Terça-feira, 8 de Janeiro de 2008

Ainda há saco?

A pedido de várias famílias, os textos da coluna radiofónica Janela Indiscreta (Antena 1, RDP, de segunda a sexta, às 18:20). Também pode ser ouvida/importada em podcast a partir do site www.rtp.pt
 
 
A notícia veio ontem no Público, foi debatida ao longo do dia, desmentida pelo Governo, mas hoje regressa ao jornal para finalmente se perceber que há ali trapalhada: o Governo pensou mesmo taxar o uso dos sacos de plástico nos supermercados mas depois recuou. Bem ou mal, as opiniões dividem-se e a blogoesfera é um bom painel para a amostra:
Rui Cerdeira Branco no blog Adufe: “Eu uso os meus sacos de compras do hipermercado para acondicionar lixo, nomeadamente para acondicionar lixo separado com destino à reciclagem. Se passar a pagar 5 cêntimos por saco não vou deixar de consumir sacos. Aliás fico a perceber que acondicionar lixo em sacos diferente passa a custar mais dinheiro do que se meter tudo ao monte”
Maremoto, no blog Papiro, confessa que acabaria por dar a resposta pretendida ao desafio: “Só comprarei sacos de plástico quando precisar deles. Criarei os meus meios de transporte para as compras, como faço hoje no Lidl ou no Pingo Doce. Fiquem lá com os sacos”. Mas depois deixa uma pergunta pertinente: “Porque é que não criam embalagens sem ser de plástico?”
Brincando com a palavra saco e saque, Francisco Mendes da Silva no 31 da armada afirma: “Às vezes penso que não é outra a história do socialismo - um saque embrulhado, não em plástico, mas em papel celofane”
Contra também está Vitor Cunha no Atlântico:
“Ontem foram os sacos de plástico, hoje são os contadores de consumos eléctricos. Já não sei o que falta pagar de novo. E há sempre alguém com sorriso aberto, pronto para explicar que pagar faz bem à saúde e ao futuro dos nossos filhos”.
No blog Jumento, reconhece-se que “recentemente o Reino Unido resolveu o problema da forma mais simples, proibiu a sua utilização no comércio, ponto final. Por cá o governo foi espertalhão, descobriu uma forma de obter mais receitas, os sacos continuavam a existir mas o Estado obtinha um saco azul para o ambiente”.
A ideia morreu na praia, de qualquer forma, por isso agora resta o debate sobre o que fazer com tanto saco.
Tiago Carneiro no blog Democracia em Portugal pede coragem:
“Acabem com os sacos de plástico!!! Papel!!! Reciclado!!! Mas com legislação que não penalize o consumidor!!! As grandes superfícies que paguem!!!”
RMVG , no blog Alcáçovas, aplaude a ideia: “Uma medida com a qual concordo totalmente.” E o dá o exemplo da Irlanda: “depois de uma aplicação de uma taxa o consumo de sacos plásticos diminui cerca de 90%. Em Portugal o decréscimo também se fez notar nos supermercados em que se tem de pagar o saco”. Mas logo um leitor lhe responde: “Eu também concordo apesar de desconfiar que a suceder seremos nós, os clientes, que teremos que pagar os sacos, de uma forma ou de outra”.
Ou seja: dois debates em cima da mesa... Um: taxar ou não os sacos. Dois: quem paga a taxa? Concordo com esta ideia: de uma forma ou de outra, mais tarde ou mais cedo, seremos todos nós.


publicado por PRD às 22:54 no http://prdantenaum.blogs.sapo.pt/
Na altura ouvi na Antena 1. Hoje descobri o blog de PRD nos destaques do Sapo.
É Claro! Publiquei logo
Editado por António Costa da Silva
publicado por alcacovas às 12:26
| comentar

Quase inacreditável

ECONOMIA
 

Vale a pena ler este artigo retirado do sapo.

• PENSÕES
Oposição contra pagamento de retroactivos em prestações
A oposição está contra a intenção do Governo em pagar em 14 prestações retroactivos de pensões que não chegam aos 70 cêntimos por mês em reformas de 400 euros. O CDS fala em crueldade, o PCP e o PSD consideram a medida ridícula.

 
 

O CDS-PP considerou ilegal o pagamento em 14 prestações dos retroactivos dos aumentos das pensões relativas a Dezembro e ao subsídio de Natal, uma vez que estes aumentos apenas começaram a ser pagos em Janeiro e não em Dezembro.

Em declarações à TSF, Pedro Mota Soares acusou o Governo de com esta medida tratar de forma «cruel aqueles que têm poucos recursos» e lembrou que a lei diz que estes aumentos têm de ser integrados em Janeiro e não ao longo de 14 meses.

«Estes 2/14 tinham de ser pagos já em Janeiro e estas verbas são objectivamente verbas retroactivas», concluiu este deputado centrista.

Por seu lado, Jorge Machado, do PCP, também ouvido pela TSF, classificou esta medida como ridícula e «injusta», uma medida que revela a forma pouco sensível como o Governo trata os reformados e pensionistas.

«Vem perpetuar as pensões de miséria que milhares e milhares de pensionistas têm actualmente e mostra a insensibilidade do Governo face aos aumentos do custo de vida. Provocar estes aumentos diluídos desta forma é absolutamente ridículo face à necessidade de valorização das pensões», considerou.

Para este parlamentar, esta medida não é mais do que uma «forma de disfarçar a realidade» de medidas e propostas que são, na opinião de Jorge Machado, «injustas».

Também o social-democrata Adão Silva classificou esta medida de «ridícula», tendo este parlamentar considerado mesmo que o ministro da Segurança Social, Vieira da Silva, «terá algum parentesco com o tio Patinhas».

Para Adão Silva, esta medida que «põe a nu o comportamento persecutório que o Governo tem tido com os reformados e aposentados» e integra-se na forma como o Executivo tenta «arranjar um excedente orçamental a todo o custo».

Para este parlamentar, este tipo de atitudes não são novas, tendo já acontecido quando o Executivo decidiu aumentar as pensões abaixo da inflação esperada ou quando aumentou a «tributação fiscal que incide sobre as pensões e que tem vindo a apanhar cada vez pensões mais baixas».

Tomando em consideração uma pensão de 400 euros mensais, que terá um aumento extraordinário de nove euros, o reformado vai receber 68 cêntimos por cada uma das 14 pensões do ano com a aplicação desta medida.


Publicado a 08 de Janeiro 08 às 10:41

AC
Copyright © 2000,2008 TSF
publicado por alcacovas às 11:42
| comentar
Segunda-feira, 7 de Janeiro de 2008

***

Paira no ar um clima de remodelação no governo. Mas existem algumas questões às quais não se consegue dar uma resposta concreta: Para quando essa remodelação? Quais os ministros que saem?
É que com tantos ministros a arrastarem-se no cargo à tanto tempo é uma incógnita aqueles que vão sair.
Para mim existem três ministros que é urgente mandar para a “reforma”: Correia de Campos, pela enorme trapalhada que reina na saúde em Portugal. Mário Lino que na minha opinião é o pior ministro do governo socialista e Manuel Pinho por o enorme fracasso que foi a politica económica do governo (é importante lembrar ao primeiro ministro que economia não é só deficit orçamental, economia é também emprego, melhores condições sociais, investimento, etc., etc., etc.
Ricardo Vinagre
publicado por alcacovas às 16:33
| comentar

Morreu Luís Pacheco (1925-2008)

Morreu o escritor que falava verdade.

 

Editado por António Costa da Silva

publicado por alcacovas às 14:56
| comentar | ver comentários (1)

Conselho de Ministros informal...

 

Roubado ao Pitecos

 

Editado por António Costa da Silva

publicado por alcacovas às 13:11
| comentar

***

A recente polémica em torno do BCP apenas teve um mérito, o de trazer à luz do dia as negociatas político partidárias pelo controle de instituições que para todos os efeitos são privadas.  
Com o PSD a reclamar lugares para a sua clientela e o PS a segurar a todo o custo os seus apoiantes nas posições de decisão.
 
 
Ricardo Vinagre
publicado por alcacovas às 11:20
| comentar | ver comentários (1)
Domingo, 6 de Janeiro de 2008

Lisboa - Dakar

Retirado do Cartunes e Bonecos

 

Editado por António Costa da Silva

publicado por alcacovas às 23:15
| comentar

PARTO CUBANO !!!

 

Retirado do Piolho da Solum
Editado por António Costa da Silva
publicado por alcacovas às 22:56
| comentar

HÁ DIAS ASSIM…

 

S. C. ALCAÇOVENSE – VALENÇAS

 

 

Iniciámos o jogo com a seguinte equipa: Guarda-Redes: Pernas; Defesas: Nuno Galvão, Chico Valente (Molezas), Batalha e Nelson; Meio-Campo: Manuel Jorge; José Eduardo (Treinador) e Rui Querido (Chinês); Atacantes: Paulo Rodrigues, Jorginho e José Samora.

0000k632

 

Por ter saído ao intervalo, só consigo efectuar a descrição da primeira parte,

0000hkzz

 

No início deste jogo podemos referir que o Valenças foi quem conseguiu ganhar o meio campo. A maioria dos ressaltos recaiam quase sempre para a equipa forasteira.

 

A primeira grande oportunidade surgiu aos 15 minutos e foi do Valenças. Um lance de cabeça quase dava golo.

0000pwbe

 

A nossa equipa acordou a meio da primeira parte, pressionando fortemente a equipa adversária. A primeira grande jogada surgiu no lado direito, onde o Paulo Rodrigues teve uma clara jogada para golo.

0000qzq0

 

Pouco tempo depois o Manuel Jorge marca um livre directo à frente da área e leva a bola à barra.

 

Encontrava-se a nossa equipa nesta toada dominante quando o Zé Samora consegue fugir pela direita e dando a bola ao Jorginho, este coloca a bola no fundo da baliza adversária. Foi assinalado um fora de jogo muito duvidoso.

 

Aos 45 minutos um balde de água fria cai sobre a nossa equipa: o Valenças marca após a realização de uma boa jogada pela direita.

 

No arranque da segunda parte a nossa equipa faz o golo do empate.

 

Pouco tempo depois e por infelicidade da nossa defesa o Valenças consegue recuperar a vantagem.

.

1ª Divisão Série A

Alcaçovense1 – Valenças 2
Cabrela 0 – Arraiolense 1
Giesteira 2 – Brotense 0
Luso Morense 2 – Fazendas do Cortiço 1
Santana do Campo 6 – Aguiar

.

Classificação:

.
1º Morense 26

2º Arraiolos 21
3º Cabrela 19
4º Valenças 19
5º Giesteira 16
6º Canaviais 15
7º Alcaçovense 13
8º Cortiço 12
9º Santana 6
10º Brotense 4
11º Aguiar 1

 

Pela Direcção do SCA

 

António Costa da Silva

publicado por alcacovas às 22:34
| comentar | ver comentários (2)
Sábado, 5 de Janeiro de 2008

Cancelamento do Paris - Dakar 2008 - Nova Vitória de Alguns Terroristas

Será que não poderia ter o nome de Lisboa, apenas Paris - Dakar?

 

Será que os franceses também são terroristas?

 

Será que foi uma medida de poupança de petróleo, por este estar tão caro?

 

Provavelmente teria mais sucesso se fosse totalmente realizado em Portugal. Poderíamos alterar o nome de Lisboa - Margem Sul. Teria garantido o patrocínio  do Ministro das Obras Públicas.

 

António Costa da Silva

publicado por alcacovas às 15:27
| comentar

INTERNATIONAL SOCIETY FOR HUMAN RIGHTS

 

Retirada do http://jumento.blogspot.com/

 

Editada por António Costa da Silva

publicado por alcacovas às 15:13
| comentar

"Diz Que é Uma Espécie de Governo Socialista


IVA, aplicado ao desporto, foi reduzido de 21% para 5%. «A medida visa baixar os preços cobrados ao público em geral que frequenta actividades desportivas em instalações do sector privado, bem como os preços dos bilhetes dos espectáculos desportivos». Que é como quem diz, dos bilhetes dos jogos de futebol.

Não há dúvida que o futebol continua a abanar o país. Depois de, estes mesmos dirigentes, terem empenhado o nosso futuro com a construção de 10 estádios de futebol, eis que nos oferecem a “salvação”, reduzindo o IVA dos bilhetes dos jogos. Sim, que o desporto de bancada não é coisa para brincadeiras. Que interessa se o IVA dos artigos para a prática desportiva não sofre alteração. Que importa que continue a haver bens de primeira necessidade a pagar 12% e 21% de IVA. O que importa mesmo é baixar o IVA dos bilhetes de futebol. Que o diga a comunicação social de referência, até agora absolutamente insensível aos efeitos desta grande medida."

 

Retirado do http://maisevora.blogspot.com/

 

Editado por António Costa da Silva

publicado por alcacovas às 14:59
| comentar

FIM-DE-SEMANA DO SCA - INFANTIS E ESCOLAS

 

INFANTIS

 

05/01/08 (11h) - Sábado

 

Giesteira - Alcaçovense (7:3)

ESCOLAS

 

05/01/08 (10:30h) - Sábado

 

Alcaçovense - Juventude de Évora (12:0)

0000daa8

 

0000e85z

 

0000fwx0

 

0000gwqt

 

.

 

Pela Direcção do SCA

António Costa da Silva

publicado por alcacovas às 14:54
| comentar | ver comentários (5)

A Nova Secretária do Sócrates

A Secretária do Sócrates era apaixonada por ele, mas ele não percebia.

Um dia, depois do expediente, ela entrou na sala dele, com um vestido provocante, bem decotado, fechou a porta atrás de si, caminhou languidamente até à mesa, com ares de Monica Lewinski e propôs:

- Sr. Primeiro Ministro, vamos fazer uma "maldade"?

- Vamos!
Onde é que eu assino?"

Enviada para o meu mail

Editada por António Costa da Silva

publicado por alcacovas às 14:41
| comentar

UNIÃO EUROPEIA 11

A União Europeia na cena mundial

* A União exerce maior influência na cena mundial quando fala a uma só voz em questões internacionais. As negociações comerciais constituem um bom exemplo.

* Na área da defesa cada país da UE, independentemente de ser membro da NATO ou de ter um estatuto de neutralidade, mantêm plena soberania. No entanto , os Estados Membros estão a desenvolver uma cooperação militar em missões de manutenção de paz.

 

* Por razões históricas e de proximidade geográfica, o Sul do Mediterrâneo e a África merecem uma atenção especial por parte da UE (políticas de ajuda ao desenvolvimento, preferências comerciais, ajuda alimentar, direitos humanos).

 

Em termos económicos, comerciais e monetários a UE já atingiu o estatuto de grande potência mundial.

Mas, nalgumas opiniões, é um gigante económico, mas um anão político.

É um exagero, mas revela algumas fraquezas políticas. A UE e os seus Estados Membros têm ainda um longo caminho a percorrer, em termos diplomáticos e políticos, antes de poderem falara a uma só voz em questões mundiais.

Actualmente está em desenvolvimento uma política de defesa comum. Não é mais do que um embrião, mas é um princípio.

 

AC  

publicado por alcacovas às 14:03
| comentar
Sexta-feira, 4 de Janeiro de 2008

Blog do Centro de Novas Oportunidades da Associação Terras

Novo blog em Alcáçovas:

 

http://cno-atd.blogs.sapo.pt/

 

 

 

Editado por António Costa da Silva

publicado por alcacovas às 19:15
| comentar

FIM-DE-SEMANA DO SCA

 

DISTRITAL DE ÉVORA

SÉNIORES

1ª Divisão Série A

06/01/08 (15h) - Domingo

Alcaçovense – Valenças
Cabrela – Arraiolense
Giesteira – Brotense
Luso Morense – Fazendas do Cortiço
Santana do Campo – Aguiar.

INFANTIS

 

05/01/08 (11h) - Sábado

 

Giesteira - Alcaçovense

ESCOLAS

 

05/01/08 (10:30h) - Sábado

 

Alcaçovense - Juventude de Évora

.

CAMINHADAS

Domingos às 9:00h no Jardim Público

 

Pela Direcção do SCA

António Costa da Silva

publicado por alcacovas às 17:27
| comentar

Malta do Andamento - Passeio de Dia de Reis

A Malta do Andamento vai entrar novamente em acção no domingo, 6 de Janeiro, dia de Reis.

 

O Encontro vai ser no sítio habitual, no Jardim Público das Alcáçovas, pelas 9:00h.

 

Editado por António Costa da Silva

publicado por alcacovas às 17:25
| comentar

Uma Viagem Recente

Capa
Sinopse
Em pleno século XVII, num mundo misto de fantástica sabedoria e de assustadora barbárie, um jovem estudante italiano viajava tranquilamente de Veneza para Nápoles quando foi capturado por piratas turcos. Após algumas voltas e reviravoltas do destino, torna-se escravo de um estranho cientista turco, conhecido como o Mestre. Este sábio, ávido pelo conhecimento científico e progressos intelectuais do Oeste, procura, recorrendo ao diferente saber do prisioneiro, conseguir o seu aperfeiçoamento intelectual e científico, e nos anos que se seguiram o escravo ensina ao Mestre o que ele aprendera no velho continente, da medicina à pirotecnia. Mas Hojas o Mestre, quer mais: quer saber o porquê de serem quem são e até que ponto, uma vez desvendados e trocados os seus mais íntimos segredos, as suas identidades não serão confundidas ou trocadas.
Editado por António Costa da Silva
publicado por alcacovas às 17:19
| comentar

Livros

Tendo como pano de fundo a odisseia trágica da participação portuguesa na Primeira Guerra Mundial, "A Filha do Capitão" conta-nos, num ritmo vivo e empolgante, a comovente história de uma paixão impossível entre um oficial português e uma baronesa francesa.

 

 

 

Ricardo Vinagre

 

 

publicado por alcacovas às 11:21
| comentar | ver comentários (2)

Publicado por:

André Correia (AC); António Costa da Silva; Bruno Borges; Frederico Nunes de Carvalho; Luís Mendes; Ricardo Vinagre.

Posts recentes

_

***

“Alcáçovas Vila Global”

Inauguração da obra de Re...

Recordação do nosso Blog:...

Há 6 anos atrás começou a...

Vitória

Um brinde à Arte Chocalhe...

O Fabrico de Chocalhos já...

Mostra de Doçaria de Alcá...

Arquivos

Fevereiro 2019

Outubro 2016

Agosto 2016

Fevereiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Blogs

Pesquisar neste blog