Terça-feira, 23 de Outubro de 2007

O Mundo Dividido [Alcaçovas]

Desde sempre o Homem dividiu o mundo, desde os Gregos e Troianos até à guerra fria. No séc. XV Portugal tentava dominar o Atlântico e nessa altura as Canárias tinham uma posição estratégica para as navegações ao longo da Costa Ocidental de África, nomeadamente para o comércio de ouro, marfim e escravos. Por isso sempre foram disputadas entre Portugal e Espanha.

Todos já ouvimos falar do tratado de Tordesilhas, mas este foi o último de uma série de tratados em que o mundo incógnito era dividido entre os dois países ibéricos com a bênção do Papa, e por conseguinte, dos restantes países europeus (que por estas alturas andavam todos em guerra entre si).

TRATADO DE ALCÁÇOVAS

Em 1479, é assinado um primeiro tratado onde Portugal abdica da posse das Canárias, e todas as terras a norte (excepção de Açores, Madeira, Ceuta e Arzila) mas onde garantia a soberania sobre os mares e terras a sul das Canárias até aos confins da África.

Portugal tinha o direito de matar todos aqueles que não respeitassem este Tratado. Dezenas de barcos espanhóis que o tentaram fazer foram apreendidos, incendiados e as suas tripulações mortas.

Note-se que neste tratado apenas estão em jogo as terras nas costa Africana.

TRATADO DE TOLEDO

Um ano depois, em 1480, D.João II consegue fazer aprovar um novo tratado idêntico ao anterior, mas com uma enorme alteração. Portugal ficava também com a soberania de todas as terras por descobrir, agora a sul da Guiné, quer no Atlântico como no Indico. Esta "pequena" diferença alargava as posses de Portugal ao então desconhecido (será?) continente americano e terras a descobrir até à Índia.

As condições destes Tratados dificilmente poderiam ser aceites por muito tempo, dado que  impedia os espanhóis de terem acesso às fabulosas riquezas africanas (ouro, escravos, marfim, etc).

O problema agravou-se quando os espanhóis perceberam que o Tratado os impedia também de chegarem à Índia contornando a África, um projecto em que os portugueses estavam envolvidos. A Espanha sente que está a ser ultrapassada e excluída em todas as frentes.

 

TRATADO DE TORDESILHAS

As primeiras navegações de Colombo são sempre dentro do limite imposto pelo tratado Alcáçovas-Toledo. E é por causa desses tratados que ele propõe aos reis Católicos a chegada à Índia pelo ocidente, já que a costa de África estava vedada. Visto parte das "índias" descobertas por Colombo estarem abaixo da linha Portuguesa, os Espanhóis pretendem um novo tratado. 

Em 1494, D João II apresenta o tratado de Tordesilhas. Este tratado estabelecia uma nova definição das áreas de influência dos dois países ibéricos no Oceano Atlântico e no Mundo. O Tratado definia um limite para a expansão dos espanhóis para Ocidente. No outro lado do mundo estes eram excluídos do Japão,  China e da Índia, para além de outras terras importantes.  

Durante as negociações Portugal consegue aumentar os seus domínios, em vez de 100 a partir dos Açores, foram aprovadas 370 léguas a oeste de Cabo Verde, mais 120 léguas do que as originalmente estabelecidas.


E tudo isto começou numa pacata vila Alentejana - Alcáçovas. O tratado foi assinado num palácio, que poderão ver está agora ao abandono

De arquitectura civil residencial, gótica, manuelina, renascentista. Edifício típico da arquitectura regional senhorial de época manuelina, com forte marca de influência mudéjar, em ambiente urbano. A fachada principal, é composta por dois registos articulados na vertical, no primeiro pórtico do terreiro e pequena fresta quadrada das caves e no segundo alinhamento de três janelas de molduras manuelinas, uma de sacada. Particularmente notáveis são as fachadas oeste e norte das construções articuladas, fazendo o enquadramento do terreiro interior.

Acontecimentos históricos tiveram lugar neste palácio. Nele casam as Infantas D. Isabel e D. Beatriz, filhas de D. João de Castela e de D. Fernando de Portugal, com D. João II de Castela e D. Fernando Duque de Viseu. Serão as mães de D. Isabel, dos reis Católicos, e D. Manuel, o rei em cujo reinado é descoberto o caminho marítimo para a Índia.

Nele D. João II redige o seu testamento.

 

Retirado do GEOCACHING

 

Editado por António Costa da Silva

 

publicado por alcacovas às 10:37
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Publicado por:

André Correia (AC); António Costa da Silva; Bruno Borges; Frederico Nunes de Carvalho; Luís Mendes; Ricardo Vinagre.

Posts recentes

_

***

“Alcáçovas Vila Global”

Inauguração da obra de Re...

Recordação do nosso Blog:...

Há 6 anos atrás começou a...

Vitória

Um brinde à Arte Chocalhe...

O Fabrico de Chocalhos já...

Mostra de Doçaria de Alcá...

Arquivos

Fevereiro 2019

Outubro 2016

Agosto 2016

Fevereiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Blogs

Pesquisar neste blog