Segunda-feira, 2 de Março de 2009

UM LEADER, DOIS PARTIDOS!

 

Duas ideologias, um só leader.

Duas cores, um só leader.

Dois discursos, um só leader.

Dois pesos, um só leader.

Duas medidas, um só leader.

De esquerda ao amanhecer, de direita ao fim do dia. A uns dá pão e a outros dá caviar, um só leader.

Questão de mimetismo ou de vocação?

Qual camaleão engana uns e outros. Um dia de tanta prática nascerá o novo homem político, sem ideais, sem partidarismos. Um só propósito: satisfazer (ou iludir) todos e reinar para sempre. O político perfeito não pode ser partidário, para ser o leader de todos será o político de todas as cores.

Quem resolver esta charada ganhará um prémio: um CD com um (o) discurso do leader perfeito.

AC

 

 

publicado por alcacovas às 16:23
| comentar | ver comentários (2)

Asfixia Democrática

O pequeno estrato de um artigo hoje publicado no DN é elucidativo para mim e, seguramente, para muitos portugueses que se preocupam com a asfixia paulatina da nossa jovem democracia.

Assim recuamos, assim nos iludimos.

Muitos dizem que, sobretudo em situações de crise, o que é preciso é um chefe forte, autoritário, seguro (arrogante) para conduzir o país. Mal vamos se seguirmos esta linha de pensamento.

O que nós precisamos é de um leader que nos empolgue, que nos estimule, que incentive, que conduza uma luta de todos para ganhar uma guerra que a todos diz respeito..

Leia-se:

"Portugal vive hoje uma evidente asfixia democrática. Não temos um regime fascista ou sequer uma democracia musculada como na Venezuela, tão admirada em círculos governamentais. Mas 35 anos depois da revolução é evidente uma latente erosão da liberdade política executada pelo Governo e aparelho de Estado. Os grupos económicos, incluindo de comunicação social, estão silenciados por interesses e influências. Repetem- -se casos individuais de manipulação administrativa, abuso de poder e chantagem. A Justiça não funciona e a fiscalização estrangula. Figuras públicas de referência, até dessa área política, avisam. Resvalamos para uma república sul-americana."

 

AC

publicado por alcacovas às 12:49
| comentar

A nossa eterna tecnodependência.

 

Como é referido no jornal Publico de hoje “a  Administração Central do Sistema de Saúde (ACSS) abriu um concurso público que apenas permite a participação de empresas que possuam uma certificação que nenhuma empresa portuguesa possui.

O Anexo Técnico do Caderno de Encargos do concurso 2/2009, para fornecimento de serviços de manutenção de aplicações informáticas, não só exige expressamente que as empresas concorrentes possuam a certificação ISO/IEC 20.000, como faz a mesma exigência aos "seus subcontratados". Esta restrição não permite sequer, portanto, que uma empresa estrangeira vencedora venha a subcontratar uma empresa nacional para realizar parte dos serviços contratados.
Esta situação é precisamente o mais absurdo que pode acontecer. Um governo que aponta as novas tecnologias com uma das suas grandes bandeiras e prioridades, é inacreditável como não tem estimulado o seu desenvolvimento em Portugal e ir recorrer ao exterior para a sua aplicação e utilização.
Mais grave se torna quando, numa fase crítica da nossa sociedade e da nossa economia, não se esteja mais atento à resolução dos nossos próprios problemas. É muito grave, porque estamos a contratar tudo ao exterior, impedido até as subcontratações.
Se isto, no mínimo, não é inabilidade, então o que é?
Será que ao menos os portugueses não conseguem aprender com os vizinhos espanhóis? Esses, quando não sabem, aprendem e desenvolvem a tecnologia no próprio país. Depois aplicam-na e passam a país fornecedor.
Isto não é uma situação de proteccionismo, mas sim de defesa do desenvolvimento tecnológico nacional e da nossa soberania. O futuro passe precisamente por aí.
Ou será que somos apenas a tecnologia do Magalhães?
 
António Costa da Silva
publicado por alcacovas às 11:50
| comentar

Giesteira - SCA

 

GDU GIESTEIRA PERDE OS PRIMEIROS PONTOS EM CASA
 
GDU GIESTEIRA 1 - SC ALCAÇOVENSE 1
Este Sábado a Giesteira cedeu os primeiros pontos em casa, frente á equipa do Alcaçovense.
O jogo realizou-se numa temperatura amena, excelente para a prática do futebol.
 
 
A Giesteira entrou muito bem no jogo, fazendo transições rápidas que lhe permitiu dispor de boas ocasiões para concretizar em golo, mas lá diz o ditado: (quem não marca sofre) e foi á passagem do minuto 15 que a equipa visitante numa rara chegada á baliza de Sérgio inaugurou o mercador, os pupilos de Canivete não baixaram os braços e 5 minutos depois chegaram ao empate numa boa iniciativa atacante onde o nº 8 da Giesteira só teve de desviar de cabeça a bola do guarda redes Pernas.
Na 2ª parte a História do jogo foi outra, ou seja a Giesteira não conseguiu impor o seu bom futebol dando mérito á marcação serrada da equipa das Alcáçovas que defendeu bastante bem.
Foi acima de tudo um jogo bastante disputado, em que a arbitragem teve num modo geral bem técnica e disciplinarmente.
 
RESTANTES RESULTADOS
Série A
Santana do Campo 3-0 Bairro Santo
AntonioValenças 0-1 Desp. Cabrela
Giesteira 1-1 Alcaçovense
GDR Canaviais 0-4 Luso Morense
Fazendas do Cortiço 1-1 Outeiro
 
Classificação
1 Giesteira 40
2 Luso Morense 31
3 Valenças 30
4 GDR Canaviais 28
5 Santana do Campo 28
6 Bairro Santo António 25
7 Alcaçovense 20
8 Fazendas do Cortiço 17
9 Desp. Cabrela 16
10 Brotense 11
11 Outeiro 3
 
Retirado do Blog da Giesteira http://gdug.blogspot.com/
Editado por António Costa da Silva
 

 

publicado por alcacovas às 10:25
| comentar
Domingo, 1 de Março de 2009

Congresso do PS sem luz

Qual é a novidade?

 

Será que lhes apagaram a luz?

 

Para mim esta foi a verdadeira campanha negra.

 

A emoção era grande. O calor intenso de apoio ao grande líder e ao novo cabeça de lista às europeias sentia-se com forte intensidade no congresso. Este calor provocou um sobreaquecimento na corrente eléctrica e dai a descarga ocorrida.

 

Um congresso emocionante devido aos temas ali abordados:

1º Dia:

Assunto principal – Alegre vem ou não?

 

2º Dia:

Assuntos principais – Quem vai liderar a lista para o parlamento europeu? E quem “malha” mais no Bloco Esquerda?

 

3ª Dia:

Assunto principal – Quem aplaude mais o grande timoneiro e quanto tempo dura a ovação ao teletexto do grande líder?

 

 

 

António Costa da Silva

 

publicado por alcacovas às 16:33
| comentar

12as Olimpíadas Populares do Distrito de Évora

Viana do Alentejo recebe etapa de Cicloturismo

 #

De 1 de Março a 27 de Junho a Associação de Municípios do Distrito de Évora organiza as Olimpíadas Populares. A iniciativa que vai já na sua 12ª edição conta com a participação dos municípios de Arraiolos, Montemor-o-Novo, Mora, Redondo, Viana do Alentejo, Vendas Novas e Vila Viçosa. A primeira prova das Olimpíadas - Estafeta de Cicloturismo – começa dia 1 de Março e vai ligar Vendas Novas a Arraiolos. A segunda etapa marcada para dia 22, domingo, liga o Redondo a Viana do Alentejo. Ainda em Março, dia 15, realiza-se a Maratona em BTT (Mora – Arraiolos – Mora).Para 19 de Abril está marcada uma caminhada no Redondo. A Festa da Malha que todos os anos regista grande número de participantes tem data marcada para dia 10 de Maio, em Vendas Novas. Ainda para o mês de Maio está marcado o Dia das Modalidades, o Dia do Desporto Radical e a Gala do Desporto que tem lugar em Vila Viçosa, dia 30. Já em Junho realizam-se as provas de Dualto Jovem e Dualto Circuito Regional Sul – Provas Abertas e ainda a Taça de Portugal de Dualto, em Arraiolos. O encerramento das 12as Olimpíadas Populares do Distrito de Évora vai ter lugar em Viana do Alentejo, dia 27 de Junho, com o Dia da Ginástica.

 

Retirado do http://futebolalentejo.blogspot.com

  http://www.cm-vianadoalentejo.pt Editado por António Costa da Silva

 

 

 

 

 

Estafeta de Cicloturismo


1ª Etapa

1 de Março
Vendas Novas - Arraiolos
63 Km
Partida - 9h00
Chegada - 12h30


2ª Etapa

22 de Março
Redondo - Viana do Alentejo
70 Km
Partida - 9h00
Chegada - 12h30


Taxa de inscrição:
Municípios aderentes - gratuito
Municípios do distrito e outros - 10,00€

Todos os interessados devem dirigir-se à Divisão de Acção Sócio Educativa - DASE, da Câmara Municipal de Viana do Alentejo.

 

Promotor: Associação de Municípios do Distrito de Évora

publicado por alcacovas às 16:21
| comentar

A REGIONALIZAÇÃO NO CONGRESSO DO PS

 

No Congresso a decorrer em Espinho os socialistas declaram-se, quase unanimemente, a favor de um refendo sobre a regionalização já em 2010.

Parece que o figurino das regiões está já definido, o número de regiões e a sua estrutura física, geográfica, são conhecidos.

Mas como é que a regionalização vai “funcionar”?

Como áreas administrativas, meras representações da estrutura central do Estado, com responsabilidades mínimas, ou apenas aparentes, numa subordinação total à máquina governamental?

Quem é que vai gerir as regiões?

Será o povo local?

Serão os eleitos locais realmente gente das regiões ou do aparelho político socialista (alternando com os vencedores de futuras eleições nacionais)? 

O que é que realmente se pretende, em termos políticos, que sejam as regiões?

O que é que se entende, neste caso, por autonomia?

Como é que se vai partilhar o “poder”, as competências, o poder de decisão?

Como é que se vão financiar as regiões?

Como é que se vai reformar a administração central perante a regionalização?

Como é que se vão fiscalizar as regiões?

Como é que se representarão as regiões no Parlamento Nacional?

São tantas as questões como as soluções, das quais ainda nada sabemos.

Ou será que vamos ter um referendo tipo: “acreditem em mim e votem como eu digo, porque isto da regionalização é matéria muito complexa, só compreendida por especialistas. Votem no que lhes digo porque isso é o melhor para o povo…”

Dá para desconfiar.

E, provavelmente, terei, eu e muitos outros portugueses, que votar contra algo que desejaria muito que se concretizasse. Mas, por tudo o que se vai vendo, nada augura de bom esta ânsia referendária de uma clientela partidária.

Parece-me mais uma regionalização partidária para criar mais tachos para os “boys” do PS (e de outros conforme à alternância política, nacional e local).

A regionalização pode tornar-se num pesadelo para uns e numa fonte de prebendas para outros

Triste sorte a nossa.

 

AC

 

publicado por alcacovas às 11:13
| comentar | ver comentários (5)

Publicado por:

André Correia (AC); António Costa da Silva; Bruno Borges; Frederico Nunes de Carvalho; Luís Mendes; Ricardo Vinagre.

Posts recentes

_

***

“Alcáçovas Vila Global”

Inauguração da obra de Re...

Recordação do nosso Blog:...

Há 6 anos atrás começou a...

Vitória

Um brinde à Arte Chocalhe...

O Fabrico de Chocalhos já...

Mostra de Doçaria de Alcá...

Arquivos

Fevereiro 2019

Outubro 2016

Agosto 2016

Fevereiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Blogs

Pesquisar neste blog