Segunda-feira, 31 de Maio de 2010

Um elogio, uma sugestão e um pedido

Os nossos órgãos autárquicos, a Câmara e a Junta de Freguesia das Alcáçovas, portanto os que a nós (alcaçovenses) dizem respeito, levam agora cerca de 7 meses de mandato.

Não é muito, mas assinalo algumas (exemplos não exaustivos) diferenças, para melhor, sobretudo na forma de lidar com os eleitores e por uma maior abertura ao diálogo. Sete meses, num período de gravíssima crise nacional e global, não me permitem exigir mais.

Fez-se a tradicional romaria à Nª Sr. da Esperança que foi por muitos vista como renovada e mais participada.

Foram feitas limpezas e pequenos trabalhos (portões) no Paço e no Horto das Conchas o que permitiu realizar alguns eventos no pátio do Paço com agrado e satisfação da população interessada e amante da sua terra.

Decorre agora na nossa Vila a Quinzena Cultural que, reconheço, vem sendo uma surpresa. Mais e melhores ideias, mais inovação, mais qualidade e mais variedade. Aqui, e para já, as diferenças são grandes e para melhor. Indiscutível.

Este é o meu elogio, sincero e sem compromissos.

Entretanto aproxima-se o Verão e com ele a tradicional e “moribunda” Feira das Alcáçovas. Todos pensamos que algo tem que ser mudado. Diria mesmo que tudo tem que mudar. Não é fácil e o tempo muito pouco para pensar, estudar e pôr em prática uma nova feira.

A Câmara, a Junta e todos nós, alcaçovenses, temos e devemos participar na mudança que se aponta como indispensável. Mas que, duvido, alguém saiba bem como fazer.

Sugiro pois que se abra um amplo debate sobre o futuro da Feira. O que se deverá fazer para “criar uma nova Feira”? O que é que deverá ser mudado, onde estão as ideias para fazer melhor, diferente e, sobretudo, assegurar um futuro positivo à nossa Feira?

Sugiro pois que se discuta, com todos os que queiram participar, com as associações locais, com mais participação e responsabilidade da Junta de Freguesia das Alcáçovas e até com pessoas de fora que nos possam ajudar. O que poderá e deverá ser feito, tem que ser para obter êxito duradouro e não apenas para remediar uma situação deplorável, se não terminal.

Esta discussão não se pode fazer em meia dúzia de semanas. 

E, por isso, apresento um pedido: Não se faça a Feira este ano.

Faça-se uma pausa para estudar, investigar e criar um novo “figurino” para a nossa Feira. Uma nova Feira não se implementa de um dia para o outro.

E, mesmo com um ano para trabalhar um novo formato, o êxito não é fácil.

E pior será se uma Feira remendada e mal preparada for feita em tão pouco tempo.

AC

publicado por alcacovas às 15:45
| comentar

Publicado por:

André Correia (AC); António Costa da Silva; Bruno Borges; Frederico Nunes de Carvalho; Luís Mendes; Ricardo Vinagre.

Posts recentes

_

***

“Alcáçovas Vila Global”

Inauguração da obra de Re...

Recordação do nosso Blog:...

Há 6 anos atrás começou a...

Vitória

Um brinde à Arte Chocalhe...

O Fabrico de Chocalhos já...

Mostra de Doçaria de Alcá...

Arquivos

Fevereiro 2019

Outubro 2016

Agosto 2016

Fevereiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Blogs

Pesquisar neste blog