Sexta-feira, 29 de Junho de 2007

Ao fim de três dias sem ser visto, um homem deve ser olhado com outros olhos.

Depois de uma ausência um pouco prolongada do “mundo dos vivos” estou de volta! A etapa da minha vida que merecia o meu completo retiro e dedicação foi ultrapassada, mas ao longo desse “retiro” não me foi possível abandonar a minha opinião, as minhas ideias e as minhas convicções. Como tal fui escrevendo alguns textos que a partir de hoje vou colocando de uma forma gradual e regular.
 
Para assinalar o meu regresso, gostaria de partilhar com todos vós um provérbio chinês que encontrei num velho livro de provérbios na biblioteca da Universidade de Évora.  
 
 
Ao fim de três dias sem ser visto, um homem deve ser olhado com outros olhos.
Para dizer que não se deve julgar ninguém de forma definitiva, sem base real e concreta, mas sim que se devem tomar em consideração os seus progressos, os chineses empregam o provérbio Ao fim de três dias sem ser visto, um homem deve ser olhado com outros olhos.
Este provérbio tem origem numa história do período dos Três Reinos.
Entre os anos de 20 e 80 da nossa era, os reinos de Wei, de Shu, e de Wu, em constantes guerras, disputavam a hegemonia no território chinês.
O general Lu Mong, do reino de Wu, começara a sua carreira militar aos 15 anos de idade, e aos 31 era general. Porém, como nascera numa família pobre, não tivera oportunidade de estudar, e era quase analfabeto. Quando informava o rei sobre os assuntos militares, só o fazia verbalmente, pois não sabia escrever.
Certo dia, disse-lhe o rei:
--- Agora que comandas toda uma região militar, deves estudar com afinco, pois só estudando se amplia a visão e se aprofunda o pensamento.
Inspirado por estas palavras do rei, Lu Mong começou a ler, e esforçava-se tanto que nunca adormecia antes da meia-noite.
Alguns anos se passaram, e a certa altura o ministro da Guerra, Lu Su, foi inspeccionar a região militar que Lu Mong comandava, aproveitando para discutir com este a situação militar. Lu Mong analisou correctamente os pontos fortes e os pontos fracos do adversário, e formulou cinco tácticas para as possíveis alternativas da táctivas utilizada pelo inimigo. Admirado, o ministro disse:
--- Pensava que eras simplesmente um valente general, mas compreendo agora que já és um sábio... Já não és o que eras dantes!
O general respondeu com sinceridade e humor:
--- Ao fim de três dias sem ser visto, um homem deve ser olhado com outros olhos. Já há tanto tempo que não nos vemos... Porque haveria eu de ser o mesmo?
 
Ricardo Vinagre
publicado por alcacovas às 17:53
| comentar
1 comentário:
De alcacovas a 30 de Junho de 2007 às 12:42
Bom regresso Ricardo, há 3 dias que não te víamos e, concerteza, vamos achar-te diferente.

AC

Comentar post

Publicado por:

André Correia (AC); António Costa da Silva; Bruno Borges; Frederico Nunes de Carvalho; Luís Mendes; Ricardo Vinagre.

Posts recentes

_

***

“Alcáçovas Vila Global”

Inauguração da obra de Re...

Recordação do nosso Blog:...

Há 6 anos atrás começou a...

Vitória

Um brinde à Arte Chocalhe...

O Fabrico de Chocalhos já...

Mostra de Doçaria de Alcá...

Arquivos

Fevereiro 2019

Outubro 2016

Agosto 2016

Fevereiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Blogs

Visitas a partir de 5/3/2006

Pesquisar neste blog