Segunda-feira, 29 de Setembro de 2008

REGULAMENTO DE MÉRITO ESCOLAR

Como é conhecido, tem existido um Regulamento de Mérito Escolar da Câmara Municipal de Viana do Alentejo que apoiava alunos do ensino superior que obtivessem uma média superior ou igual 14. Sempre considerei, esta, uma excelente medida do Município de Viana do Alentejo.

 

Com o Processo de Bolonha passou a ser extremamente difícil comprovar a respectiva média, isto porque, com a introdução de unidades de crédito, muitas universidades deixaram de apresentar as médias anuais, mas apenas as notas por cadeiras (unidades de crédito).

 

Com esta alteração, a CMVA sentiu-se forçada a alterar o regulamento existente, o que me pareceu bem. No entanto, na primeira versão o actual executivo propôs um Regulamento de Mérito Escolar tendo como base a média de entrada na universidade, sendo esta superior ou igual a 14. Os vereadores da oposição contestarem esta situação, isto porque, ao se valorizar apenas a média de entrada e podendo os alunos terem média de 10 nos anos seguintes (desde que passassem a todas as cadeiras), não estaríamos perante uma situação de valorizar do mérito escolar.

 

Surgiu a questão da forma que deveria ser utilizada para a CMVA confirmar as respectivas médias, isto porque, muitos dos estabelecimentos não calculam as médias anuais. Perante esta dificuldade, propus as seguintes soluções:

A justificação da média superior ou igual da 14 deverá ser comprovada através das seguintes modalidades:

a) Certificado escolar comprovativo do estabelecimento de ensino que frequentou no ano lectivo anterior, indicando a média do final do ano;

b) Em caso do estabelecimento de ensino que frequentou no ano lectivo anterior não comprovar a média final do ano, mas somente as notas individuais das cadeiras (unidades de crédito) em que esteve matriculado, então a média será calculada tendo como base a média aritmética simples entre o total obtido das notas e o número total de cadeiras em que se inscreveu, sendo que, neste caso, deverá ser superior a 13,49;

c) Sempre que o aluno consiga comprovar que a sua média é efectivamente superior a 14 (13,49), justificada pelo cálculo utilizado no seu estabelecimento de ensino, nomeadamente através da utilização das médias das unidades de crédito ou outros métodos igualmente utilizados.

 

Esta proposta não foi aceite, sendo proposto pelo executivo que o Regulamento deixasse de se chamar de Mérito Escolar e passasse a ser de Apoio Escolar, com o argumento de que este se tornaria mais abrangente, ou seja, apoiaria um leque maior de alunos.

 

Eu não consigo concordar com esta proposta (que, muito provavelmente, irá passar amanhã na Assembleia Municipal) pelas seguintes razões:

1)      Deixámos de valorizar o mérito escolar no concelho de Viana do Alentejo, ou seja, perdeu-se a preocupação de termos dos melhores alunos a frequentar os diferentes estabelecimentos do ensino superior;

2)      Criou-se uma medida socialmente injusta, isto porque, com este formato passamos a apoiar todos os alunos, sejam ricos, sejam pobres, desde que tenham tido média de 14 para entrar no ensino superior e que vão passando todos os anos, mesmo que tenham nota 10.

 

Perdemos o mérito que valorizava os melhores, independentemente do extracto social, e criou-se uma forma totalmente injusta que nada beneficia quem tem maiores dificuldades económicas.

 

Mesmo que não se quisesse apoiar o mérito, parece-me que seria mais justo apoiar apenas aqueles que têm maiores dificuldades económicas, com verbas superiores àquelas que irão certamente beneficiar.

 

Este é mais um erro grave que vai ser cometido por este executivo.

 

António Costa da Silva

 

publicado por alcacovas às 15:04
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Publicado por:

André Correia (AC); António Costa da Silva; Bruno Borges; Frederico Nunes de Carvalho; Luís Mendes; Ricardo Vinagre.

Posts recentes

_

***

“Alcáçovas Vila Global”

Inauguração da obra de Re...

Recordação do nosso Blog:...

Há 6 anos atrás começou a...

Vitória

Um brinde à Arte Chocalhe...

O Fabrico de Chocalhos já...

Mostra de Doçaria de Alcá...

Arquivos

Fevereiro 2019

Outubro 2016

Agosto 2016

Fevereiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Blogs

Visitas a partir de 5/3/2006

Pesquisar neste blog