Quinta-feira, 18 de Novembro de 2010

Cantares das Alcáçovas

 

Editado por António Costa da Silva

publicado por alcacovas às 19:50
| comentar

"Programa das Festas" da RTP1 em directo do Monte do Sobral - Sábado a partir das 16h

 

   

O "Programa das Festas" da RTP1 vai estar em directo de viana do Alentejo, no próximo sábado, dia 20 de Novembro, a partir das 15h00. O programa vai ser emitido do Monte do Sobral.
Entrevistas, reportagens, boa música, assim como os costumes e tradições do nosso Concelho vão chegar aos quatro cantos do mundo através da RTP.
A Câmara Municipal de Viana do Alentejo convida a população a assistir em directo, no local, ao programa.

  

 

Retirado da página da Câmara Municipal de Viana do Alentejo

  

Publicado por B. Borges

publicado por alcacovas às 16:30
| comentar
Segunda-feira, 15 de Novembro de 2010

Aumento do Tráfico de Seres Humanos – Um Sinal de Degenerescência da Sociedade

Há poucos dias fui alertado para a dramática situação que é o tráfico de seres humanos. A dimensão deste problema era algo que me encontrava alheio. Ao ler alguns textos que me enviaram sobre este grave problema, fiquei altamente chocado. O horror desta situação torna-se mais evidente, sobretudo quando percebemos que o número de vítimas não para de aumentar. A crise social, económica e sobretudo moral que atravessamos, fazem com que este grave problema seja mais alarmante.

 

A existência deste problema, quase sempre associado a questões de prostituição, negócios do sexo, alterne, lenocínio, acaba por ser muitas vezes abafado. De certa forma a nossa sociedade legitima muitas desta práticas. Pode-se dizer mesmo que há muita permissividade sobre estas práticas, quer das pessoas em geral, quer de quem fiscaliza.

 

A grande maioria das vítimas são mulheres, quase sempre enganadas com a promessa duma vida melhor, da mudança para uma sociedade mais justa e equilibrada. Rapidamente se apercebem que foram enganadas e passaram a prisioneiras de uma vida obscura, novas escravas de um mundo se lei. Aos poucos vão perdendo a sua identidade e liberdade, sujeitando-se aos maus-tratos, à coacção, ao sequestro e exploração por gente sem quaisquer tipo de escrúpulos.

 

Também existem homens vítimas do tráfico de seres humanos, normalmente associados à exploração laboral. Inúmeros exemplos são conhecidos.

 

Este é um drama dos dias de hoje, para o qual a nossa sociedade tem dificuldade em denunciar. Estas mulheres e homens são pessoas que procuram um mundo melhor. Muitos procuram a nossa para fugir à miséria e a condições de vida degradantes, mas acabam por entrar num mundo que não é em nada melhor.

 

Fica o alerta para esta triste situação.

 

Ficar de braços cruzados é o pior que se pode fazer.

 

António Costa da Silva no Jornal Registo

 

publicado por alcacovas às 20:47
| comentar

O nosso modelo de educação contém dois erros graves

O nosso modelo de educação contém dois erros graves: 1) A manutenção de um modelo oriundo do período da revolução industrial, orientado exclusivamente para o trabalho, ignorando totalmente a criatividade do individuo; 2) Uma gestão de todo o sistema educativo e sobretudo da escola, demasiado centralizada. Enquanto não forem solucionados estes dois problemas é impossível construirmos uma sociedade moderna e mais capaz.

 

A grande preocupação da Era industrial era ensinar pessoas que fossem capazes de desenvolver o trabalho de uma forma quase automatizada. O indivíduo não tinha que pensar muito, na prática tinha que imitar. Quase todo o sistema educativo, essencialmente na sociedade ocidental, foi-se desenvolvendo até aos dias de hoje com base neste conceito. Este modelo, ao treinar e incentivar as actividades com pensamento convergente (reprodução de factos conhecidos), foi abolindo a importância da criatividade e a diferenciação individual no processo educativo, nomeadamente no que respeita ao pensamento divergente (novas soluções e ideias originais).

 

Infelizmente, o nosso modelo educacional não estimula e até exclui fortemente tudo o que sejam traços de personalidade criativa, normalmente evidenciados através do humor, capacidade e habilidade de sentir problemas e reestruturar ideias, curiosidade intelectual, abertura à percepção e capacidade crítica, autoconfiança e capacidade de assumir riscos, inconformismo e flexibilidade, etc, etc.

 

Na minha opinião, tudo o que tem ver com o desenvolvimento das características relacionadas com a personalidade criativa deve ser claramente estimulado. Principalmente através do nosso sistema de ensino. A educação “formal” deve ser e estar aberta ao saber pensar (saber criar) e não apenas ao saber fazer (imitar). Esta é uma das alterações profundas que deve ser promovida.

 

Outro aspecto que me parece lesivo ao nosso modelo educacional é o exagerado centralismo das políticas educativas. Em Portugal o Estado Central controla praticamente todo o sistema educativo, nomeadamente todos os processos de decisão política e de administração. O discurso da transferência de poderes e funções do nível nacional para o local (a escola) não passa de mera retórica política, quase sempre adaptada às conveniências do momento.

 

A reforma e reestruturação do sistema educativo deve passar por um processo de descentralização de poderes do Estado central para as escolas, dando-lhes o máximo de autonomias e competências, da livre escolhas da escola pelos pais, da diversificação da oferta escolar e pela melhoria e reforço dos procedimentos relacionados com a avaliação e a prestação de contas, mas também, permitir a todos o acesso às melhores escolas.

 

Tenho plena convicção que a descentralização do modelo educativo permite favorecer a responsabilidade e a iniciativa dos actores a todos os níveis. Os agentes escolares terão maior influência na pedagogia e no tipo de conteúdos a utilizar. A responsabilização das escolhas parece-me ser um passo decisivo para alterar este modelo claramente obsoleto.

 

Assim, neste novo modelo, o Estado Central teria a preocupação do “desenho geral” de todo este processo, funcionando como orientador, regulador e fiscalizador. A escola definiria os processos e as formas de actuar consoante os contextos (sociais, económicos, culturais, etc) onde esteja inserida.

 

Todos teríamos a ganhar com estas alterações.

 

António Costa da Silva no Jornal Registo

 

publicado por alcacovas às 20:46
| comentar | ver comentários (1)

Fim de Semana do SCA

Futsal Infantis - SCA - 7 / B.Torregela - 2



Na 3ª Jornada do Torneio de Preparação de Infantis de Futsal a equipa do SCA recebeu a equipa do Bairro da Torregela e ganhou por 7 - 2.
Marcaram pelo SCA:
Mario Carvalho - 1 Golo
Bruno Charrua - 2 Golos
João Vidigal - 2 Golos
Vitor Hugo - 1 Golo
João Porto - 1 Golo

Particiaram no jogo:
Equipa: (Baliza) Zé Mbombé, João Paulo, João Ilhéu, André Silva, Victor Hugo, Bruno Charrua, Mário Carvalho, Elson Pereira.



No intervalo do Jogo os jogadores do SCA ofereceram ao nosso patrocionador Domingos Charrua um quadro da final da Taça de 2009 em forma de agradecimento por todo o empenho e dedicação demonstrado pela Familia Charrua.





Classicicação:
1º-Alcaçovense - 9 Pontos
2ª-B. Torregela - 3 Pontos
3º-Sport Lisboa Évora - 3 Pontos
4º-Ferroviario Vendas Novas - 0 Pontos

Notas Finais:

Melhor Jogador - João Paulo Vidigal
Arbitragem - Correcta

A ultima nota vai para o publico que compareceu no Municipal das Alcaçovas em grande numero

Futsal Iniciados - SCA - 7 / G.D. Baronia - 2



A 1ª Jornada do Campeonato Distrital de Futsal Iniciados realizou hoje no Pavilhão Muncipal das Alcaçovas.
A equipa do SCA apresentou-se muito organizada e com naturalidade construiu um resultado confortavel com uma excelênte exibição

Marcadores do SCA :

- Casimiro Mbombé - 2 Golos
- Fabricio Sarmento - 2 Golos
- Eduardo Galveias - 1 Golo
- João Calisto - 1 Golo
- Simão Malta - 1 Golo

Jogaram pelo Sca :
Miguel Chora (Guarda Redes);Tiago Florentino;Tiago Rocha;Eduardo Galveias; Casimiro Mbombé;Albino Mbombé;Simão Malta;João Calisto ;Pedro Rosado; Fabricio Sarmento.

Futebol 7 Formação Alcaçovense

Campeonato Distrital Infantis 1ª Fase Série D

Resultados 13/11

Lusitano Évora - 4 / Alcaçovense - 1

Golo SCA - Mário Carvalho

Sporting Viana 0 / Juventude Évora 5

Stº. António 5 / União de Montemor 3



CLASSIFICAÇÃO
1º Lusitano 12
2º Alcaçovense 9
3º Santo António 6
4º União Montemor 4
5º Juventude Évora 4
6º Viana 0

Próxima jornada (20/11/2010);
União de Montemor - Lusitano
Alcaçovense - Viana
Juventude Évora - Stº António


Campeonato Distrital Benjamins 1ª Fase Série D

Sporting Viana 1 / Juventude Évora 3
Lusitano 16 / Stº António - 2
Alcaçovense - 0 / União de Montemor - 2

Classificação
1º Lusitano 9
2º Juventude Évora 9
3º União de Montemor 9
4º Viana 3
Alcaçovense 3
6º Stº António 0

Próxima jornada;
União de Montemor vs Lusitano
Stº António vs Viana
Juventude Évora vs Alcaçovense
 
Retirado do http://alcacovense.blogspot.com/
 
Editado por António Costa da Silva
publicado por alcacovas às 18:56
| comentar
Domingo, 14 de Novembro de 2010

Alcáçovas nostálgica

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fotos enviadas pelo alcaçovense António Carvalho Passão.

 

Cumprimentos a todos os leitores,

 

Frederico Nunes de Carvalho

publicado por alcacovas às 15:53
| comentar
Sábado, 13 de Novembro de 2010

XI mostra de doçaria de alcáçovas

cartaz-docaria-2010

 

A vila de Alcáçovas vai mostrar de 3 a 5 de Dezembro um sem fim de doces conventuais e palacianos, na Mostra de Doçaria que vai contar com a participação de 30 doceiros oriundos de vários pontos do País.

 

A iniciativa, que se realiza pelo décimo primeiro ano consecutivo, e que faz parte do calendário de eventos de inverno da região, é da responsabilidade do Município de Viana do Alentejo que quer continuar a apostar na preservação e promoção da vasta riqueza de doces característicos do Concelho.

 

Bolo Real, Bolo Conde de Alcáçovas, Sardinhas Albardadas e Amores de Viana estão entre as iguarias que renasceram no Concelho, confeccionadas segundo receitas tradicionais, e que atraem todos os anos milhares de visitantes ao certame.

 

Para além da Mostra de Doçaria, o Município aposta, mais uma vez, num programa de animação cultural diversificado com conversas à volta da doçaria e, também, dos chocalhos, dança, rancho folclórico, música e cante coral.

 

Em destaque vai estar também a presença do Chefe de Pastelaria, Rui Moisés, e do Chefe de Cozinha, Celestino Grave, que vão efectuar, durante o fim-de-semana, demonstrações de doçaria conventual e tradicional.

 

Os mais novos vão ter um espaço próprio, onde poderão desenvolver algumas actividades de expressão plástica, enquanto os pais provam e apreciam as iguarias confeccionadas pelos vários doceiros participantes.

 

A novidade este ano prende-se com a existência de um espaço situado ao lado da tenda da Mostra de Doçaria, destinado aos produtos tradicionais, onde será criado um pequeno auditório. Neste espaço será apresentado o “Plano de Salvaguarda para a Arte Chocalheira”, por Paulo Lima e Ana Pagará.

 

Como não poderia deixar de ser também a doçaria terá honras de destaque com a conferência “O Paraíso na Terra: do Pão de Rala ao Manjar Branco nos Mosteiros e Conventos do Alentejo” que terá como oradora Antónia Fialho Conde.

A XI Mostra de Doçaria que se realiza junto à EBI/JI é inaugurada sexta-feira, 3, às 19 horas.

 

Retirado do Site da CMVA

 

Editado por António Costa da Silva

publicado por alcacovas às 13:31
| comentar

Curiosidades

ATT00001 ATT00002

 

ATT00003 ATT00004

 

ATT00005 ATT00006

 

ATT00007 ATT00008

 

ATT00009 ATT000010

 

Editado por António Costa da Silva

publicado por alcacovas às 13:26
| comentar

B ICO Marché de Évora

IMG_0122

 

António Costa da Silva

publicado por alcacovas às 01:36
| comentar
Domingo, 7 de Novembro de 2010

Uma vitória bem difícil – o Alcaçovense ganha ao S. B. Outeiro por 3 a 1.

Nesta tarde soalheira de Novembro encontravam-se pela frente duas equipas que se conhecem muito bem. À excepção da última época, a equipa do Outeiro é sempre um adversário muito difícil para o SCA. A tradição e conhecimento entre todos os intervenientes continuam a contar muito para estes equilíbrios.
O SCA depois dos 2 últimos maus resultados, sobretudo devido a erros cometidos, tinha obrigatoriamente que ganhar. A moldura humana que se encontrava hoje na bancada do João Branco Núncio, merecia uma vitória da sua equipa.
Um início de partida muito intenso, foi isso que tivemos. Enquanto que o SCA procurava dominar a equipa visitante, foi esta que, de uma forma muito matreira, chegou com muito perigo à baliza da nossa equipa. Passavam 7 minutos do jogo e já o S. B. Outeiro levava uma bola à barra da baliza do SCA.
Depois, com o assentar do jogo, o SCA foi dominando com alguma dificuldade a equipa forasteira. Começava-se a pressentir que o golo poderia entrar a qualquer momento. No entanto, a equipa do concelho de Portel era sempre extremamente perigosa no contra-ataque. Todas as cautelas eram pouco.
Foi numa jogada de canto e após uma tentativa de alívio por parte do Outeiro, que o SCA inaugurou o marcador. André faz um remate espectacular que leva os sócios e adeptos do SCA a festejar pela primeira vez.
Com este golo a nossa equipa cresceu com toda a naturalidade e o Outeiro foi-se desconcentrando aos poucos.
É numa jogada de ataque do SCA, aparentemente inofensiva, que o Guarda-Redes no Outeiro faz uma fífia. Um defesa do Outeiro em vez de aliviar a bola, atrasa para Gui. Este fica numa situação de desvantagem sobre o nosso atleta e acaba por fazer uma grande penalidade.
Manuel Jorge Guerreio marca a grande penalidade de uma forma exemplar: Guarda-Redes para um lado e bola para outro.
Ao intervalo a nossa equipa ganhava por 2 a 0.
Após a interrupção a equipa de São Bartolomeu do Outeiro vem com muita vontade de inverter o resultado. Com o vento a seu favor, tenta pressionar ao máximo o SCA.
Foi nesta fase muito positiva do Outeiro que surge o seu golo. Passavam 7 minutos da segunda parte. Ainda havia muito jogo pela frente.
Com o golo da equipa de S. B. do Outeiro o SCA ressentiu-se bastante. Na cabeça de alguns jogadores despertava alguns erros e azares dos dois últimos jogos. Ansiedade e alguma desconcentração misturavam-se um pouco.
O mister Canelas ao aperceber-se da situação começa a refrescar o seu meio campo. A equipa recomeça a ganhar mais consistência.
Foi nessa fase do jogo que surgiu uma situação caricata: O Outeiro preparava uma substituição. O seu atleta, que estava a ser substituído, tira a camisola quando entra no banco. O árbitro ao ver aquela situação, dá-lhe o segundo amarelo. A substituição acaba por não se concretizar.
Curiosamente, uns minutos mais tarde, o atleta que estava para entrar, pede para entrar e o árbitro autoriza-o. O Outeiro voltava a jogar com 11. Quando o árbitro se apercebe da situação (uns minutos mais tarde), manda retirar o atleta do Outeiro do campo.
A equipa visitante vai ficando cada vez mais irritada. Charréu acaba por ser expulso.
É num livre marcado para a área que Antero faz o terceiro golo do SCA. O guarda-redes do Outeiro volta a ter responsabilidades no golo. Faltavam cerca de 6 minutos para acabar o tempo oficial
A partir daquele momento o Outeiro tenta tudo para minimizar a desvantagem e quase consegue.
Depois de 4 minutos concedidos pelo árbitro, o SCA ganha por 3 a 1.
Notas Finais:
1) Melhor Jogador em campo: Asinha (SCA);
2) O SCA soube estar á altura perante os seus adeptos – Boa Nota;
3) S. B. do Outeiro apresentou uma equipa muito competitiva – Boa Nota;
4) Arbitragem – Fraquinha, apesar de não ter influência no resultado;
5) Boa nota para assistência do SCA. Muita gente a apoiar o seu clube. Bonito de se ver.
Editado por António Costa da Silva no Alcaçovense
publicado por alcacovas às 19:13
| comentar

Hierarquias esquisitas

 

Editado por António costa da Silva

publicado por alcacovas às 13:48
| comentar

Negócio da China

 

 

 

 

Retirado do Henry Cartoon

 

Editado por António Costa da Silva

publicado por alcacovas às 13:42
| comentar

Fim de Semana do SCA

Infantis de Futsal do SCA goleiam equipa de Vendas Novas




SCA – F. Vendas Novas (19-1)

Equipa: (Baliza) Zé Mbombé, João Paulo, João Ilhéu, André Silva, João Pedro, Victor Hugo, Bruno Charrua, Mário Carvalho, Elson Pereira.

Este jogo resume-se essencialmente ao resultado. Uma grande goleada.

A nossa equipa encontrou um adversário muito frágil. A diferença era grande, quer no futebol jogado, quer na estatura dos atletas.

Notava-se claramente a diferença. Este ano os nossos atletas são quase todos do segundo ano e os jovens atletas de Vendas Novas de primeiro ano. Só com a compleição física ficávamos claramente em vantagem.

Ainda assim, é possível dizer que a nossa equipa respeitou o adversário, mostrando-se competitiva e concentrada. Os atletas de Vendas Novas até apresentavam uma qualidade de jogo bastante interessante, mas foram perdendo as forças ao longo do jogo. A nossa equipa cada vez que acelerava deixava a equipa forasteira em maus lençóis.

Ao intervalo ganhávamos por 7 a 0.
No final do jogo a equipa acabou por vencer por 19 a 1.

Notas finais:
a) Arbitragem muito correcta;
Notas finais:
a) Arbitragem muito correcta;
b) Melhor jogador: A equipa;
c) Victor Hugo encontra-se num excelente momento de forma.

Editado por António Costa da Silva no Alcaçovense

Futsal Infantis - SCA - 19 / Ferroviário Vendas Novas - 1





A 2ª Jornada do Torneio de Abertura de Fusal Infantis jogou-se hoje , a equipa do Alcaçovense recebeu no Pavilhão Municipal das Alcaçovas o Ferroviario de Vendas Novas .
Um começo um pouco atabalhoado por parte da nossa equipa que ninguém percebia ainda fez pensar que o jogo iria tornar-se dificil.
No decorrer da 1ª Parte o marcador andou a nosso favor 7 vezes e com o intervalo a equipa acalmou e fez uma excelente 2 ª parte acabando o resultado em 19-1 a nosso favor.

Jogaram
Equipa: (Baliza) Zé Mbombé, João Paulo, João Ilhéu, João Pedro, Victor Hugo, Bruno Charrua , Mário Carvalho, Elson Pereira,André Silva

Marcadores SCA:
Mario Carvalho - 5 Golos
Vitor Hugo - 6 Golos
João Ilheu - 2 Golo
Bruno Charrua - 2 Golo
João Santos - 1 Golo
João Vidigal - 2 Golo
André Silva - 1 Golo

Notas Finais
- Excelente moldura humana a apoiar a nossa equipa
- Melhor em Campo - A equipa
- Arbitragem - Correcta

Resultados Futebol 7 - 3ª Jornada




Futebol 7 Infantis - União Montemor - 2 / Alcaçovense - 7

Equipa: (Baliza) Zé Mbombé, (Defesa Direito) João Paulo, (Central) João Ilhéu, (Defesa Esquerdo) André Silva, (Meio Campo) Victor Hugo, (Ataque) Bruno Charrua e Mário Carvalho.

Jogou também: Elson Pereira , João Pedro
Marcaram :
Vitor Hugo - 4 Golos
Mario Carvalho - 1 Golo
Bruno Charrua - 1 Golo
Elson Pereira - 1 Golo

Melhor em Campo:
Vitor Hugo - pelos 4 golos que marcou
Elson Pereira - Abriu o Marcador e em todo o tempo que jogou revelou-se um lutador
nunca desistindo dos lances.

Futebol 7 Benjamins - Alcaçovense - 1 / Sporting Viana - 2

Jogou Dinis Fialho ,Diogo Ribeiro,Francisco Salvador,Marcos Galvão,Miguel Santos, Vasco Ilheu,João Bagão,Pedro Mochila, Rui Santos e Tomaz Santos.

Marcou pelo SCA:

Diogo Ribeiro - 1 Golo

Melhor em Campo:

-Dinis Fialho que mais uma vez deu grande confiança e motivação aos seus companheiros
- Miguel Santos pela insitente procura do golo e dedicação ao jogo
Retirado do http://alcacovense.blogspot.com/
Editado por António Costa da Silva
publicado por alcacovas às 13:32
| comentar
Sexta-feira, 5 de Novembro de 2010

Fim-de-semama do SCA

 

Retirado do Blog do Alcaçovense

 

Editado por António Costa da Silva

publicado por alcacovas às 20:36
| comentar

Dito por um Histórico do PS

 

"Este gajo não percebe nada disto".

"Mas ele falava com aquela propriedade com que ainda hoje fala sobre aquilo que não sabe".

"Este gajo é um aldrabão. É um vendedor de automóveis".

"Sempre achei que o PS entregue a um tipo como Sócrates só podia dar asneira".

Sócrates "tem três qualidades, ou defeitos: autoridade, poder, ignorância. E fala mentira".
Na última comissão política do PS, em que Sócrates apresentou as medidas de austeridade, o secretário-geral do PS convocou a reunião de última hora, "para ninguém ir preparado", e organizou os trabalhos para que "o grupo dos seus fiéis fizesse intervenções umas a seguir às outras".

"Aquilo é uma máfia que ganhou experiência na maçonaria", "Sócrates entrou por essa via, e os outros todos. Até o Procurador-geral da República", 

Sócrates "Usa técnicas de maçonaria para controlar a verdade".
"Não tenho nada contra José Sócrates. Se ele se limitasse a ser um vendedor de automóveis. Mas ele é primeiro-ministro e está a dar cabo do meu país. Não é o único, mas é o mais importante de todos".

 

Editado por António Costa da Silva

publicado por alcacovas às 20:28
| comentar

Adubo Verbal

 

 

Retirado do http://henricartoon.blogs.sapo.pt/

 

Editado por António Costa da Silva

publicado por alcacovas às 20:25
| comentar | ver comentários (1)

Obrigado PS.

ALENTEJO RECEBE 14 MILHÕES DO PIDDAC MAS HÁ 18 CONCELHOS QUE FICAM DE FORA.

 

Em ano de contenção a proposta do Governo é pouco generosa em sede de PIDDAC (Plano de Investimento e Despesas de Desenvolvimento da Administração Central) no tão propalado Orçamento de Estado para 2011.

Os concelhos alentejanos repartem apenas 14 milhões de euros, mas há 18 municípios que não foram contemplados com qualquer verba. Évora lidera o investimento, com um total de 3,1 milhões de euros, seguindo-se Beja, com 2,3 milhões.

Na capital do Alto Alentejo a componente 2 do programa Polis recebe cerca de meio milhão de euros, enquanto a já anunciada requalificação do Convento São Bento de Castris viu consignados 333 mil euros. Já para a construção do Arquivo Distrital o governo liberta 20 mil euros, sendo que a Escola André de Resende e o Pólo dos Leões também estão entre a lista.

Por ordem alfabética, Arraiolos viu consignada a requalificação de espaços públicos, com 334 mil euros, enquanto Borba recebe 145 mil para Escola EB Padre Bento Pereira. Também a Escola Sebastião da Gama, em Estremoz, recebe 363 mil euros, menos sete mil do que Montemor-o-Novo, que foi contemplado com 370 mil euros para a ordem pública e serviços de saúde. Mourão tem 434 mil euros atribuídos ao Lar Senhora das Candeias, da Santa Casa da Misericórdia.

Portel e Redondo foram ambos contemplados com um milhão de euros para os respectivos centros de saúde, ao mesmo tempo que Vila Viçosa vai receber 499 mil para remodelação do Palácio da Justiça.

Ficaram de fora Viana do Alentejo, Mora e Vendas Novas. Enquanto em Beja, cerca de 2 milhões vão directos para a segunda fase de construção da Escola Superior de Tecnologia e Gestão, sendo que 350 mil serão encaminhados para o lar de idosos da Casa do Povo de São Barnabé, os 206 mil euros atribuídos a Alvito destinam-se à criação da EB1/Jardim de Infância, sendo que Barrancos recebe 97 mil para o centro de saúde.

A maioria das verbas atribuídas a Ferreira do Alentejo (125 mil), Odemira (10 mil) e Mértola (292) destinam-se à remodelação do património judiciário, embora Mértola vá ainda dispor de uma percentagem para o Lar de Idosos, Centro de Dia e Serviço de Apoio Domiciliário de São Miguel do Pinheiro e à criação de trilhos para visitação e conservação do Vale do Guadiana.

Já os 5 mil euros que o PIDDAC atribuiu a Ourique contemplam a requalificação da Escola Básica, enquanto Serpa recebe 149 mil para expansão da Rede de Lojas do Cidadão. Vidigueira vai requalificar a Escola Básica integrada Frei António das Chagas com 309 mil euros

De fora do PIDDAC 2011 no distrito de Beja ficam os concelhos de Moura, Castro Verde, Cuba, Aljustrel e Almodôvar.

Nos concelhos do Litoral Alentejo, Sines surge na linha da frente com um total de 870 mil euros, para repartir entre a ampliação do molhe leste no Terminal XXI, controlo de operações marítimo portuários, sistema judiciário, centro de saúde e plano de praia do norte, que vai receber a maior fatia deste “bolo”, com 500 mil euros.

Alcácer do Sal tem inscritos 637 mil euros para a Santa Casa da Misericórdia do Torrão e mais 65 mil para o novo mapa judiciário, que no concelho de Grândola rende uns solitários 10 mil euros.

Já Santiago do Cacém, o mesmo sector acolhe um investimento de 226 mil euros.

Portalegre é o distrito mais penalizado com este apertar de cinto. Vai receber apenas 966 mil euros e dez concelhos ficaram à margem. Arronches, Sousel, Monforte, Avis, Fronteira, Alter do Chão, Ponte de Sôr, Marvão, Castelo de Vide e Crato.

Elvas recebe mais de metade do montante, com 537 mil euros a serem destinados à construção do Estabelecimento Prisional e Palácio da Justiça, enquanto Campo Maior recebe 145 mil para a Escola Básica João Baptista e expansão de Lojas do Cidadão.

A capital de distrito garante 135 mil euros para o Colégio e Igreja de São Sebastião, Plano de Acção de Alegrete e EB Cristóvão Falcão. Avis é contemplado com 29 mil euros para a operação de revitalização do centro histórico. Gavião viu consignados 115 mil euros para o Centro Social da Santa Casa da Misericórdia e a EB Professor Mendes dos Remédio (Nisa) surge na lista com 5 mil euros.

 

Visto no Diário do Sul

 

Editado por António Costa da Silva

publicado por alcacovas às 20:11
| comentar
Terça-feira, 2 de Novembro de 2010

Fim-de-semama do SCA

Erros pagam-se caro!


Tarde invernosa onde não convidava ninguém a deslocar-se ao Cortiço, em mais um jogo do campeonato. No entanto à sempre aqueles Alcaçovense que nunca abandonam o clube, marcando presença. O nosso muito obrigado.


Quanto ao jogo, pela segunda vez voltamos a conhecer o sabor da derrota. Este resultado deve-se acima de todo à desconcentração no jogo, que mais uma vez saiu caro à nossa equipa. Com um campo pesado, favorecia o maior porte atlético dos homens da casa, que apoderaram-se do nosso meio campo. No entanto não conseguiam criar perigo já que a nossa defesa ia controlando o jogo. Decorriam vinte minutos quando o SCA se adiantou no marcador, num livre para a área, a bola ajudada com o forte vento leva uma trajectória diferente, esta embate na barra, com Chinês oportuno a marcar. Pode-se dizer que na primeira vez que fomos à baliza com perigo, marcámos. Mas depois não se sabendo como, a equipa relaxou um pouco e cinco minutos devolvidos, Pedro Catarro iguala a partida, também de livre, em mais uma bola colocada para a nossa área, tremenda passividade da nossa defesa, surgindo o avançado da casa para marcar.
 
Na segunda parte, esta foi diferente, já que a nossa equipa tomou conta do jogo, jogando no “batatal” adversário, mas situações claras de golo, essas não existiram. Ao invés, a equipa da casa ia conseguindo criar perigo, por bolas paradas, com Sopa a ter que fazer uma grande defesa após remate de ressaca fora de área, ou pelo contra ataque rápido, quando o seu jogador treinador remata já dentro da área para fora. O jogo aproximava-se do fim, e quando parecia que a nossa equipa podia chegar ao golo, eis que sofre o golo da derrota, num pontapé longo do guarda-redes caseiro, esta a ser enviada para a nossa defesa que mais uma vez deixou jogar, não atacando a bola e Jardel a aproveitar para se isolar e fuzilar o nosso guarda-redes. Restava cinco minutos mas já era tarde.
Parabéns ao adversário que fez para merecer a vitória, quanto aos nossos jogadores, há que levantar a cabeça, aprender com estes erros e já domingo demonstrarem todo a valor que tem para levar de vencido o Outeiro no derby muito esperado. Arbitragem de Fernando Oliveira positiva.
 
SCA; Sopa, Miguel Dias, Mochila, Chinês, Zé Carlos, Joel, André Mendes (Guerreiro), Asinhas (João Marques), Pato (Gomes), Antero e Chibito
 
Resultados da 5ª Jornada:
Brotense 0 - Estremoz 2
Arcoense - Lavre (ADIADO)
Arraiolense 1 - Rosário 0
São Manços 0 - Cabrela 0
Aldeense - Luso Morense (ADIADO)
S.B. Outeiro 4 - Vera Cruz 0
Fazendas do Cortiço 2 - Alcaçovense 1
Valenças 4 - Santana do Campo 2
Isento: Corval

Classificação:
1º - Cabrela - 11
2º - São Manços - 10
3º - Arraiolense - 10
4º - Valenças - 10
5º - Estremoz - 9
6º - Fazendas do Cortiço - 8
7º - Luso Morense - 7
8º - Rosário - 7
9º - S.B. Outeiro - 7
10º - Alcaçovense - 5
11º - Arcoense - 4
12º - Corval - 4
13º - Brotense - 4
14º - Santana do Campo - 3
15º - Vera Cruz - 3
16º - Lavre - 2
17º - Aldeense - 1
 

Futsal Infantis - Sport Lisboa Evora -0 / SCA - 8


A 1ª Jornada do Torneio de Abertura de Fusal Infantis jogou-se hoje , a equipa do Alcaçovense deslocou-se ao Pavilhão do SLE e derrotou a equipa da casa por 8 golos sem resposta.
A equipa do SLE na 1ª parte aguentou muito bem o jogo e o seu guarda redes realizou magnificas defesas mantendo o resultado apenas de 1 - 0 a favor do Alcaçovense


O Intervalo fez bem á nossa equipa e com uma atitude vencedora marcaram mais 7 golos
Jogaram
Equipa: (Baliza) Zé Mbombé, João Paulo, João Ilhéu, João Pedro, Victor Hugo, Bruno Charrua , Mário Carvalho, Elson Pereira,João Porto.



Marcadores SCA:
Mario Carvalho - 2 Golos
Vitor Hugo - 2 Golos
João Ilheu - 1 Golo
Bruno Charrua - 1 Golo
João Porto - 1 Golo
João Vidigal - 1 Golo

Futsal Iniciados - SCA - 6 / Almansor - 2


O Jogo de apresentação aos sócios da equipa de Futsal iniciados do Alcaçovense demonstrou que a equipa cresceu e consegue realizar bons Jogos


Jogaram ;
Simão Malta (guarda-redes);Tiago Rocha ;Tiago Florentino , CAsimiro Mbombé, Albino Mbombé, Pedro Rosado , Eduardo Galveias ; Fabricio Sarmento;Miguel Chora.
Os Marcadores do Sca
Fabricio Sarmento - 4 Golos
Casimiro Mbombé -2 Golos


A época do Futsal Iniciados começa dia 13 de Novembro com um Jogo em Casa :
Alcaçovense - GD Baronia

Nota Final para o publico que se apresentou em bom numero

Benjamins Futebol 7 - Lusitano - 13 / SCA - 0

A equipa de Benjamins do Sca perdeu hoje frente á equipa do lusitano por 13 - 0 , a equipa da casa aproveitou o facto da equipa Alcaçovense não estar com o seu plantel completo e dominou o encontro com facilidade.

Resultados da jornada;
Lusit. Évora- 13 / Alcaçovense -o
U. Montemor - Sp. Viana
Bairro Santo Antonio 0 JUVENTUDE DE ÉVORA 13


Próxima jornada 6/11/2010;
JUVENTUDE DE ÉVORA - Lusitano
Alcaçovense - Sp. Viana
U. Montemor - Bairro Santo Antonio

Futebol 7 Infantis - SCA - 3 / Juventude Sport Club - 0



Equipa: (Baliza) Zé Mbombé, (Defesa Direito) João Paulo, (Central) João Ilhéu, (Defesa Esquerdo) João Pedro, (Meio Campo) Victor Hugo, (Ataque) Bruno Charrua e Mário Carvalho.

Jogou também: Elson Pereira (Pulguinha).


A duas equipas tinham uma estrura fisica equiparada e o jogo revelou ser bastante competivo com os jogadores a disputarem todos os lances com enorme garra .
NO 1º periodo do jogo Bruno Charrua marca numa jogada de insistencia e no 2º periodo João Ilheu transformou de forma irrepreensivel um penalty bem assinalado pela equipa de arbitragem.
3º Periodo entra Elson Pereira e as atenções do jogo foram para ele com diversas oportunidades de golo.
4º Periodo - Mais uma vez Mario Carvalho marcou e mostrou porque é o melhor marcador da equipa , ainda houve tempo para o SCA desperdiçar um Penalty que Bruno Charrua enviou com estrondo ao poste

Notas do Jogo:

1 - Arbitragem correcta

2 - A chuva afastou o publico que perdeu uma excelente partida de futebol

3 - Melhor em Campo: Vitor Hugo pela dinamica que colocou no meio campo e Elson Oereira pelas oportunidades de golo que criou

Lusit. Évora - 20 / Bairro Santo Antonio 0
U. Montemor - Sp. Viana
Alcaçovense - 3 / Juventude Evora A - 0

CLASSIFICAÇÃO
1º Lusitano 6
2º Alcaçovense 6
3º União de Montemor 1 (- 1jogo)
4º Juventude Évora 1
5º Viana 0 (- 1 jogo)
6º Stº António 0

Próxima jornada 6/11/2010 ;
Juventude - Lusitano
Bairro Santo Antonio - Sp. Viana
U. Montemor - Alcaçovense
Retirado do http://alcacovense.blogspot.com/
Editado por António Costa da Silva
publicado por alcacovas às 18:56
| comentar

Recolha de Sangue - Alcáçovas - Terra Mãe

 

Enviado para Divulgação

 

Editado por António Costa da Silva

publicado por alcacovas às 18:54
| comentar

Drogas, um estudo sério

 O álcool é considerado a mais perigosa das drogas, à frente mesmo das chamadas "drogas duras" como a heroína, o crack e a cocaína, numa avaliação ontem publicada na prestigiada revista médica "The Lancet" - que calcula de forma combinada os danos individuais e sociais.

Confrontado com os resultados do ranking elaborado pelo Comité Científico Independente sobre as Drogas do Reino Unido, o ex-director do Centro de Alcoologia de Lisboa Domingos Neto não se mostra minimamente surpreendido.

"O álcool é muito mais perigoso do que se imagina", comenta o psiquiatra. É responsável por "cerca de 40 doenças, além de muita violência, conflitos e perturbação da ordem pública", enumera. Ainda assim, "há imensas forças a favor do consumo dos jovens", um "lobby fortíssimo que protege as bebidas alcoólicas". E a dependência do álcool continua a ser "muito tolerada" em Portugal, onde, para um máximo de "entre 70 a 80 mil toxicodependentes pesados", existem cerca de 500 mil pessoas com síndrome de dependência de álcool.

Mas o problema não é só português.

"O álcool é a cocaína da Europa", diz o psiquiatra, que lamenta que em Portugal "falte uma atitude de saúde pública integrada para combater" este problema.

 A cocaína também surge no ranking britânico, mas bem longe do álcool, da heroína e do crack. E o tabaco aparece logo a seguir, acima das anfetaminas, do ecstasy e dos cogumelos mágicos.

Realizado pelo comité liderado pelo ex-consultor governamental britânico David Nutt - demitido em 2009 depois de propor a alteração da classificação das drogas e de chegar a afirmar que andar a cavalo era mais perigoso do que consumir ecstasy -, o ranking foi ontem apresentado em Londres, numa reunião em que participou o presidente do Instituto da Droga e Toxicodependência, João Goulão, agora responsável pela aplicação da política portuguesa do álcool.

 

No Público de hoje

AC

publicado por alcacovas às 15:23
| comentar

Publicado por:

André Correia (AC); António Costa da Silva; Bruno Borges; Frederico Nunes de Carvalho; Luís Mendes; Ricardo Vinagre.

Posts recentes

_

***

“Alcáçovas Vila Global”

Inauguração da obra de Re...

Recordação do nosso Blog:...

Há 6 anos atrás começou a...

Vitória

Um brinde à Arte Chocalhe...

O Fabrico de Chocalhos já...

Mostra de Doçaria de Alcá...

Arquivos

Fevereiro 2019

Outubro 2016

Agosto 2016

Fevereiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Blogs

Visitas a partir de 5/3/2006

Pesquisar neste blog