Domingo, 2 de Novembro de 2008

A conquista de Lisboa aos Mouros...

 

Retirado do http://pitecos.blogs.sapo.pt/

 

Editado por António Costa da Silva

publicado por alcacovas às 13:17
| comentar

O fim dos chumbos

 

Retirado do http://henricartoon.blogs.sapo.pt/

 

Editado por António Costa da Silva

publicado por alcacovas às 13:16
| comentar

Videos do Jogo SCA - Morense

 

 

 

 

Resultados:

Alcáçovas-0 Mora-1
Cabrela-0 Canaviais-2
Santo António 1 Giesteira-1
Outeiro-1 Valenças-3
Brotas-2 Santana-0

 

Editado por António Costa da Silva

publicado por alcacovas às 12:38
| comentar

Inquirições céleres, trabalhos intermináveis

 

 

 

Estas fotografias foram retiradas recentemente de uma travessa transversal à Rua Aleixo Abreu. Na 1ª fotografia podemos observar que o muro do lado esquerdo tem um troço que foi intervnecionado "recentemente". Esta obra, mais que de interesse do seu proprietário, foi feita por exigência da autarquia local por supostamente obstruir a via pública. O que se verificava antes da cita obra era uma brecha na zona intervencionada que, mais que importunar os circundantes, prejudicava o seu dono pelas constantes devassas na propriedade. Neste sentido, torna-se lógica que a própria urgência era maior do lado do proprietário do que da autarquia, no entanto há sempre a questão fundamental das despesas que isso memso implica e do momento ser mais ou menos oportuno para tal efeito. No entanto, em resposta à exigência da CMVA (sublinho exigência e, com alguma arrogância até) a obra foi feita, dando outra imagem do cito local. Agora, passado, snesivelmente um ano, vimos a travessa com a calçada neste estado. Nada foi feito pela câmara e a calçada estava assim ainda antes do início das obras de reparação do cito muro. Ou seja, obrigou um proprietário a efectuar obras em função da sua arbitrariedade, por uma questão basicamente estética, mas depois, as suas obras, muitas delas urgentes e imprescindíveis e, neste caso até atentatórias para com a integridade física das pessoas que por ali passam, podem ficar em situação ad eternum. Quando as pessoas são incómodas ou não têm as mesmas cores partidárias do executivo camarário, podem snetir na pela estas arbitrariedades ou leviandades. É pena, vindo ainda para mais dos ditos arautos de Abril.

 

Frederico Nunes de Carvalho

 

 

publicado por alcacovas às 02:31
| comentar | ver comentários (5)
Sábado, 1 de Novembro de 2008

Escolas, Um Espectáculo

 

CANAVIAIS - S. C. ALCAÇOVENSE: 2 - 8

 

Um jogo totalmente dominado pela nossa equipa.

 

Mal começou o jogo marcámos por Victor Hugo. Pouco depois, o árbitro assinalou um penalty provocado por Bruno Charrua. Daqui surgiu o golo do empate dos Canaviais.

 

Logo de seguida novo golo da nossa equipa, marcado por Mário Carvalho.

 

Não tardou a ser marcado o nosso terceiro golo, este através da marcação de uma forma excelente dum livre por Bruno Charrua.

 

Antes do intervalo ainda foram marcados dois golos por Victor Hugo.

 

Entretanto os Canaviais fizeram o segundo golo.

 

Na segunda parte o nosso sexto golo foi marcado por André Silva.

 

Ainda houve a oportunidade de David Mendes se estrear a marcar e Mário Carvalho bisar.

 

No final da partida o nosso guarda-redes teve a oportunidade de fazer duas defesas espectaculares.

 

Pela Direcção do SCA.

 

António Costa da Silva

 

publicado por alcacovas às 20:18
| comentar

TEMOS QUE PEDIR AJUDA À MAYA

Equipa do Alcaçovense:

José Pernas (Capitão), Chico Valente, Ricardo Batalha, Grazina, Aires Nuno Chinês, Hugo Painho, Victor Mantas, José Ganso, Salsinha e Jorginho.

 

José Eduardo (treinador)

 

Alcaçovense 0 – Morense 1

 

Um jogo difícil de entender. Entrámos muito mal neste jogo, deixando o Morense tomar conta do meio campo.

 

No entanto, praticamente ninguém fazia perigo. A única oportunidade da primeira parte, digna desse nome, surgiu num lance saído dos pés de Mantas que desmarca Sasinha e este falha o golo.

 

Na segunda parte, o Alcaçovense toma conta do jogo, mas sempre muito ineficaz. Entraram José Eduardo e João Pedro para os lugares dos lesionados Francisco Valente e Salsinha. A equipa estava mais forte.

 

Tivemos uma primeira grande oportunidade numa bela cabeçada de Mantas e outra muito boa, noutra cabeçada, mas de Grazina.

size="3"> 

Entretanto foi expulso um jogador do Morense por acumulação de amarelos. Curiosamente, nem por isso melhorámos a nossa eficácia.

 

Muito perto do final do jogo, num lance de contra-ataque o Morense faz o seu golo. Eficácia total.

 

O Morense acabou com a expulsão do seu guarda-redes com vermelho directo, por palavras dirigidas ao árbitro.

 

Enfim! Parece que a única solução é recorrer à taróloga Maya.

 

 

Notas;

1)     Um SCA muito incaracterístico;

2)     Um Morense muito eficaz;

3)     Uma arbitragem que não teve influência no resultado;

4)     Melhor Jogador em Campo: Grazina (SCA).

 

Editado pela Direcção do SCA

 

António Costa da Silva

 

publicado por alcacovas às 20:06
| comentar | ver comentários (2)

Comemoração do «Dia Internacional das Bibliotecas Escolares» na EB 2,3/S Dr. Isidoro de Sousa de Via

No passado dia 27 de Outubro foi comemorado o «Dia Internacional das Bibliotecas Escolares», através de uma série de actividades promovidas pela equipa da BECRE da Escola EB 2,3/S Dr. Isidoro de Sousa de Viana do Alentejo.

Nesta sequência, de manhã, foram afixadas, no polivalente da escola, frases alusivas à importância dos livros e da leitura em geral.

Posteriormente, entre as 10h20 e as 11h15 realizou-se a «Hora da Leitura», destinada às turmas de 2º e 3º ciclo, que decorreu nas salas de aula, convertidas em espaços de leitura silenciosa e recreativa.

Simultaneamente, no cine-teatro vianense, os alunos do 1º ciclo (com sessões às 10h15 para os alunos do edifício das Escadinhas e às 13h45 para os de S. João e Escola de Aguiar), assistiram à projecção do powerpoint «Leitura e imaginação», elaborado (pelo professor Francisco Fadista) a partir dos trabalhos realizados anteriormente, sob a coordenação das professoras Filomena Coelho e Conceição Piçarra, por alunos que, na actualidade, se encontram no 10º A. Estes alunos acompanharam as imagens com a leitura dos textos, mostrando aos colegas mais novos que a imaginação não tem fronteiras e que a leitura é uma «porta aberta» para as mais interessantes realizações.

Além disso, foi também apresentado o trabalho «Pintores com Letras», realizado pelas alunas do Curso de Agentes de Acção Educativa, sob a orientação das professoras Helena Calvet e Madalena Serra. Neste caso, as alunas «encarnaram» diversos pintores (portugueses e estrangeiros), e leram poemas adequados aos seus quadros, mostrando que a pintura e a poesia caminham, frequentemente de mãos dadas.

A seguir, às 15h, na Biblioteca da Escola EB 2,3/S Dr. Isidoro de Sousa, abriu-se a «Caixa Mistério» presente na montra do polivalente e foi atribuído o prémio às vencedoras da «charada». As premiadas foram as alunas Beatriz Vilela e Inês Pereira do 7º B. A resposta correcta era o Diário cruzado de Joana e João de Ana Maria Magalhães e Isabel Alçada. Os prémios foram livros do poeta João Teixeira (Rebuçados, Caramelos & Sonetos).

Finalmente, a equipa da BECRE e um grupo de alunos prestaram uma singela homenagem à funcionária da Biblioteca, D. Inácia Amante, aposentada recentemente.

 

Visto no Faixa publicitária

 

Editado por António Costa da Silva

publicado por alcacovas às 13:52
| comentar | ver comentários (1)

Guia turístico "sem barreiras" mostra Alentejo e Extremadura

 

Os turistas com deficiência, sobretudo motora, ou com mobilidade reduzida vão poder "descobrir", sem barreiras, o Alentejo e a Extremadura espanhola, através de um Guia de Turismo Acessível que é lançado nesta sexta-feira.

 


O guia, escrito em português, espanhol e inglês, é apresentado em Portel e resulta de um projecto luso-espanhol, co-financiado pelo programa comunitário Leader+.

 


Intitulado "Rotas Sem Barreiras", o projecto envolve duas associações de desenvolvimento local alentejanas (Terras Dentro e Esdime) e outras duas espanholas, das comarcas de Olivença (Aderco) e de Tentudía (Cedeco), na província de Badajoz (Extremadura).

 


O lançamento do Guia de Turismo Acessível "Rotas Sem Barreiras" é o "culminar de todo o projecto", o qual aposta na "promoção do turismo acessível a todos" nesses quatro territórios, explicou Manuela Fialho, coordenadora da iniciativa.


"Este guia vai ao encontro de um dos grandes objectivos do projecto, que era apontar um valor acrescentado ao turismo destas regiões, proporcionando um novo produto turístico, acessível a todos e não discriminatório", disse.


O roteiro apresenta 145 locais turísticos acessíveis, de forma total ou condicionada, a pessoas deficientes ou com mobilidade reduzida, desde património (como igrejas e museus), alojamentos, restaurantes, actividades de natureza e centros interpretativos ou oficinas de artesanato e de produtos locais.


"A simbologia de acessibilidade total abrange aqueles em que as pessoas podem ser totalmente autónomas, sem precisarem de ajuda, enquanto que, nos de acessibilidade condicionada, as pessoas com deficiência ou dificuldades motoras também podem os podem frequentar, mas precisam de ajuda, por exemplo para que seja colocada uma rampa à entrada de um hotel", explicou.


O guia, tal como o projecto, incide em 13 concelhos alentejanos (Alcácer do Sal, Aljustrel, Almodôvar, Alvito, Castro Verde, Cuba, Ferreira do Alentejo, Montemor-o-Novo, Odemira, Ourique, Portel e Viana do Alentejo) e em 19 espanhóis da província de Badajoz. 

Visto no Início

 

 

Editado por António Costa da Silva

 

publicado por alcacovas às 13:48
| comentar

Publicado por:

André Correia (AC); António Costa da Silva; Bruno Borges; Frederico Nunes de Carvalho; Luís Mendes; Ricardo Vinagre.

Posts recentes

_

***

“Alcáçovas Vila Global”

Inauguração da obra de Re...

Recordação do nosso Blog:...

Há 6 anos atrás começou a...

Vitória

Um brinde à Arte Chocalhe...

O Fabrico de Chocalhos já...

Mostra de Doçaria de Alcá...

Arquivos

Fevereiro 2019

Outubro 2016

Agosto 2016

Fevereiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Blogs

Pesquisar neste blog