Domingo, 28 de Outubro de 2007

Fumar, porquê?

Há que ler o artigo que se segue, extraído do DN, e pensar?
Deixar de fumar é muito difícil, mas pode representar não só mais anos de vida como também uma melhor qualidade de vida.
Sabem quem são os grandes beneficiados com o vício do cigarro ?
Serão os fumadores? Ou os grandes (enormes) grupos que continuam a produzir, cada vez mais, os cigarros que se fumam em todo o mundo e o Estado que recolhe verbas enormes com o imposto sobre tabaco.
Cigarros que custam pequenas fortunas. Uma pessoa que comece a fumar com 16 anos e fume até morrer (digamos 60 anos), dois maços por dia ao preço de 3 euros cada gastará mais de 96.000 €.
  
"Bastam 20 minutos sem fumar para que a tensão arterial desça, mas são precisas pelo menos 24 horas sem tabaco para que o risco de enfarte diminua, revelam dados da Sociedade Portuguesa de Pneumologia.

Para sentir uma diminuição na tosse e no cansaço, quem deixa de fumar tem de esperar entre um e nove meses e um pouco mais, cerca de 12 meses, para reduzir para metade o risco de contrair doença coronária.

No entanto, só 10 a 15 anos depois é que o risco de ter doenças do coração fica igual ao de um não fumador.

Para reduzir para um terço o risco de enfarte e de morte é necessário passar um ano e esse risco só fica equivalente a um não fumador após três ou quatro anos.

Para se alcançar uma diminuição de 50 por cento do risco de acidente vascular cerebral é necessário que passem cinco anos depois de abandonado o vício do tabaco.

Os dados referentes aos benefícios da cessação tabágica indicam ainda que só depois de 10 anos sem fumar é que se consegue diminuir o risco de cancro do pulmão, mas que, por mais tempo que passe, nunca fica igual ao de um não fumador.

Relativamente à gravidez, deixar de fumar antes da gestação permite às mulheres terem crianças com o mesmo peso das não fumadoras. Se a mulher fumar até à 30.ª semana, o peso do bebé será, ainda assim, superior aos filhos de quem fuma durante toda a gestação. São cerca de 30 por cento as mulheres que optam por deixar de fumar durante a gravidez, mas 80 por cento delas acaba por ter uma recaída depois do parto.

Ensinar a deixar de fumar

Mais de 500 profissionais de saúde frequentaram já os cursos de formação para "ensinar" os doentes a deixar de fumar, uma iniciativa da Sociedade de Pneumologia para preparar os centros de saúde para os desafios da nova lei do tabaco.

A Sociedade Portuguesa de Pneumologia promove estes cursos, acreditando que pode ser essencial para preparar os centros de saúde para as consultas específicas para o efeito."
AC
publicado por alcacovas às 17:51
| comentar
1 comentário:
De nuncaesquecerei a 28 de Outubro de 2007 às 18:12
É um artigo muito interessante e um problema de saúde pública, pois todos somos directa ou indirectamente por ele atingidos. A verdade é que deixar de fumar é sempre benéfico para a saúde, benefícios esses que vão aumentando com o tempo. Assim que o fumador deixa de fumar, sente de imediato os seus benefícios , o problema está na dependência psicológica. E, por muito que os profissionais de saúde promovam estilos de vida saudáveis , nomeadamente no âmbito em epigrafe, a verdade é que é fundamental o fumador querer, e é mesmo querer a sério, deixar de fumar, senão não há profissional, nem medicamento que lhe valha, e nesse sentido era importante que os fumadores que iniciam um tratamento destes, tivessem acompanhamento psicológico, o que não é uma realidade a nível dos CS . Logo de inicio, o tratamento fica a meu ver comprometido.

Comentar post

Publicado por:

André Correia (AC); António Costa da Silva; Bruno Borges; Frederico Nunes de Carvalho; Luís Mendes; Ricardo Vinagre.

Posts recentes

_

***

“Alcáçovas Vila Global”

Inauguração da obra de Re...

Recordação do nosso Blog:...

Há 6 anos atrás começou a...

Vitória

Um brinde à Arte Chocalhe...

O Fabrico de Chocalhos já...

Mostra de Doçaria de Alcá...

Arquivos

Fevereiro 2019

Outubro 2016

Agosto 2016

Fevereiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Blogs

Pesquisar neste blog