Terça-feira, 27 de Março de 2007

Também existem coisas que melhoraram

Lia-se no Correio da Manhã a 25 de Novembro de 2005:

"Alcáçovas: Há quem ameace fazer justiça pelas suas mãos
Moradores desesperados com assaltos a casas

A população de Alcáçovas, distrito de Évora, anda desesperada com a vaga de assaltos que se tem vindo a verificar nos últimos meses em habitações da localidade.


Habituados a deixar a chave de casa na porta, os alcaçovenses têm sido vítimas de um grupo de jovens, residentes na vila e ligados ao consumo de drogas, que se introduzem de dia e de noite nas habitações na ausência dos seus proprietários para levar bens como ouro, dinheiro e outros artigos de fácil comercialização.

Francisco Rasteiro surpreendeu um assaltante dentro da sua casa. O ladrão acabou por fugir
Francisco Rasteiro surpreendeu um assaltante dentro da sua casa. O ladrão acabou por fugir

Em Outubro e Novembro, período com maior número de furtos – cerca de uma dezena –, houve casos em que a mesma casa foi assaltada três vezes. “A minha fazenda, em Vale Freixo, já recebeu a visita desta gente por três vezes. Sempre que sou assaltado renovo as trancas da porta, mas o resultado é nulo”, revela José Joaquim da Mata.

Em Setembro, Suzete Palma viu a porta da sua casa arrombada e um prejuízo na ordem dos 1000 euros em ouro e dinheiro: “Maldita a hora em que fomos às festas em Honra de Nossa Senhora de D’aires”, desabafa. Antes, já outras residências tinham sido assaltadas com o ouro e o dinheiro a serem o alvo preferencial dos larápios.

A mais recente vítima destes assaltos foi Francisco Rasteiro, um octogenário que há duas semanas foi encontrar dentro da sua casa um meliante. “Pouco passava das 13h00 quando entrei em casa para almoçar e dei de caras com ele a mexer nas minhas coisas. Só teve tempo de fugir. Se eu me tenho atrasado um ou dois minutos na conversa se calhar o prejuízo tinha sido pior.”

Histórias idênticas repetem-se a cada esquina da pacata vila alentejana, tendo-se criado um ambiente de medo ao ponto da população começar a pensar fazer justiça pelas próprias mãos. “Já houve quem tivesse apanhado um desses bandidos em flagrante e lhe tenha dado uma valente sova com uma moca”, conta ‘Borracho’, um dos mais conhecidos taxistas das Alcáçovas.

PORMENORES

GÁS E VINHO

Da última vez que José Joaquim da Mata foi assaltado, os meliantes levaram da sua casa uma garrafa de gás, uma grade de vinho e uma saca de batatas. “Tudo material fácil de ser trocado por droga”, acusa a vítima.

OURO

Suzete Palma saiu de casa para ir a uma festa e quando regressou a residência tinha sido assaltada. Desapareceram uma pulseira em ouro avaliada em 600 euros e cerca de 450 euros em dinheiro que estavam guardados na habitação.

GNR ATENTA

A GNR confirma as denúncias e afirma estar a investigar. Diz ainda que reforçou o patrulhamento à vila “com elementos à civil”. Avisa, no entanto, que pouco mais pode fazer enquanto os suspeitos não forem apanhados em flagrante."

Carlos Neves (Évora) in Correio da Manhã

Editado por António Costa da Silva


 

 

publicado por alcacovas às 17:09
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Publicado por:

André Correia (AC); António Costa da Silva; Bruno Borges; Frederico Nunes de Carvalho; Luís Mendes; Ricardo Vinagre.

Posts recentes

_

***

“Alcáçovas Vila Global”

Inauguração da obra de Re...

Recordação do nosso Blog:...

Há 6 anos atrás começou a...

Vitória

Um brinde à Arte Chocalhe...

O Fabrico de Chocalhos já...

Mostra de Doçaria de Alcá...

Arquivos

Fevereiro 2019

Outubro 2016

Agosto 2016

Fevereiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Blogs

Visitas a partir de 5/3/2006

Pesquisar neste blog