Domingo, 28 de Janeiro de 2007

O FUTEBOL É ASSIM MESMO...

S. C. ALCAÇOVENSE – CABRELA (1-2)

 

Iniciámos o jogo com a seguinte equipa: Guarda-Redes: Pernas; Defesas: Canhão; Chico Valente, Ganso e Nelson; Meio-Campo: Nuno Maurício, Pedro Santos e Manuel Jorge Guerreiro; Atacantes: João Pedro, Sérgio Carica e Padeirinha.

 

0004r8c1

Como já é hábito, começámos o jogo com muita garra.

 

Bem no início do jogo, inaugurámos o marcador com um belo golo de cabeça do Padeirinha.

0004s1rf

 

Outras oportunidades foram surgindo, mas fomos muito ineficazes.

 

A meio da segunda parte e após um desentendimento do Nuno Maurício com um jogador do Cabrela, ficámos reduzidos a 10 jogadores.

 

Esta expulsão permitiu ao Cabrela ganhar um alento adicional, factor decisivo para passar a dominar a partida. Apesar do ascendente da equipa adversária, a nossa equipa continuava a controlar a partida.

0004t0k2

 

Nesta fase, com o Cabrela muito pressionante, o nosso treinador apostou no contra-ataque. Numa destas jogadas, o Sérgio Carica conseguiu-se isolar, onde surgiu uma falta muito grave e a expulsão do jogador do Cabrela. Quase de seguida, outra jogada idêntica, foi provocada uma agressão clara ao Sérgio Carica (resultando alguns dentes partidos), sem que o jogador forasteiro fosse admoestado.

 

Já na fase final e após uma grande desatenção da nossa equipa, o Cabrela conseguiu igualar a partida. Como tudo nos corre mal, conseguiu dar a volta ao marcador mesmo no fim do jogo. Coisas do futebol.

 

Entraram na segunda parte: O Chicão, Carlos Mira e Luís da Eira.

 

Desejamos ao nosso jogador, Sérgio Carica, uma recuperação muito rápida.

 

 

Resultados e respectiva classificação após 13ª jornada:

Alcaçovense 1-2 Cabrela
Brotense 1-3 Morense
Giesteira 2-2 Santana
Sp.Viana 6–1 Aguiar
Arraiolense 1-2 Santo António

1-Santana 28
2- Sp. Viana 26
3- Cabrela 26
4- Sto António 21
5-Giesteira 19
6-Alcaçovense 18
7- Cortiço 18
8- Morense 18
9- Arraiolense 16
10-Brotense 10
11-Aguiar 1

 

Pela Direcção do SCA

 

António Costa da Silva

publicado por alcacovas às 16:15
| comentar
9 comentários:
De Diogo Grosso a 28 de Janeiro de 2007 às 17:05
Este foi dos jogos mais mal perdidos que vi nos últimos anos em que fui ver o SCA !!! O SCA que entro a dominar o jogo por completo, a 2ª parte já foi mais equilibrada. Mas na minha opinião quem perdeu este jogo foi o nosso treinador pelo menos tacticamente, eu não queria dizer isto mas é a verdade, o SCA continua a fazer substituições muito tarde. Como se viu o jogadores foram aquecer a 20 minutos do fim. Entretanto o SCA sofre um golo, e entra o Eira para o lugar do João ,que fez um bom jogo mas já estava exausto, depois o Cabrela faz o 1-2 a 15 minutos do fim e só ai é que entram os outros dois jogadores, Chicão e Carlos Mira. Por sinal o jogador Chicão até entrou muito bem, mas as substituições continuam a ser feitas muito tarde!!! Penso que o jogador Sérgio Carica devia ter saído, não por estar a jogar mal mas sim por não estar em condições de continuar!!! É estas pequenas coisas que às vezes fazem a diferença porque notava-se que o jogador já não estava a dar tanto rendimento como deu na 1ª parte, outro exemplo é o Nelson Mirandinha que também falhou muitas vezes certamente devido ao desgaste e à "porrada" que levou!!! Isto são só pequenos exemplos que por vezes fazem grande diferença e quem está dentro do campo sabe que o que digo é verdade!!!
Depois ainda tivemos uma péssima arbitragem que viu foras de jogo onde não existiam e que conseguiu ver o que o nosso jogador, Chinês, fez mas não viu o que o do Cabrela fez!!! E estas pequenas coisas estragam o jogo!!!
Também não gostei da atitude de alguns jogadores do Cabrela!!!

Mesmo assim continuem!!!
FORÇA SCA (estas palavras não são só para os jogadores mas também para o staff)
De João Pereira a 29 de Janeiro de 2007 às 15:04
Caro Diogo
Acho bastante interessante a análise que fazes ao jogo, sobretudo porque me atribuis em exclusivo a responsabilidade da derrota.
Partindo do princípio que existem tantos factores determinantes no desfecho de um jogo de futebol que, como opinador tão presumido deverias conhecer, sou forçado a pensar que algo te influencia ou move contra a minha pessoa como treinador. Se assim for, lamento que um jovem da tua idade tenha esse tipo de comportamento.
Também estranho que na qualidade de "comentador" pelos vistos já "contratado", não menciones, relativamente à nossa derrota os seguintes factos:
1) A capacidade (valor) do adversário, quer fisica quer anímica para dar a volta ao resultado.
2) O facto da nossa estrutura táctica ser alterada com a expulsão de um jogador que estava a ser determinante na dinâmica defensiva. Foi necessário fazer recuar o ponta de lança para central e adoptar uma posição de contra-ataque apenas com os dois alas, o que permitiu a subida dos centrais adversários e uma maior pressão sobre o nosso meio campo e defesa.
3) A quebra física de alguns elementos da nossa equipa. Lembro-te que devido a vários factores, profissionais etc. muitos jogadores não treinam e outros treinam pouco.
4) O desperdício de algumas oportunidades de golo que infelízmente não aproveitámos e que poderiam matar o jogo mais cedo e a nosso favor.
5) As desconcentrações que permitiram os golos do adversário em lances de bola parada.
6) A falta de alguns elementos importantes para o plantel como o David (lesionado), O Nuno 45 (indisponível) o Hugo Paínho (que saíu para estremoz)
Estes são apenas alguns aspectos que o teu espírito crítico deveria abranger, por se tratar de uma realidade que pode ser observada e deve fazer parte de qualquer análise completa e isenta.
No entanto, o mais grave e redutor da tua análise é quando atribuis a derrota ao atraso nas substituições sem conheceres ( e não és obrigado a tal) as vicissitudes que acontecem nos bastidores de uma equipa de futebol e que passam pelos treinos, condição fisica, lesões, etc.
Ora bem, até meio da segunda parte, altura da expulsão, o jogo estava perfeitamente controlado com o processo defensivo a funcionar bem e como se costuma dizer com os jogadores encaixados nas marcações. Nestas situações, com um resultado favorável não sou de opinião que se façam alterações defensivas se não for por motivos de lesão.
No nosso caso, tinhamos no banco quem?
O Carlos Batata(defesa) que não treina nem joga há 1 mês(lesionado). O Chicão(defesa)que saíu lesionado no último jogo(Stº António) e não sabía bem como iria reagir ao esforço físico de um jogo que é diferente de um treino. O Mário Timóteo(defesa) que apesar de ser um jovem muito promissor não está rotinado em posições defensivas, aconselhando-se, que deve entrar não em situações de pressão mas antes quando a equipa estiver mais descontraída.
O Eira que entrou para o lugar do João Pedro com a intenção de refrescar o ataque e, por fim, o Pedro Carapinha que é médio e que poderia ter sido alternativa para o lugar do Pedro Santos.
Face a esta realidade, quero colocar-te a questão ao contrário, ou seja, se quando a equipa estava a ganhar, eu tivesse mexido, fazendo entrar alguns jogadores que estavam no banco e sofresse dois golos a seguir, em que sentido iria a tua crítica?.
Será que dirias, sim senhor, o treinador teve uma boa opção, embora perdendo tomou a decisão certa, não teve culpa. Ou será que estarias a dizer o seguinte: O homem deve ser parvo, então a ganhar vai mexer na equipa, desconcentrar marcações e meter jogadores sem ritmo de jogo e vindos de lesões, ainda por cima num jogo que estava a ser muito disputado e equilibrado.
Caro Diogo, Quando se trata de um jogo de futebol, com tantos intervenientes, Jogadores, treinadores, árbitros etc, a responsabilidade de uma derrota nunca é apenas de uma pessoa, mas sim do colectivo, embora se possam apontar, por vezes, mais algumas responsabilidades a este ou aquele elemento.
Tenho muito prazer em ler e responder aos teus comentários, mesmo que as críticas me sejam desfavoráveis, desde que perceba que são genuínamente tuas, sem má fé e próprias de um jovem da tua idade, em que acredito e incentívo a continuar com essa paixão pelo futebol.
um abraço
De Diogo Grosso a 29 de Janeiro de 2007 às 19:01
Sr. João Pereira, eu não atribuí a derrota inteiramente ao senhor como pode ler falei da arbitragem e também da expulsão do jogador Chinês que foi bem expulso mas o do Cabrela também deveria ter sido, não sei o que o fiscal de linha estava a fazer está bem que o arbitro possa não ter visto mas ainda existe o fiscal de linha mas como tinha uns quilinhos a mais já devia vir a caminhar para o meio campo para não se cansar tanto e por isso não viu!!! E logo aí o Sr. Pereira ficou logo com a equipa destruída, obrigando o Padeirinha a recuar e acho que o fez muito bem por ser um jogador muito versátil e que se adapta a muitas posições!!! Mas como disse o jogador, Sérgio Carica, não estava em condições de jogar pois tinha saído tocado de uma entrada de um jogador do Cabrela mas ainda antes disso, ele já não estava muito a dar grande rendimento, mas peço desculpa realmente tem razão o senhor não tinha grandes escolhas no banco e o João ao que parecia também já estava a queixar-se de cansaço, talvez o Mário Timóteo para o lugar do Sérgio Carica mas também poderia vir a ser arriscado apesar da velocidade que ele tem e que podia transmitir ao jogo.
Desculpe, também não sabia que o Chicão vinha de uma lesão até entrou bem no jogo mas era sempre uma incógnita!!!
Mas no que toca a fazer substituições quando estávamos ainda a ganhar 1-0 eu recordo-me de muitos jogos da volta anterior em que o Sr. João fazia substituições ao intervalo e até lhe dou exemplos: João Pedro por "45" e João Pedro pelo Eira!!!
Quanto as desconcentrações tem de se falar com a equipa porque não a 1ª vez que acontece sofrer golos assim, um dialogo aberto e educado no que toca à relação jogador-treinador e vice versa, até pode resolver as coisas, talvez um pouco mais de calma e respeito nesses diálogos para os jogadores estarem concentrados nos jogos e respeitarem as suas decisões como treinador, não sei como sabe é apenas a opinião de um adolescente!!!
Desculpe quando me precipitei a dizer que a tacticamente a derrota foi sua se calhar ainda tenho muito a aprender!!!
Sabe? Ganhei a experiencia que tenho num jogo de estratégia futebolística e a ver muito Benfica mas eu sou um pouco aventureiro e se calhar teria arriscado a tirar o Sérgio mais cedo pelo Eira ou pelo Mário mas isto é só a minha opinião!!!
E quanto ao que toca a desperdiçar oportunidades de golo se calhar tem que se trabalhar mais nos treinos a finalização e a concentração de um jogador perante a cara do guarda-redes, não sei se se trabalha se calhar até se trabalha muito, não tenho tido oportunidade de ir ver alguns treinos pois também tenho a escola!!!
Para a próxima penso duas vezes antes de responder, peço muito desculpa mas não queria culpar ninguém pela derrota!!!

Boa continuação como mister do SCA !!! e FORÇA SCA !!!
De João Pereira a 30 de Janeiro de 2007 às 15:50
Diogo
Ainda voltando às substituições, elas dependem tambem de muitos factores. Em 1º lugar da leitura que o treinador está a fazer do jogo, o que nem sempre é consensual com a opinião de todos os restantes intervenientes, incluindo os treinadores de bancada.
Há muitos treinadores (remunerados) que reagem aos estímulos da bancada, ou seja, fazem substituições a pedido, por forma a estarem bem com a massa associativa e assim garantirem o emprego.
No meu caso, isso não é possivel porque os meus princípios como pessoa não o permitem. Remunerado ou não, nunca farei substituições para agradar aos outros, mas apenas quando entenda que as alterações sejam susceptíveis de melhorar o rendimento da equipa e atingir os objectivos que são sempre a vitória.
No que se refere aos diálogos entre jogador- treinador e treinador - jogador, devo esclarecer -te que para quem tem escola de futebol, a linguagem utilizada no ambiente de balneário e campo não é própriamente igual à que se utiliza na missa ou na catequese.
Quem me conhece sabe que digo sempre no início da época que as incidências do futebol (treinos e jogos) ficam no balneário fechadas, fora do campo somos todos amigos. É necessário saber fazer essa separação. Eu sei.
É por isso que muitas vezes se díz que o futebol é para homens de barba rija. Cada um deve fazer o seu trabalho o melhor que pode e sabe não procurando encontrar no comportamento dos outros desculpas para os seus insucessos ou insuficiências. Eu sou o primeiro a dar a mão à palmatória quando erro, situação que já aconteceu várias vezes.
Como me dizes que os teus conhecimentos tácticos também advêm de assistires na televisão a muitos jogos do benfica, deduzo que sempre que o Mantorras entra tarde estás a rogar pragas ao Fernando Santos. Será!!!?. Estou a bricar.
Olha Diogo, gosto muito de falar contigo porque reconheço que também sabes ser humilde e tens vontade de aprender.
Se quiseres melhorar como comentador, permite que te dê alguns conselhos.
1º Pensa sempre pela tua cabeça, Não te deixes influenciar.
2º Antes de emitires uma opinião procura conhecer o melhor possível todos os ângulos do assunto que queres abordar.
3) Evita sempre os extremos. No meio está geralmente a virtude;
4) Procura ser suficientemente tolerante e colocar-te no lado oposto, ou seja, o lado que estás a criticar.
5) Nunca te esqueças que quando emitimos uma opinião públicamente (por exemplo neste blog) ela pode ser lida por muita gente. Como tal, deve ser bem fundamentada e com argumentos substanciais que te permitam defendê-la.

Um abraço

De Diogo Grosso a 30 de Janeiro de 2007 às 18:36
Sr. João Pereira, quanto ao caso das substituições estou em pleno acordo, cada um tem as suas opiniões eu tenho a minha certamente outra pessoa terá outra mas a do senhor treinador é que conta e aí não discordo em nada que disse!!!
Quanto aos comentários, fique a saber que não estou a ser influenciado por ninguém , foi tudo da minha autoria!!!
Fique também a saber que tenho escola de futebol e o meu treinador foi o Palaio (que deve conhecer) e grande treinador e sei muito bem quais os diálogos que deve existir entre treinadores e jogadores e/ou vice versa, por vezes, o treinador tem de ser severo, não faltando ao respeito claro, outras vezes até podemos ter 1 ou 2 brincadeiras para descontrair!!!
Ah e não gosto de ver o Mantorras a jogar até acho um certa piada ao seu estilo e portanto acho que lhe chega os 5 minutinhos do costume!!! eheheh )
E eu sei muito bem criar os meus próprios argumentos alias tenho uma disciplina chamada Filosofia na qual aprendo a argumentar, mas obrigado por o conselho!!!
Quanto a linguagem que se utiliza no balneário não ser igual à que se utiliza numa missa é bastante relativo porque nos dois lados existe um discurso mas se quiser mostro-lhe um vídeo da selecção brasileira em que todos dão as mãos e rezam antes de entrar dentro de campo!!!
Eu só disse falei na relação jogador-treinador e vice-versa porque já assisti em alguns treinos e jogos "zangas" e não estou a dizer que a culpa é sua mas por vezes também do jogador pois o Sr. manda-lhe fazer uma coisa e eles por vezes vão contrariados!!! Por isso é que disse que devia haver mais calma e respeito nos diálogos!!! Como deve saber cada jogador têm a sua maneira de ser e o Sr. deve saber melhor do que eu como se lhe dirigir!!!


Gostei muito de partilhar estas opiniões consigo!!!
E muito obrigado por os conselhos!!!
Boa sorte para o jogo frente a Alvito!!! Lá estarei!!!
De snisga27 a 29 de Janeiro de 2007 às 03:23
O Viana tem 26 pontos e não 23.Obrigado
De alcacovas a 29 de Janeiro de 2007 às 09:29
Tem razão.
A correcção irá ser efectuada.
António Costa da Silva
De luis G a 29 de Janeiro de 2007 às 21:59
em primeiro lugar quero desejar os parabéns ao treinador pela maneira como montou a equipa... para mim e para muitas pessoas uma surpresa o canhão a central e o Nuno no meio que para mim este bastante bem . (talvez ate melhor que a central) pena ter perdido a cabeça num lance em que eu da bancada tive oportunidade de ver e não sei como o arbitro não viu, ele foi agredido com um murro na face e de seguida reagiu a essa agressão e muito bem o arbitrou sancionou-o com um cartão vermelho mas que deveria ser para os dois.... a partir dai a equipa quebrou muito ... a equipa do Cabrela começou a subir no terreno e não aguenta-mos a pressão... agora calma rapazes melhores dias virão ... quanto a arbitragem nota negativa o nosso jogador ( penso que se chama Sérgio ) que também foi agredido e o arbitro nada fez... um abraço a todos
De F.C. a 30 de Janeiro de 2007 às 23:58
SR TREINADOR NA MINHA OPINIAO SÓ TENHO A DIZER , NUM JOGO QUE Á PARTIDA VAI SER DIFICIL E QUE NÃO SE PODE PERDER O JOGO NÃO SE PODE OU NÃO SE DEVE FAZER CERTAS ALTERAÇÕES ,CERTOS JOGADORES JOGANDO EM POSIÇÕES DIFERENTES NÃO JOGARAM NEM LÁ PERTO DAQUILO QUE JÁ OS VI FAZER ,POIS PARA MIM AS ALCAÇOVAS PODIAM TER JOGADO MUITO MAIS , NA PRIMEIRA PARTE FIZERAM O GOLO MUITO CEDO CRIARAM 1 OU 2 OPORTUNIDADES O CABRELA TAMBEM E NA SEGUNDA PARTE FOI O QUE SE VIU PORTANTO SR TREINADOR NÃO INVENTE !!DESCULPE MAS É A MINHA OPINIÃO

Comentar post

Publicado por:

André Correia (AC); António Costa da Silva; Bruno Borges; Frederico Nunes de Carvalho; Luís Mendes; Ricardo Vinagre.

Posts recentes

_

***

“Alcáçovas Vila Global”

Inauguração da obra de Re...

Recordação do nosso Blog:...

Há 6 anos atrás começou a...

Vitória

Um brinde à Arte Chocalhe...

O Fabrico de Chocalhos já...

Mostra de Doçaria de Alcá...

Arquivos

Fevereiro 2019

Outubro 2016

Agosto 2016

Fevereiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Blogs

Pesquisar neste blog