossa infantilidade diziamos uns aos outros se não fosses "estupido" o que gostarias de ser? Assim me parece ser o rmgv porque de facto as coisas que ele levanta são de uma "estupidez" tão grande que nós em Alca´çovas temos dificuldades em o aturar. Falara como fala da AJAL é ridiculo. Pode-se não gostar podemos odiar as pessoas, mas por favor é preciso reflectir quando somos nós a denegrir o que por aqui se faz, vejamos o que esta gente não é capaz de dizer dos outros. Já agora dizer que a ARJAL é a unica organização de jovens solida que conheço por isso não percebo o odio do Roberto em relação a esta Associação e é por razões politicas tenham dó esse tempo já lá vai.
Já agora mais uma questão o Roberto saberá que algumas pessoas dizem tanto mal de todos que quando se levantam de manhã ao olharem para o espelho reflectem que era melhor estarem calados porque o que veem no espelho não é também grande coisa ? Espreita outros caminhos que será melho para ti e para a nossa terra. Zé da Praça
De TA a 1 de Abril de 2006 às 14:18
gostava de comentar a tua inteligência rebuscada e incompreendida por isso, peço que divulgues o teu nome zé da praça...
De rmgv a 30 de Março de 2006 às 02:41
Zé Praça vou ser muito sincero contigo pois eu é que não tenho paciência para aturar pessoas cobardes como tu que acusa e ofende as pessoas, mas não tem coragem de dar a cara. Sabes qual é a nossa diferença é que eu dou a minha opinião e exponho as minhas ideias mas tu escondes-te por traz de um nicke name para fazer as acusações. Por isso que fique aqui bem claro uma coisa, se me quiseres chamar estúpido mais alguma vez procuras-me que certamente me conheces e sabes onde me encontrar e dizes-me isso na cara e depois falamos de homem para homem.
Mas vamos ao que interessa, se tu dizes que a AJAl é a única organização de jovens sólida que conheces então deves conhecer muito poucas organizações, ou não conheces a AJAl ou então és burro.
Porque é que a AJAl é uma organização sólida? Porque tem 126 sócios mas só 0.001% é que tem as quotas em dia?
Mas diz lá porque é que a AJAl é uma organização sólida? Porque nem sequer tem uma sede e as reuniões são no consultório médico de Alcáçovas?
Quero que me digas onde é que a AJAl é uma organização sólida? Nas suas actividades que são criticadas por 99% dos jovens de Alcáçovas? Por essas mesmas actividades que sempre que são realizadas são um fiasco a crescer exponencialmente?
Ou melhor tu achas que a AJAl é uma organização sólida porque 99% dos jovens Alcaçovenses que supostamente era os jovens a quem ela deveria servir não se identificam nem com aquela associação nem com os seus dirigentes?
Quero que tu Zé da Praça ou lá como te chamas me digas porque é que a AJAl é uma organização de jovens sólida? Mas já agora uma associação de que jovens? Uma associação para que jovens?
Os só posso chegar a uma conclusão tu não sabes o que é que quer dizer sólida, por isso e como compreendo que devas ter certas dificuldades deixou-te aqui alguns significados de “sólida” e se souberes ler diz-me em que definição de sólida pode entrar a actual AJAl: «que tem consistência; que tem forma própria; firme, seguro; forte; robusto; substancial; com fundamento real, efectivo; incontestável».
Por tudo isso e pelo texto que escreves-te das duas uma ou és um burro infeliz e estúpido que nem uma porta ou então fazes parte do 1% dos jovens que se identificam com a actual AJAl e se assim é dou-te um conselho não abras a boca onde esteja mais de duas pessoas pois a ti é que ninguém te consegue aturar.
De rmgv a 30 de Março de 2006 às 04:03
:já agora Zé Praça tenho que te dizer que concordo apenas numa coisa contigo no teu comentário a sigla que utilizas para a actual AJAl não podia vir mais a calhar;
ARJAL:Associação de Reformados (em Ideias e em Atitudes) mas Jovens de Alcáçovas.
obrigado pela tua sinceridade em admitires que os 1% dos quais tu fazes parte embora jovens em idade são uns autênticos reformados em ideias e nas atitudes que tomam.
De Anónimo a 30 de Março de 2006 às 08:23
rmgv não pensei que ficasses tão irritado e até fosses além do que seria razoável na linguagem, mas já agora duas coisas, o que disse sobre a AJAL não retiro uma palavra e dentro de dias terás a resposta dada pela própria Associação; Depois uma nota de amigo, quando se é jovem e se tem ambições politicas o que é o teu caso, não será com reações dessas como tu tivestes que lá chegarás, olha que os outros também veem as nossas atitudes, desilude-te se pensas que o mundo gfira todo á tua volta. Zé da praça
De FilhodeAlcaçovenses a 30 de Março de 2006 às 10:37
A conversa está a baixar de nivel.
De homem para homem ??
De Roberto Vinagre a 30 de Março de 2006 às 11:18
Caro amigo, penso que não se queria referir a mim, dado que apenas uma vez me referi à AJAL e foi num curto comentário. Não falo da AJAL porque também não gosto de perder tempo com coisas que não me despertam qualquer sentimento, ponto final. Este blog vem provar uma coisa que eu já sabia, há muita gente em Alcáçovas com internet que deseja falar, mas não sabe como o fazer, então este blog foi como um balão de ar fresco. Por isso nós, colaboradores no blog, estamos de parabéns porque evitamos que muitas pessoas morressem com falta de ar! Só é pena que essas mesmas pessoas não tenham coragem de colocar o nome no final dos comentários, como alias fazem todos os colaboradores deste blog! Quando bão temos razão e não sabemos como defender a nossa «pele» só nos resta partir para o facilitismo, ou seja, para a agressão verbal, é mais fácil de facto!
Meu caro a si não lhe cabe julgar as outras pessoas pelo que são, quanto muito pode julgar as outras pessoas pelo que fazem, nomeadamente quando ocupam cargos publicos, dado que é isso que nós fazemos aqui!
Quanto a mim, não vou deixar de dormir se me ofenderem aqui, só deixaria de dormir se ofendesse alguem ou faltasse aqui com a verdade, visto que isso não aconteceu, vou continuar a dormir lindamente!
De rmgv a 30 de Março de 2006 às 13:03
zé da praça, quem é que te disse que eu tenho objectivos políticos? se assim o pensas ou se te dizeram então estas enganado.
penso fazer a minha vida muito longe da política e se algum dia entrar na política será por merito e não por desespero de causa!!
quanto à resposta por parte da associação, não penses que me fazes qualquer tipo de vingança pois se for boa para a nossa terra e para os nossos jovens será bem vinda. eu não tenho nada contra o nome AJAl,tenho sim é criticas a fazer as pessoas que gerem os destinos da AJAl que em minha opinião os gerem da pior maneira. mas este é o meu ponto de vista e de cerca de 99% dos jovens da Alcáçovas.
e já agora só mais uma coisa não fui eu quem escreveu em primeiro lugar a chamar estupido a ninguém e por isso meu caro eu é que não retiro nem me arrependo de uma unica palavra que disse.
De Fábio Espírito Santo a 30 de Março de 2006 às 18:12
Caro amigo,

lembrando a presença de jovens na vila de Alcáçovas, gostaria de partilhar convosco as minhas próximas semanas de trabalho.
Amanhã rumarei em direcção às Alcáçovas com o intuito da realização de mais um trabalho para a Faculdade de Arquitectura, desta vez para a cadeira de Arquitectura Paisagista.
São duas turmas (Arquitectura do Planeamento Urbano e Territorial e Arquitectura de Gestão Urbanística), 14 grupos, 7 temas. O meu é a realização de um Parque Urbano para a zona junto às bombas Total (inclui o parque central e uma hipotética despropriação dos terrenos a sul das bombas como se fossem terrenos públicos e não privados).
Outros como percusos rurais e urbanos, ciclovias, recuperação de jardins históricos, participação e minas fazem parte do trabalho que pretendemos desenvolver. Cada dois grupos desenvolvem um tema embora o local seja diferente.
Alcáçovas vai estar animada com a nossa presença e, certamente, como já tem sido hábito, seremos bem recebidos.

Até breve!
De alcacovas a 30 de Março de 2006 às 19:00
caro Fabio
é com todo o gosto que recebo essa noticia, só tenho pena de amnhã ter o dia cheio de aulas, se não irei ter convosco para conversarmos e trocarmos algumas opiniões e para nos conhecermos. como já te disse não percebo nada de arquitectura pois estudo economia, mas há de certeza varios aspectos da planeamento arquitetonico e urbanistico da minha terra que me preocupam. mas de certo não vão faltar opotunidades.
se bem vindo e sente-te como se estivesses em casa pois as pessoas de Alcáçovas são hospitaleiras (como tu sabes) e de certo que os vão receber mt bem.
com os melhores cumprimentos
Ricardo Vinagre

Comentar post

Publicado por:

André Correia (AC); António Costa da Silva; Bruno Borges; Frederico Nunes de Carvalho; Luís Mendes; Ricardo Vinagre.

Posts recentes

_

***

“Alcáçovas Vila Global”

Inauguração da obra de Re...

Recordação do nosso Blog:...

Há 6 anos atrás começou a...

Vitória

Um brinde à Arte Chocalhe...

O Fabrico de Chocalhos já...

Mostra de Doçaria de Alcá...

Arquivos

Fevereiro 2019

Outubro 2016

Agosto 2016

Fevereiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Blogs

Visitas a partir de 5/3/2006

Pesquisar neste blog