Terça-feira, 11 de Janeiro de 2011

Um Presidente para todos os portugueses

Precisamos, hoje mais do que nunca, de um Presidente da República, que tenha competências, experiência e determinação à medida das enormes dificuldades que Portugal enfrenta e que, infelizmente, se vão acentuar no próximo (s) ano (s).

Precisamos de um Presidente que conheça e avalie devidamente os enormes problemas sociais, económicos e, até, de sustentabilidade soberana. Precisamos de um Presidente que saiba como actuar, adentro dos seus poderes constitucionais e cívicos, quer a nível interno, quer a nível internacional. Precisamos de um Presidente que conheça profundamente as questões da governação pública, que conheça os problemas sociais e seja simultaneamente um especialista nas áreas económicas e financeiras.

Precisamos de um Presidente que saiba equilibrar as suas intervenções críticas com acções de apoio e estímulo aos outros órgãos do Estado. Que saiba, sobretudo, analisar e compreender o que é melhor para todos nós.

No próximo dia 23 temos que escolher o nosso próximo Presidente da República.

Sempre foi importante o nosso voto, acto cívico fundamental para expressarmos as nossas preferências e, também, para de alguma forma manifestar o nosso descontentamento. Não votar é abandonar a luta.

Por fraco que nos pareça este acto, dever e direito de todos nós, devemos votar, sempre.

Se não o fizermos estamos a dar um sinal de abandono, de desistência. Pode parecer pouco, mas se pretendermos melhorar, aumentar a nossa participação cívica o não votar será mais uma machadada na nossa já frágil democracia.

Temos que ir votar no dia 23.

Mas temos que pensar bem em quem vamos votar.

Usando uma imagem popular/desportiva imaginem que todos nós, os eleitores, somos o “seleccionador” que vai escolher os “jogadores” que têm que defender o nosso país.

Agora vamos “seleccionar” o Presidente da República, capitão e esteio da equipa, vamos pensar, estudar a carreira dos diversos jogadores candidatos ao lugar, jogadores esses, que jogam ou jogaram em clubes diversos.

Para isso temos que avaliar a carreira de cada candidato, avaliar as suas qualidades, competências e capacidade de luta, não vamos escolher porque pertença ou não ao nosso clube. Se o seleccionador escolhe pela cor da camisola então a selecção ficará diminuída.

Não podemos assumir esta atitude. Temos que escolher o melhor. Temos que usar a cabeça e não o coração.

Nós, eleitores, temos que pensar bem em quem vamos votar. Temos que esquecer as cores das nossas “camisolas” para pensar apenas em quem melhor servirá os interesses da nação neste momento tão difícil.

Para mim a escolha está feita.

O Professor Cavaco Silva é o melhor candidato.

Cavaco Silva foi Ministro, foi Primeiro-Ministro, foi (é) Presidente da República. Tem uma experiência impar, conhece os problemas do país e do mundo, conhece o País como poucos, esteve em todos os concelhos nacionais, esteve em inúmeros países.

Nenhum dos outros candidatos, por todo o valor que se lhes reconheça, tem as competências, experiência e provas dadas ( em cargos públicos) do Professor Cavaco Silva.

AC

publicado por alcacovas às 17:45
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Publicado por:

André Correia (AC); António Costa da Silva; Bruno Borges; Frederico Nunes de Carvalho; Luís Mendes; Ricardo Vinagre.

Posts recentes

_

***

“Alcáçovas Vila Global”

Inauguração da obra de Re...

Recordação do nosso Blog:...

Há 6 anos atrás começou a...

Vitória

Um brinde à Arte Chocalhe...

O Fabrico de Chocalhos já...

Mostra de Doçaria de Alcá...

Arquivos

Fevereiro 2019

Outubro 2016

Agosto 2016

Fevereiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Blogs

Visitas a partir de 5/3/2006

Pesquisar neste blog