Segunda-feira, 15 de Junho de 2009

Alguns rostos de Marrocos

  

  

  

  

Marrocos . 2009 . B. Borges

 

B. Borges

publicado por alcacovas às 00:02
| comentar
Domingo, 14 de Junho de 2009

Alguns olhares sobre a diversidade paisagística de Marrocos

  

  

  

(não são sucalcos, mas sim os terraços das casas de uma aldeia do Grande Atlas)

 

  

  

Marrocos . 2009 . B.Borges

  

B. Borges

publicado por alcacovas às 23:48
| comentar

Mértola durante o Festival Islâmico

Decorreu entre os passados dias 21 e 25 de Maio, o Festival Islâmico em Mértola. Trata-se de um evento que vem dar novas cores e rostos e esta lindíssima vila alentejana durante 4 dias. As estreitas ruas e escadinhas da parte histórica da vila enchem-se de cores, cheiros e produtos da cultura islâmica, mas sobretudo de gente atraída pelo evento. As ruas cobrem-se de lençóis coloridos ou de canas e lá se regateiam as roupas, tecidos, tapetes, joalharia, etc, sempre ao som de música árabe e com um calor humano ainda suportável. Algumas nuvens também visitaram o festival, mas nada que intimidasse os visitantes e os demovesse daquele ambiente.

 
Durante o festival é possível realizar um passeio no Rio Guadiana, num barco disponível apenas para essa altura, que permite aos visitantes desfrutar das excelentes paisagens de Mértola.

 
O festival realizar-se-á novamente em 2011 e desde já recomendo uma visita a Mértola por alturas do Festival Islâmico.

 
Deixo algumas fotos desta última edição.
 

 

  

  

  

  

  

  

Mértola . 2009 . B. Borges

  

B.Borges

publicado por alcacovas às 23:31
| comentar

Eu até acho piada a este tipo de moda e design.

Só não percebo por que é que não são usadas vulgarmente estas roupas. Isto é, eu não costumo ver as mulheres vestida com estas roupas. Mas gostava de ver, isto porque são muito bem desenhadas e adaptadas ao nosso clima.

Alguém diria: Temos pena!

 

 

António Costa da Silva

 

publicado por alcacovas às 17:57
| comentar

Associaçao de Classe dos Trabalhadores de Alcáçovas

Uma pequena história, mas importante, das Alcáçovas, sobre uma Associação e das pessoas que lhe deram vida.

Um bocadinho da história local onde muitas famílias poderão recordar alguns dos seus antepassados.

 

Esta Associação foi constituída em 24 de Julho de 1912 e extinguiu-se em 13 de Dezembro de 1927.

 

Os Estatutos da Associação foram assinados. em 6 de Julho de 1912, pelos sócios que se mencionam:

 

Innocencio Antonio

José Augusto Tardão

Rodrigo Penetra

Feliciano Augusto Morita

Celestino Alegre

José Antonio Murcho

Luiz Antonio Bento

Antonio Boaventura Torres

Gregorio Augusto Barroso

Francisco Morita

Francisco Maria Lavandeira

Luiz Antonio Grosso

José Antonio Netto

Antonio Caneca

Custodio Augusto Rosa

José Amado

Antonio Fontes

Francisco Banha

Feliciano Augusto Loupa

Luiz Carlos Baptista

Francisco Luiz Tardáo

Manuel Isidoro Bento

José Jeronymo Barroso

Antonio José Murcho

João Tardão

Amaro José da Silva

José Augusto Merca.

 

Existe documentação extensa sobre a constituição, paragem e recuperação até à dissolução da Associação com alguns dados interessantes, nomeadamente sobre o património.

Quando a Associação se extinguiu legalmente os bens existentes, um prédio e algum mobiliário foram doados à Misericórdia. 

 

Uma cópia completa dos documentos encontrados na WEB vai ser entregue à AAA.

 

AC

publicado por alcacovas às 16:44
| comentar

Os cálculos da abstenção (nas europeias)

O arigo transcrito abaixo foi copiado do DN online. Autor: Francisco Vasconcelos

Dá para pensar e levanta alguns "porquês".

 

Gostaria de chamar a atenção para a matemática apresentada para o cálculo da abstenção nas eleições europeias que, quanto a mim, está completamente falseada.

Vejamos: Portugal tem 10,6 milhões de habitantes, e este é um número oficial, ou oficioso, que nos dá direito a 22 deputados no Parlamento Europeu.

De acordo com as relações correntes, o número de eleitores em cada país é cerca de 70% do total populacional, ou seja, o nº de eleitores em Portugal não poderá ultrapassar o total de 7,5 milhões por razões físicas óbvias.

Como se explica assim que o nº de potenciais eleitores seja de 9,6 milhões, ou seja, 90% da população? Claro que a participação foi muito superior, cerca de 48%, ou por outras palavras, a abstenção foi "apenas" de 52%, o que nos torna quase os campeões da União Europeia em termos de ida às urnas.

Ou seja: haverá 2,1 milhões de eleitores fantasmas, o que não abona em nada o rigor dos nossos serviços públicos e, por arrastamento, do governo que os gere. Só não percebo como é que estas incríveis anomalias não foram ainda detectadas e denunciadas por nenhum comentador nem por nenhum partido, tirando algumas observações do jornalista Miguel Sousa Tavares que pelo menos alertaram para a inverosimilidade dos novos eleitores.

 

AC

publicado por alcacovas às 12:49
| comentar | ver comentários (1)
Sábado, 13 de Junho de 2009

Passeio da AAA a Miróbriga e ao Lousal

Visita c/ almoço, no Lousal (aldeia mineira, Centro de Ciência Viva)- 20 €

Visita s/ almoço - 5 €

Transporte em autocarro cedido graciosamente pela CMVA

 

Contactos:

André Correia - 918940211 (TMN)

Marcos Caleiro - 969195146

Frederico Carvalho - 962582690

 

AC

 

publicado por alcacovas às 10:51
| comentar

Passeio da AAA

 

Aproveitem este dia de passeio e de forte componente cultural!!

 

Cumprimentos,

 

Frederico Nunes de Carvalho

publicado por alcacovas às 00:55
| comentar
Quinta-feira, 11 de Junho de 2009

Associação de Classe dos Trabalhadores Rurais de Alcaçovas

Adui pode ver o Estatutos da Associação de Classe dos Trabalhadores Rurais de Alcaçovas, de 30 de Junho de 1911.

 

http://arquesoc.gep.mtss.gov.pt/Associa%C3%A7%C3%A3o%20de%20Classe%20dos%20Trabalhadores%20Rurais%20de%20Alca%C3%A7ovas.pdf

 

Editado por António Costa da Silva

 

publicado por alcacovas às 21:05
| comentar

Ser autarca

Muitos autarcas, experientes e inteligentes, sofrem de uma “doença” atípica que tem como principais sintomas a excessiva dependência político/partidária e a incapacidade para inovar, criar, fazer diferente.

 

Esta “doença” tem efeitos múltiplos: sobre os próprios autarcas e sobre as populações das suas autarquias.

 

Quanto aos próprios os principais sintomas são o culto da personalidade, a presença mediática criada ou aproveitada, a auto valorização do próprio trabalho, a prática do clientelismo, nepotismo e outros favorecimentos.

 

O voto em cada acto eleitoral tem que ser angariado através das práticas costumeiras, atrás apenas enunciadas, pois só o voto controla a “doença”.

Cada eleição ganha é um adiamento do fim, inevitável.

 

A incapacidade para inovar, para correr riscos, é a espada sempre pendente sobre o futuro de muitos autarcas que sobrevivem através de práticas dilatórias e sem futuro porque não conseguem gerar desenvolvimento sustentado.

 

O autarca “doente” não consegue inovar, mudar os rumos negativos da sua autarquia, por constrangimentos intransponíveis: criados pelo partido ou consequência da sua própria incapacidade.

 

Aprender as regras administrativas, legais, para gerir uma autarquia é apenas questão de experiência, de estudo e de algum tempo. Nada de transcendente.

È necessário, mas não distingue.

 

Criar e inovar é bem mais complicado. Mais ainda porque este tipo de incapacidade pode não ser apenas devida às qualidades do autarca.

A causa pode resultar, em certos casos, de constrangimentos impostos pelos partidos. 

 

De uma forma ou de outra quem sofre são os residentes da autarquia, sobretudo em termos de desenvolvimento global. O futuro é alienado, as populações envelhecem, os jovens emigram e as autarquias irão desaparecendo.

 

A gestão deste tipo de autarca é apenas orientada para a própria sobrevivência política, pessoal e partidária.

 

Se o autarca não for ou não puder inovar (dar uma vida nova), mudar a gestão da sua autarquia, estará a alienar o futuro desta.

 

O tempo não perdoa para os que vierem a seguir, mas parece estar parado para os que estão aqui neste momento.

 

O autarca que visa essencialmente assegurar a sua permanência, mandato a mandato, não arrisca. Mas o risco para ele não é o mesmo para a comunidade, para a autarquia.

 

Nas próximas eleições autárquicas vamos votar.

 

Mas votar em quê ou em quem?

 

Vamos votar para tentar parar o tempo, deixando tudo com está ou vamos votar para mudar, para começar um novo tempo, para criar um futuro vivo, com desenvolvimento, com esperança?

 

Vamos arriscar, com inovação, criação, luta, ou vamos apenas esperar o dia do fim?

 

AC

 

publicado por alcacovas às 15:40
| comentar | ver comentários (1)

Filme "Monstros & Aliens"

 

 

O Cine-teatro Vianense exibe dia 14, domingo, o filme de animação "Monstros & Aliens", para maiores de 4 anos.

Título do filme: "Monstros & Aliens"

Realização: Conrad Vernon
Com as vozes de: Catarina Furtado, José Wallenstein
Género: Animação
Site oficial:
Distribuição: ZON Lusomundo
Classificação: M/4
EUA,2009

.

Sinopse - Deverá ser corrigida no site


 

Retirado do Site http://www.cm-vianadoalentejo.pt/

 

Editado por António Costa da Silva

publicado por alcacovas às 15:27
| comentar

Filme "Street Figther - A Lenda de Chun-Li"

 

O Cine-teatro Vianense exibe dia 12, sexta-feira, o filme "Street Figther - A Lenda de Chun-Li", a partir das 21h30, para maiores de 12 anos.

Título do filme: "Street Figther: A Lenda de Chun-Li"

Realização: Andrzej Bartkowiak
Com: Brahim Achabbakhe, Edmund Chen, Moon Bloodgood, Russell Geoffrey Banks
Género: Acção/Aventura
Site oficial:
Distribuição: ZON Lusomundo
Classificação: M/12
Canadá, 2009


Sinopse
As forças da escuridão são conduzidas por Bison, um patrão do crime com aparente poder ilimitado, e cujo passado esconde um segredo chocante.O sindicato de Bison, Shadaloo, está a tomar poder sobre os bairros degradados da capital Thai, uma tarefa encabeçada por um assassino, Balrog.


Enquanto Bison instiga uma onde de violêncianos bairros degradados dos distritos, apoderando-se e obtendo poder não olhando a consequências para os residentes, uma equipa de heróis emerge.

Retirado do Site http://www.cm-vianadoalentejo.pt/

Editado por António Costa da Silva

 

 

publicado por alcacovas às 15:25
| comentar

Megamaratona de Futsal

 

O Alcáçovas Atlético Clube realiza dias 13 e 14 de Junho uma Megamaratona de Futsal, no pavilhão polidesportivo de Alcáçovas.

Megamaratona de Futsal

Alcáçovas Atlético Clube

13 e 14 de Junho

Pavilhão Polidesportivo de Alcáçovas

Inscrições até dia 9 de Junho - 250 bolas

Contacto: 964 402 027

Sorteio do torneio dia 10 de Junho

 

Retirado do Site http://www.cm-vianadoalentejo.pt/

Editado por António Costa da Silva

 

 

publicado por alcacovas às 15:23
| comentar

Reviver as Festas Populares

 

Entre os dias 12 e 14 de Junho, a Junta de Freguesia de Viana do Alentejo vai reviver as festas populares. A iniciativa vai decorrer no Largo de S. Luís e destina-se a toda a população.

 

Reviver as Festas Populares

12 a 14 de Junho

Largo de S. Luís (Viana do Alentejo)


Sexta-feira, dia 12
21h30

Dj Mira
Dj Pancadas
Dj Vmax
Dj Maverick
Dj Lorenzo
Dj Russo
Dj Paulo B
Dj Scorpion
Dj Angelita

Sábado, dia 13
20h30

Sardinhada para a população
Baile com o conjunto "Chave de Ouro"

Domingo, dia 14
21h30

Desfile de Marchas Populares
Baile com o "Duo M.P. Portalegre

Retirado do Site http://www.cm-vianadoalentejo.pt/

Editado por António Costa da Silva

 

 

publicado por alcacovas às 15:20
| comentar

Os portugueses precisam de quem dê o exemplo

Um texto que merce ser lido.

 

basta clicar em cima da foto.

 

 

Editado por António costa da Silva

publicado por alcacovas às 15:09
| comentar

João Cravinho considera que “o efeito Sócrates só por si já não chega

 

 

O ex-deputado socialista João Cravinho disse hoje à Rádio Renascença que, depois do resultado das eleições europeias, “o efeito Sócrates só por si já não chega” e que este não é o momento para o país se lançar nos grandes investimentos.


Cravinho interpreta que o resultado se explica por uma “vontade de castigar o Governo, uma vontade de assinalar um cartão que, nalguns casos é amarelo e noutros pode ser muito vermelho”.


“O efeito Sócrates só por si já não chega. Isto é talvez a lição do ponto de vista do PS mais importante”, considerou. “Sócrates sozinho já não chega. Tem que estar com mais alguém, vários que dêem a noção de que a política que se vai seguir na próxima legislatura não é a política de um homem só”, afirmou.


Até Outubro, o PS tem de “mudar, de alterar, de ajustar, de modo a não dar a imagem de que, de facto, tudo se resume a Sócrates dentro do Partido Socialista”.


Cravinho alerta para os grandes investimentos


Cravinho defendeu que “o Governo deve reflectir muito profundamente sobre quais são os grandes projectos que deve seguir nos próximos quatro anos”. Tudo porque, disse, “não é altura de comprometer definitivamente o país por dois ou três meses de pura ânsia e sofreguidão num caminho que depois pode ser muito difícil”.


Em causa estão obras públicas como auto-estradas, TGV e o novo aeroporto.


“Um Governo num país democrático não pode fazer quero, posso e mando. Dizer «eu tenho a minha vontade e porque tenho maioria e dentro de duas semanas já não a tenho, vou usá-la hoje para criar obrigações contratualizadas» que, no fundo, se o futuro Governo ou se o país quiser desfazê-las então paga um balúrdio tal que, aí sim, coloca o país de tanga”.

 

Retirado do

 

Editado por António Costa da Silva

 

publicado por alcacovas às 12:48
| comentar
Quarta-feira, 10 de Junho de 2009

Boas razões para se gostar do Parlamento Europeu

Elena Băsescu - Deputada Romena

 

Presentation of three women candidates for the PDL, People of Liberty, who will be running in June's European Parliament electons.

Deputadas do PDL de Itália - Laura Comi no meio

 

António Costa da Silva

 

 

publicado por alcacovas às 23:48
| comentar | ver comentários (2)

Alma minha gentil, que te partiste


Alma minha gentil, que te partiste
Tão cedo desta vida, descontente,
Repousa lá no Céu eternamente
E viva eu cá na terra sempre triste.

Se lá no assento etéreo, onde subiste,
Memória desta vida se consente,
Não te esqueças daquele amor ardente
Que já nos olhos meus tão puro viste.

E se vires que pode merecer-te
Algu~a cousa a dor que me ficou
Da mágoa, sem remédio, de perder-te,

Roga a Deus, que teus anos encurtou,
Que tão cedo de cá me leve a ver-te,
Quão cedo de meus olhos te levou.

                        Luís de Camões
 

Editado por António Costa da Silva

publicado por alcacovas às 14:51
| comentar

Alguém anda a apanhar bonés...

 

Editado por António Costa da Silva

publicado por alcacovas às 13:28
| comentar

PONTOS DE VISTA (XXX)

 

Ponto dois) Informação sobre a actividade da Câmara – O senhor Presidente informou ter estado presente, no passado dia 16 de Maio, na festa de aniversário do Grupo Coral Feminino Paz e Unidade, de Alcáçovas. Disse considerar bastante interessante a ideia de ter sido realizado um colóquio com a intervenção de alguns estudiosos sobre o Cante Alentejano, ao qual se seguiu a actuação dos grupos corais e o jantar. Pela forma como tudo decorreu, o grupo aniversariante está de parabéns. -------------------------------------------------------------------------------------------------------- Informou também o senhor Presidente que no dia 18 de Maio teve lugar uma reunião do Conselho Directivo da Associação de Municípios do Alentejo Central e que no dia 20 de Maio teve lugar em Aguiar a inauguração de uma Unidade de Cuidados Continuados, de iniciativa privada. Nesta inauguração estiveram presentes o Senhor Primeiro-Ministro, a Senhora Ministra da Saúde, o Senhor Secretário de Estado da Saúde, entre outros políticos a nível regional e local. Disse o senhor Presidente que foi informado desta situação por telefonema da Senhora Governadora Civil, na véspera, ao final da tarde. Mandou mensagem a todos os Vereadores, embora se compreenda que com tão pouca antecedência, é difícil alterar as agendas para poder participar. Acrescentou o senhor Presidente ter estado presente em representação do Município tendo manifestado a sua satisfação pela realização desta obra, felicitando quer o proprietário da Unidade quer os responsáveis governamentais pela área da Saúde, tendo em conta o Protocolo de colaboração assinado. Aproveitando a oportunidade, disse o senhor Presidente ter deixado algumas notas ao Senhor Primeiro-Ministro, lembrando aquilo que havia sido transmitido há cerca de um ano num jantar que decorreu em Arraiolos no qual os representantes dos Municípios do Distrito de Évora referiram as suas maiores preocupações. Disse então o senhor Presidente que tendo nessa ocasião sido referidas quatro questões principais, apenas uma delas avançou, concretamente a que se prende com a recuperação do Paço dos Henriques em Alcáçovas. Quanto às restantes, concretamente o IC33, o desemprego e a impossibilidade de emissão do Cartão do Cidadão, tudo se mantém sem qualquer alteração. Foi também referido o deficiente funcionamento do sistema de “consultas abertas” que na prática tem implicado que muitos dos utentes não consigam obter a consulta de que necessitam. A Senhora Ministra da Saúde disse a este propósito que em Viana existem médicos suficientes para fazer face às necessidades da população, de acordo com os rácios de que dispõe. Quanto às outras questões, nada foi dito. O senhor Presidente disse que a sua intervenção teve como principal objectivo aproveitar a ocasião de estar frente a frente com o Senhor Primeiro-Ministro e outros membros do Governo para fazer notar a premência da resolução de alguns problemas do concelho, pedindo a colaboração para a resolução desses mesmos problemas. -------------------------------------------------------------------------- Informou também o senhor Presidente que no dia 22 de Maio foi realizado uma sessão extraordinária da Assembleia Municipal na qual foram aprovados os Documentos que permitiram

a integração no Orçamento em execução do saldo de Operações Orçamentais que transitou de 2008. ---------------------------------------------------------------------------------------------------------------- Informou também o senhor Presidente que no dia 23 de Maio participou na festa de aniversário do Grupo Coral Cantares de Alcáçovas e na festa do 9.º aniversário do Grupo Coral Feminino de Viana do Alentejo. Também nesse dia teve lugar um jantar da Associação de Caçadores de Aguiar, no qual esteve presente o senhor Vereador Fadista, em representação da Câmara. Disse este Vereador que este não foi um jantar de aniversário mas sim de confraternização entre associados e proprietários de algumas terras que constituem reservas de caça, num total de 60 a 70 pessoas. ------------------------------------------------------------------------------------------------------------- Informou também o senhor Presidente que no dia 24 de Maio decorreu no Pavilhão Desportivo de Alcáçovas a final da Taça de Futsal do Distrito de Évora, tendo sido vencedora a Casa do Benfica em Viana do Alentejo. Anteriormente já se tinha sagrado campeã distrital da mesma modalidade, pelo que no próximo ano participará na 3.ª divisão nacional. ---- --------------------------- Referiu ainda o senhor Presidente que no dia 25 de Maio, de manhã, a convite da E.B.2,3/S Dr. Isidoro de Sousa, participou numa reunião prévia ao início da avaliação externa da referida Escola. Tendo terminado essa avaliação, está hoje agendada uma reunião do Conselho Geral Transitório do Agrupamento de Escolas de Viana e Aguiar. ----------------------------------------------

- O senhor Presidente referiu também que no dia 25 de manhã, estava marcada uma reunião entre o IGESPAR e as quatro entidades envolvidas no processo de recuperação do Paço dos Henriques. A reunião não chegou a ter lugar porque o Senhor Director Regional da Cultura não compareceu devido a uma confusão de datas de marcação na sua agenda. ---------------------------------------------

- O senhor Vereador Costa da Silva começou por apresentar votos de felicitações aos 3 grupos corais do concelho que neste mês de Maio comemoraram os seus aniversários. Disse que “o mês de Maio quase se pode considerar o mês do cante no concelho de Viana do Alentejo”. Voltou a sublinhar a dimensão que estes encontros já têm, realçando a satisfação dos participantes e a grande capacidade de organização destes eventos que já envolvem um número significativo de pessoas. ------------------------------------------------------------------------------------------------------------- O senhor Vereador Costa da Silva, referindo-se à Casa do Benfica em Viana do Alentejo como vencedora da taça e do campeonato distrital de futsal, elogiou a sua prestação e referiu que deste facto todo o concelho se deve orgulhar. ----------------------------------------------------------------------- Quanto à visita do Senhor Primeiro-Ministro a Aguiar para participar na inauguração de uma Unidade de Cuidados Continuados, o senhor Vereador Costa da Silva felicitou os privados que tiveram a iniciativa sublinhando os benefícios em termos de empregabilidade e de visibilidade da freguesia de Aguiar e do próprio concelho de Viana do Alentejo. Quanto à visita do Senhor Primeiro-Ministro em si, disse este Vereador querer deixar algumas notas negativas. Uma dessas notas prende-se com o facto de não perceber o motivo da vinda, para além da inauguração. Parece-lhe estranho que um Primeiro-Ministro venha inaugurar uma obra conjuntamente com a Senhora Ministra da Saúde e o Senhor Secretário de Estado, de um dia para o outro. Disse este Vereador querer acreditar que esta acção não estivesse há muito tempo na agenda do Senhor Primeiro-Ministro e que surgiu de repente. Caso contrário, ou seja, se já estava programada esta vinda, então o modo como as coisas se passaram representa uma grande falta de respeito quer perante os eleitos locais deste concelho quer perante a população em geral. Não se deu a oportunidade às pessoas de estarem presentes pois cada um tem a sua agenda organizada a qual não pode alterar em cima da hora. Sublinhou que quer acreditar que a vinda do Senhor Primeiro-Ministro foi pensada “em cima da hora” e efectivamente não houve falta de respeito. A ser assim, disse este Vereador que o Senhor Primeiro-Ministro não governa. Preocupa-se com a propaganda e em manter “a fachada” de aparecer nos telejornais. Se a vinda foi pensada “em cima da hora” há ainda, na opinião deste Vereador, uma segunda conclusão a tirar e que é no sentido de que este Primeiro-Ministro e este Governo têm sido tão maus para os portugueses que as vindas sem serem anunciadas tentam evitar as vaias e as contestações que têm acontecido ultimamente, como por exemplo tem sucedido nas visitas às Escolas. Disse ser sua convicção que os objectivos desta vinda e de outras por esse País fora são propagandísticos e disso é exemplo a noticia que é dada logo no Jornal das 13 horas quando as inaugurações e outras iniciativas ocorrem no período da manhã. -------------------------------------------------------------------------------------------------------------- Referiu-se também o senhor Vereador Costa da Silva aos arranjos que se têm estado a verificar junto à Zona Industrial de Viana. Disse que sem pôr em causa a necessidade dos mesmos, dá-lhe contudo a sensação de que “se está a varrer o lixo para debaixo do tapete”. Com isto quer voltar a dizer aquilo que já por diversas vezes referiu e que se prende com a degradação que se verifica na própria Zona Industrial quer a nível dos passeios quer a nível das ervas existentes naquele espaço dando um aspecto negativo àquela zona que não dignifica nada quem ali está instalada ou quem ali se desloca. Realçou a necessidade de limpeza adequada de alguns locais, dos quais este é o expoente máximo. ------------------------------------------------------------------------------------------------- Perguntou o senhor Vereador Costa da Silva se a intervenção na Zona do Mauforo tem ligação com a eventual intervenção a realizar à entrada da vila no sentido de Portel e se esta vai ou não avançar. ------------------------------------------------------------------------------------------------------------- Referiu-se ainda este Vereador ao mau estado da estrada Portel – Viana que está cada vez pior, principalmente quando se entra na parte pertencente a este Município. Como exemplos de estradas a necessitar de reparação citou “Viana – Alcáçovas” e também “Viana – S. Bartolomeu do Outeiro” que já merecia há muito tempo uma intervenção mais significativa. Em sua opinião, os maus acessos ao concelho contribuem para que este fique cada vez mais isolado. ---------------------- Também o senhor Vereador Costa da Silva se referiu a uma outra situação já por ele falada diversas vezes e relativamente à qual havia a promessa de se resolver. Prende-se essa situação com a presença dos ciganos junto ao Santuário da Senhora D’Aires. Tendo feito a sugestão de se estudar a viabilidade da sua passagem para junto do campo de tiro, verifica-se que o mandato está a terminar e esta situação continua por resolver. ------------------------------------------------------------- Por fim, o senhor Vereador Costa da Silva perguntou se já havia sido recebida alguma resposta acerca da pretensão manifestada por este Município de integrar o “Corredor azul” e a “Zona de Desenvolvimento Turístico do Alqueva”. --------------------------------------------------------------------

- Quanto às questões suscitadas pelo senhor Vereador Costa da Silva, disse o senhor Presidente que por diversas vezes o senhor Vereador emprega a expressão de que “lhe dá a sensação” e mais uma vez a empregou para referir que “lhe dá a sensação que se está a varrer a lixo para debaixo do tapete”. Disse o senhor Presidente que efectivamente não é assim pois o Parque de Mercados está concluído e vai funcionar amanhã pela primeira vez. Os passeios da parte superior do Mauforo eram há muito ambicionados pelos moradores e estão em execução. A entrada da vila vai ficar bastante melhorada e também do lado de Portel as obras irão avançar. Está-se a ultimar o projecto da rotunda do Ecomarché mas só agora foi possível pois foi necessário que um particular recuasse um muro da sua propriedade. Eram cerca de 18 m2 de terreno que estavam em causa mas o que é certo é que é preciso ir ultrapassando uma série de barreiras, umas mais difíceis que outras, até à conclusão dos processos. Disse ainda o senhor Presidente que desta rotunda para a frente, ou seja em direcção ao cemitério não se está a desenvolver qualquer projecto. Os passeios a executar serão a montante, até à vila. ------------------------------------------------------------------------------------- Quanto à necessidade de limpeza de alguns locais, disse o senhor Presidente que as limpezas urbanas são de facto um problema. Essas tarefas estão delegadas nas Juntas de Freguesia do concelho e estas, por dificuldades de meios, concentram-se mais no interior das vilas do que nas zonas periféricas. Disse que têm sido feitas algumas chamadas de atenção nesse sentido e que se voltarão a fazer. --------------------------------------------------------------------------------------------------- Quanto à necessidade de reparação das estradas, disse o senhor Presidente que apenas se vão tapando alguns buracos porque na verdade a Câmara não tem condições para ter aquelas estradas sob a sua jurisdição. As estradas de Alcáçovas e de Portel são estradas que têm perfil de estradas nacionais pelo que incorrectamente foi aceite a respectiva desclassificação. É assumido que não existem condições para conservar essas estradas como é necessário. Seria bom que a “Estradas de Portugal” se disponibilizasse para assinar o Protocolo no sentido de que as mesmas passassem para a sua responsabilidade. A estrada do Outeiro é municipal mas a intervenção de que necessita é pesada. Existe um projecto conjunto com a Câmara de Portel mas nesta altura em que é preciso priorizar e seleccionar os investimentos, têm dúvidas de que esta obra possa ser posicionada à frente de outras que estão quer em execução quer em vias de ter inicio. --------------------------------- Quanto à questão dos ciganos, disse o senhor Presidente que está agendada uma reunião para a próxima sexta-feira, de manhã, com a G.N.R. em Évora. A este propósito e antes de ser tomada qualquer decisão é necessário sobretudo avaliar as consequências. É um assunto que naturalmente não está esquecido mas relativamente ao qual é preciso ter algumas cautelas antes de implementar medidas. ------------------------------------------------------------------------------------------------------------ Relativamente à intenção manifestada por este Município, disse o senhor Presidente não haver qualquer resposta acerca do pedido de adesão ao “corredor azul” e à “Zona de Desenvolvimento

Turístico do Alqueva”. ------------------------------------------------------------------------------------------

- O senhor Vereador Costa da Silva ainda relativamente à estrada Portel – Viana, perguntou se terá Portel mais recursos para que a estrada, dentro daquele concelho, esteja bastante melhor do que a que se encontra dentro do concelho de Viana. -------------------------------------------------------- O senhor Presidente esclareceu que a referida estrada, do lado de Portel, é nacional enquanto que do lado de Viana é municipal. ----------------------------------------------------------------------------------

- Ainda a propósito das estradas, disse o senhor Vereador Costa da Silva que nas estradas deste concelho a sinalética é péssima, quer horizontal quer vertical. Não existem marcas no pavimento com as consequências que dai decorrem, principalmente em situações de ultrapassagem. Em sua opinião as reparações a efectuar não são só a nível do asfalto mas sim a nível da sinalética e neste aspecto considera que a Câmara tem capacidade para poder resolver. Ainda em relação à necessidade de obras na entrada da vila pelo lado de Portel disse o senhor Vereador Costa da Silva só agora ter tido conhecimento desse problema do terreno do particular. -------------------------------

- Disse também o senhor Vereador Costa da Silva ter ficado satisfeito com a marcação da reunião para tratar do assunto “ciganos” pois é um tema sobre o qual falou há bastante tempo sendo cada vez maiores os malefícios para o Santuário. ------------------------------------------------------------------ Disse ainda este Vereador que quando se referiu a “varrer o lixo para debaixo do tapete” não foi no sentido de pôr em causa a importância das obras na zona do Mauforo pois é indiscutível a necessidade e vantagens das mesmas. -------------------------------------------------------------------------

- O senhor Presidente, referindo-se ao facto do senhor Vereador Costa da Silva ter afirmado que o mau estado das estradas contribui para o isolamento do concelho, disse que este isolamento combate-se de muitas formas. Exemplificou com a realização da iniciativa EVORAMAT aqui em Viana, que vai ter também aqui uma 2.ª edição e que juntou muitos professores não só do Alentejo. Prova-se assim que não é pelo estado das estradas que as iniciativas deixam de se realizar. Referiu também as 3 finais distritais de futsal que decorreram no Pavilhão Desportivo de Alcáçovas que existe há 4 anos bem como a vinda da selecção de hóquei em patins ao mesmo Pavilhão. Disse o senhor Presidente que por isto se prova que a excelência dos equipamentos combate o isolamento e é isso que se defende para as três freguesias do concelho. -------------------- Quanto ao assunto “ciganos” e ao facto do senhor Vereador Costa da Silva referir que já falou deste assunto há muito tempo, disse o senhor Presidente que “a longevidade” deste tema começou há muitos e muitos anos, muito antes do senhor Vereador Costa da Silva e dele próprio terem chegado à Câmara. Dado tratar-se de culturas, tradições, hábitos muito enraizados, o assunto não é simples de resolver e aconselha a decisões ponderadas e com as consequências acauteladas. -------

- O senhor Vereador Costa da Silva, quando se refere à longevidade do assunto “ciganos”, disse que obviamente se está a reportar ao inicio do seu mandato na Câmara, altura em que começou a colocar o assunto. Em sua opinião será uma vitória para todos se se conseguir retirar das proximidades do Santuário a comunidade cigana que pelo seu comportamento repele sistematicamente os visitantes, isto a julgar pelo que lhe vão transmitindo. ---------------------------

 

Retirado da ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DE 27/05/2009 da CÂMARA MUNICIPAL DE VIANA DO ALENTEJO __________

 

Editado por António Costa da Silva

 

publicado por alcacovas às 10:21
| comentar

Publicado por:

André Correia (AC); António Costa da Silva; Bruno Borges; Frederico Nunes de Carvalho; Luís Mendes; Ricardo Vinagre.

Posts recentes

_

***

“Alcáçovas Vila Global”

Inauguração da obra de Re...

Recordação do nosso Blog:...

Há 6 anos atrás começou a...

Vitória

Um brinde à Arte Chocalhe...

O Fabrico de Chocalhos já...

Mostra de Doçaria de Alcá...

Arquivos

Fevereiro 2019

Outubro 2016

Agosto 2016

Fevereiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Blogs

Pesquisar neste blog