Quarta-feira, 17 de Dezembro de 2008

A Festa do Francisco

 No fim-de-semana passado vi uma atitude louvável que merece ser partilhada.

 

No sábado passado festejava-se o segundo aniversário do pequeno Francisco, filho de um dos meus melhores amigos.

 

Apesar de ser habitual oferecerem-se prendas nos aniversários, não foi o que aconteceu. Era “expectável” que num panorama deste género, com a presença de muita família e amigos, o Francisco fosse presenteado com muitos brinquedos, daqueles que não servem para nada, a não ser repetirem-se uns aos outros e amontoarem-se significativamente, enchendo o seu quarto até ao tecto e custando muito caro a quem os oferece.

 

Os pais reconhecendo que o Francisco não necessita de prendas e mais prendas, e para evitar todo esse ambiente de consumo desmesurado, exageradamente consumista e materialista, propuseram aos familiares e amigos que presenteassem o Francisco com um bom exemplo.

 

Propuseram que, em vez das prendas, cada um dos convidados colocasse anonimamente um montante que entendesse, ajustado à sua carteira obviamente, num envelope e que o introduzisse numa caixinha previamente preparada par o efeito, a qual se encontrava numa mesa da festa.

 

O objectivo concreto destinava-se a doar o dinheiro obtido a uma instituição sem fins lucrativos, também previamente destinado, neste caso seria para um lar de acolhimento de crianças deficientes e de apoio a famílias carenciadas em Faro, para então adquirirem um aparelho de ar condicionado e assim melhorar as condições de bem estar de um dos quartos daquelas crianças.

 

No final da festa fez a contagem das verbas obtidas, sendo de seguida entregues a uma responsável da referida instituição que se encontrava presente. Chegou-se à conclusão que até dava para dois aparelhos de ar condicionado.

 

Tenho a plena convicção que todos ficaram muito mais ricos no final desta festa. Todos aprenderam a lição e o Francisco será certamente uma criança mais feliz e mais saudável, por ser criado e acompanhado por uma família tão correcta e generosa.

 

António Costa da Silva

 

publicado por alcacovas às 20:04
| comentar
2 comentários:
De e-antunes a 18 de Dezembro de 2008 às 18:19
É de facto uma atitude louvável, mas o pequeno Francisco fez apenas dois anos e como tal ainda não dará grande importância aos brinquedos, no entanto, como de pequenino é que se torce o pepino, é provável que sendo assim educado as suas atitudes serão as partilhar com os outros. Oxalá assim seja isso fará dele uma pessoa maravilhosa.
De miguel a 19 de Dezembro de 2008 às 22:04
Um exemplo a seguir ...!

Um abraço da M&M & Cª!

Comentar post

Publicado por:

André Correia (AC); António Costa da Silva; Bruno Borges; Frederico Nunes de Carvalho; Luís Mendes; Ricardo Vinagre.

Posts recentes

_

***

“Alcáçovas Vila Global”

Inauguração da obra de Re...

Recordação do nosso Blog:...

Há 6 anos atrás começou a...

Vitória

Um brinde à Arte Chocalhe...

O Fabrico de Chocalhos já...

Mostra de Doçaria de Alcá...

Arquivos

Fevereiro 2019

Outubro 2016

Agosto 2016

Fevereiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Blogs

Pesquisar neste blog