Terça-feira, 30 de Setembro de 2008

Este Partido Mete-me Nojo

Um País como Portugal que tanto tempo sofreu graças à ditadura salazarista, continua a estar sujeito a aberrações como é o caso do PNR. Uma coisa é certa, alguém permite o licenciamento daqueles cartazes na via pública. Alguém permite que lancem frases apelativas ao racismo e ao xenofobismo.

 

Não há dúvida nenhuma, Portugal é mesmo um País de brandos costumes.

 

António Costa da Silva

 

PNR coloca novo cartaz em Lisboa contra a imigração

 

O Partido Nacional Renovador (PNR) colocou hoje na rotunda de Entrecampos, em Lisboa, mais um cartaz contra a imigração. Na imagem do outdoor aparece uma ovelha branca a erradicar outras ovelhas negras. Desta vez, os Gato Fedorento não vão reagir com outro cartaz, mas classificam-no de «idiota»

 

No outdoor com ovelhas brancas e negras, o PNR explica que cada ovelha negra representa «as causas e consequências de certos cancros do nosso país: criminalidade, desemprego, baixos salários, multiculturalismo, fronteiras abertas e subsídio dependência».

 

O líder do partido, José Pinto-Coelho, considera que este cartaz «é mais uma pedrada no charco que serve para alertar consciências para aquilo que se passa em Portugal e que mais nenhum partido tem coragem de denunciar».

 

Pinto-Coelho acrescenta ainda: «vivemos um momento de crise profunda, com tendência a agravar, e no entanto os partidos do sistema andam entretidos a discutir casamentos gay e a projectar construções faraónicas».

 

Este cartaz vem na sequência do colocado em 2007, que desejava «boa viagem» aos imigrantes «que cometem crimes, aos ilegais e aos subsídio-dependentes», como explica o partido. Na altura, os Gato Fedorento chegaram a colocar um outro cartaz que satirizava a campanha do PNR.

 

Contactado pelo SOL, Ricardo Araújo Pereira garante que os Gato não vão reagir desta vez. «Se fossemos responder de cada vez que o PNR faz um cartaz idiota, não fazíamos mais nada», afirma.

 

SOL

 

publicado por alcacovas às 13:10
| comentar
4 comentários:
De gafanhoto a 30 de Setembro de 2008 às 14:09
António costa da Silva lembro que estamos em democracia, toda a gente tem direito á sua openião.
Toda a gente tem a sua verdade e o que é certo é que os problemas mencionados existem.
Se o António Costa está contra é bom que diga como os resolveria.
O povo quer é solucões.
De alcacovas a 30 de Setembro de 2008 às 22:46
O Ricardo Araújo Pereira tem razão. Se se fosse a ligar às coisas idiotas que dizem estes do PNR não se fazia mais nada. Este senhor PInto-Coelho, que nem é pinto nem coelho, mas sim um Perfeito Anormal deveria ser julgado por fomentar o racismo e a xenofobia. Felizmente que a sua gritante falta de sanidade mental não influencia muita gente.
Gostaria de pedir ao senhor gafanhoto ( mais um nome de animal, curioso) que nos elucidasse um pouco mais sobre "a verdade", como diz, do dito por este partido e qual a ligação da sua "verdade" aos problemas mencionados.
Para os portugueses o problema da crise nunca está nos próprios mas sim sempre noutra coisa qualquer. As pessoas que vêm de fora são de facto um alvo muito fácil para nos descartarmos da nossa culpa.
Estou em crer que o cancro da crise está em boa parte na mentalidade de muitos portugueses.
B.Borges
De comoasmares a 30 de Setembro de 2008 às 22:53
Se o PS fosse um partido com coragem este partido já estava ilegalizado há muito tempo. Neste aspecto concordo plenamente com o PCP. Os principios do PNR vão contra a constituição portuguesa.
Não podemos permitir que esta gente ponha em causa principios tão importantes como o respeito pelos direito humanos!
Roberto Vinagre
De Zé da Burra o Alentejano a 2 de Outubro de 2008 às 10:16
Fraca Natalidade e Imigração.

Há já algum tempo me referi a este assunto, mas vou agora lembrar a minha reflexão sobre ele:

Dizem alguns que a fraca natalidade portuguesa põe em risco o futuro da Segurança Social por dificuldade de substituição da população activa, o que implicará uma redução das contribuições para a SS. Contesto a afirmação: a baixa natalidade acontece nos países desenvolvidos (Luxemburgo, França, Alemanha,...) há muitas dezenas de anos e essa teoria nunca se confirmou e, pelo contrário, são os países com a população mais jovem (países africanos em geral) em que a miséria é maior. Também há países cuja população é quase exclusivamente composta por imigrantes e seus descendentes: EUA, Canadá, Austrália... Também não estão entre os mais pobres. Lamento que os partidos de Esquerda, onde não incluo o actual PS, não sejam capazes de desmontar esta "CABALA".

Com a actual taxa de desemprego, em que não há empregos para os jovens que temos, porque será que acham que deveríamos ter mais? Se mais filhos tivéssemos maior seria o número de desempregados. A eventual falta de mão de obra (qualificada ou não) pode ser e é facilmente suprida com a aceitação de imigrantes. Portugal sabe-o muito bem.

A reposição da força de trabalho com recurso aos nossos filhos, embora louvável, implica um investimento de vinte e tantos anos: entretanto, tanto os pais como o país terão que prestar-lhes cuidados vários: alimentação, vestuário, lazer, saúde, educação e formação profissional. Quanto aos trabalhadores imigrantes, esses custos foram suportados pelos seus pais e pelos países de origem, por isso, vêm aptos para, de imediato, começarem a trabalhar e a descontar para a Segurança Social. Só por isso, ficam mais económicos ao país de acolhimento. Aliás, não temos nós já cerca de um milhão de imigrantes? Se quisermos poderão vir ainda mais e não faltarão candidatos. Porém, a imigração para Portugal deveria ser feita de forma selectiva, de acordo com as nossas necessidades. Não há risco de falta de mão de obra, pois todos sabemos que há países com excesso de população e outros sem trabalho para a sua população.

Muitos dos imigrantes nem irão sequer esperar para beneficiarem dos descontos feitos para a SS, porque o seu objectivo é juntarem alguns milhares de “euros” e regressarem aos seus países de origem, trocá-los por moeda local e construírem aí então o seu sonho e futuro. Portugal como país de emigrantes sabe bem disso. Que fizeram muitos dos portugueses que há algumas décadas emigraram para a França e Alemanha?

Assim, levantar-se este problema apenas tem um sentido lógico: o de convencer os portugueses a prescindir das poucas ajudas da Sociais, aumentar a idade das reformas para que os trabalhadores morram antes das atingirem sem beneficiar dos descontos feitos. Enquanto se continua a impedir o acesso ao trabalho aos jovens fala-se em fraca natalidade???

É claro que os estrangeiros envolvidos em crimes graves devem ser imediatamente repatriados. Aí estou de acordo com o CDS. E quem não está???

Comentar post

Publicado por:

André Correia (AC); António Costa da Silva; Bruno Borges; Frederico Nunes de Carvalho; Luís Mendes; Ricardo Vinagre.

Posts recentes

_

***

“Alcáçovas Vila Global”

Inauguração da obra de Re...

Recordação do nosso Blog:...

Há 6 anos atrás começou a...

Vitória

Um brinde à Arte Chocalhe...

O Fabrico de Chocalhos já...

Mostra de Doçaria de Alcá...

Arquivos

Fevereiro 2019

Outubro 2016

Agosto 2016

Fevereiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Blogs

Visitas a partir de 5/3/2006

Pesquisar neste blog