Quarta-feira, 31 de Maio de 2006

Correio dos Leitores

No passado dia 26 de Maio realizou-se em Antuerpen ( Bélgica ) uma manifestação contra o racismo,
isto devido aos acontecimentos das ultimas semanas.
A 3 semanas desapareceu um jovem marroquino de 23 anos. Uma semana mais tarde apareceu morto
no rio em Antuerpen , crime racista.
O dia 11 de Maio " quinta-feira" amanheceu com um sol lindo prometia ser um agradável dia de primavera
que rapidamente se transformou em pesadelo.
Ao meio-dia um monstro de 18 anos atravessou a cidade de arma na mão " como rambo " parou pela primeira
vez numa praça aonde sentada num banco de jardim encontrava-se uma jovem turca que procurou simplesmente
um pouco de tranquilidade para ler um livro. Ele disparou ferindo-a gravemente, ela está hospitalizada .
Ele continuo o seu trajecto. Umas ruas um pouco mais longe estavam no seu caminho uma criança de 2 anos
e uma jovem de cor. Mais uma vez ele disparou assassinando as duas. Para estas três pessoas o lindo dia de 
primavera terminou tragicamente.
O problema do racismo tem crescido a passos largos nestes últimos anos principalmente na Flandria ,
isto devido ao partido da estrema direita, também ele tem adquirido muito poder. Este fenómeno
verifica-se principalmente em Antuerpen e vilas ao redor.
Apolitica do partido " vlams belang" incentivaa uma agracividade sem limites contra os estrangeiros.
No dia 26 de Maio eram-mos 20 mil apesar da chuva e do frio, eu tenho a certeza que seriam-mos
muitos mais se estive-se " um lindo dia de sol ".
Foi uma manifestação em silencio só o nosso pensamento estava uma pequena voz que dizia
" isto nunca, nunca mais".
 
Uma Alcaçovence que vive em Antuerpen
 
M.J.Amado
publicado por alcacovas às 23:17
| comentar
8 comentários:
De Gafalhoto a 4 de Junho de 2006 às 11:35
Certamente este Belga passou-se de ver o seu país cheio de inseguraça onde não se pode sair á noite e por vezes nem de dia com medo de muitos bandidos a maior parte emigrantes de cor. Quem sabe o que lhe terá acontecido a ele para ter esta atitude.
De rmgv a 4 de Junho de 2006 às 17:32
Meu caro, penso que o que está em causa não é a cor dos bandidos, pois estes não são especialmente da cor X ou Y.
O que para mim é importante, é a necessidade de combater o racismo. Porque ninguém tem o direito de mal tratar outra pessoa só pela cor da sua pele, a sua crença religiosa, etc.
Cumprimentos
De Anónimo a 6 de Junho de 2006 às 21:58
Tem toda a razão não se deve tratar mal as pessoas só por terem uma cor de pele ou credo diferente.
Diga isso também aos jovens árabes que pululam por essa Europa fora e que roubam ou violam as jovens, mas só as de raça europeia. Parece que fazem escolha das vítimas não acha?
De rmgv a 7 de Junho de 2006 às 00:34
Meu Caro O que disse é horroroso mas infelizmente é verdade. mas como combater esse racismo, utilizando os mesmos métodos que esses jovens utilizam ? eu sei que quando se vê uma irmã ou uma amiga violada e atacada dessa forma, não pensamos duas vezes e queremos fazer justiça pelas nossas próprias mãos! mas de certeza que dessa forma nunca resolveremos o problema, muito pelo contrário ainda o fazemos crescer mais. cumprimentos
De M.J.A a 7 de Junho de 2006 às 13:47
Caros leitores, eu sou a pessoa que escreveu o texto sobre o racismo, sou mulher e portuguesa, a mim nunca me aconteceu nada e nunca me trataram diferente porque sou portuguesa e morena.Não tenho medo de sair nem de noite nem de dia, adoro sair em Antuerpen que é uma cidade bonita e com um ambiente tipicamente antuerpenar.Eu sou contra todo o tipo de violencia dependente da cor de pele ou da relegião. Caros leitores não pensem que o racismo é só contra os árabes. em outros países da europa já aconteceram acidentes com portugueses. Fico triste ao ler certas mensagens e ver que há tanta incompreenção neste mundo " ou será falta de informação ".
De Gafanhoto a 8 de Junho de 2006 às 22:03
Cara M J A fico contente por não ter tido problemas, mas não foi só a sí que não aconteceu, eu próprio também nunca tiva problemas, existem pessoas que ainda vão tendo sorte. o Mundo não é como nós o idealizamos mas como é realmente. Quanto á falta de informação ela não é da minha parte vem em todos os jornais. Experimente ir a um bairro árabe de mini saia sózinha. È melhor não.
Folgo de ver que é uma boa pessoa que quer a paz no mundo, mas o mundo não está a ser como nós queremos.
Até na nossa vila de Alcáçovas existe ou existiu «o turno da noite» e eu testemonhei as casas de banho do rossio partidas por esses braços de trabalho. Justiça? QUEDÊ?
De M.J.A a 9 de Junho de 2006 às 00:01
Senhor Gafanhoto, tem toda a razão eu sou uma pessoa com sorte. eu vou todas as semanas ao bairro árabe para comprar a boa melancia e a boa sardinha e nunca me aconteceu nada. Elas são um pouco mais atrevidos, dizem umas graças e assobiam mas os portugueses também o fazem. Pessoas boas e más existem em todas as nacionalidades, não podemos acusar sempre os mesmos. Ser árabe não quer sempre dizer terrorista. Quanto ás casas de banho do Rossio tem toda a razão! E por vezes fazem falta principalmente quando bebemos uma cervejita no quiosque. P.S : A comida árabe é uma delicia!!!!!!
De Gafanhoto a 9 de Junho de 2006 às 21:21
M J A Folgo de ver que a senhora é de ideias fixas e experiencias positivas, bem haja por isso.
Realmente se não tem tido problemas ainda bem, e como diz existem pessoas boas e más em todo o lado.Mas o tal Belga passou-se foi por algum motivo que só ele poderá explicar, foi reproválvel é certo mas os motivos são os dele e não foi de certeza por lhe terem dádo um carro por exemplo. Mas como aprende-mos nas Alcáçovas é bom andar com um olho no burro e outro no cigano.
Continuação de boa sorte é o que lhe deseja este seu conterraneo.

Comentar post

Publicado por:

André Correia (AC); António Costa da Silva; Bruno Borges; Frederico Nunes de Carvalho; Luís Mendes; Ricardo Vinagre.

Posts recentes

_

***

“Alcáçovas Vila Global”

Inauguração da obra de Re...

Recordação do nosso Blog:...

Há 6 anos atrás começou a...

Vitória

Um brinde à Arte Chocalhe...

O Fabrico de Chocalhos já...

Mostra de Doçaria de Alcá...

Arquivos

Fevereiro 2019

Outubro 2016

Agosto 2016

Fevereiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Blogs

Visitas a partir de 5/3/2006

Pesquisar neste blog