Sexta-feira, 10 de Dezembro de 2010

ERNÂNI LOPES

Tive oportunidade de conhecer este Homem, ainda um jóvem, na Império (Grupo CUF).

Guardo dele apenas uma breve memória, a de um homem muito inteligente.

Agora ao dar uma breve leitura do Portal VER reporto o que se segue.

Para ler e pensar.

O que nos espera?

ERNÂNI LOPES

Um homem sem medo, Ernâni Rodrigues Lopes. Morreu com 68 anos em Lisboa. O diplomata, que primeiro na Alemanha e depois em Bruxelas, garantiu nos anos 70 que Portugal seria uma democracia. O ministro que salvou o País do colapso financeiro na década de 80. Um homem sem medo. Que via para além da espuma dos dias. Que fez os avisos há mais de uma década para os tempos que vivemos hoje

POR FILOMENA LANÇA*

© Jornal de Negócios

Todos os anos em Fevereiro Ernâni Lopes reunia com um grupo de jornalistas, num jantar sempre no Grémio Literário, no Chiado, em Lisboa. Foi assim durante 19 anos, sempre dias antes da conferência da sua empresa Saer. E sempre, todos os anos, os jornalistas queriam respostas sobre o tema quente do dia ou da semana. E todos os anos Ernâni Lopes recusava responder e falava sobre o futuro do País no mundo num sofisticado quadro de análise. "Portugal caminha para o definhamento".

Ouviram os jornalistas pela primeira vez num desses encontros. Hoje parece óbvio. Há uma década, quando Ernâni Lopes usou pela primeira vez a expressão "definhamento", poucos acreditaram. Foi visto na altura por muitos como o profeta da desgraça. Reinava a euforia do crédito barato.

A capacidade de olhar para além do tempo presente era uma das suas grandes qualidades.

A realidade acabou por se revelar pior do que tinha previsto. Numa das suas últimas declarações públicas sobre a actual conjuntura revelou:

"Em 1985, quando fechei o programa com o FMI, jamais me passou pela cabeça que voltasse a haver uma situação como a de hoje. Quem estava errado era eu".

A situação do País "não tem a ver com taxa de juro, oferta de moeda nem finanças públicas.

Tem a ver com qualquer coisa mais importante.

Os problemas resolvem-se com estudo e trabalho e não com facilitismo e aldrabice". Trabalhar, trabalhar e trabalhar, estudar, estudar e estudar.

Era assim que, invariavelmente, Ernâni Lopes respondia quando se queria uma receita.

Licenciado em Economia - e não em Finanças, como gostava de sublinhar - e doutorado na Universidade Católica, Ernâni Lopes fica na história mais pública do país como o ministro das Finanças de Mário Soares que trouxe o FMI pela segunda vez a Portugal.

Mas o seu papel na história recente de Portugal é muito mais vasto e profundo. Se Portugal é hoje uma democracia e está na União Europeia deve-o, também, a Ernâni Lopes.

AC

publicado por alcacovas às 21:41
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Publicado por:

André Correia (AC); António Costa da Silva; Bruno Borges; Frederico Nunes de Carvalho; Luís Mendes; Ricardo Vinagre.

Posts recentes

_

***

“Alcáçovas Vila Global”

Inauguração da obra de Re...

Recordação do nosso Blog:...

Há 6 anos atrás começou a...

Vitória

Um brinde à Arte Chocalhe...

O Fabrico de Chocalhos já...

Mostra de Doçaria de Alcá...

Arquivos

Fevereiro 2019

Outubro 2016

Agosto 2016

Fevereiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Blogs

Pesquisar neste blog