Quinta-feira, 12 de Janeiro de 2006

VOLTANDO ÀS PRESIDENCIAS

No último texto que escrevi tentei ser o mais pragmático possível e não me deixar cair nas tentações generalistas que por vezes nos atraem com facilidade. Tentei falar de factos e não de puras especulações. Não me quis basear em coisas que tivessem acontecido, mas que aconteceram mesmo. Senão, como já referi, como é que seria possível Cavaco Silva ter tido maiorias em quase todo o Alentejo (inclusive Alcáçovas). Será que andaram assim tão enganados?

As conjunturas favoráveis aproveitam-se, não se desperdiçam. Pegando nos exemplos e contradições do Ricardo Vinagre quero deixar algumas breves notas:
1) Em 1973 todos os indicadores económicos eram favoráveis à construção do Porto de Sines. Marcelo Caetano investiu tudo aquilo que Salazar foi amealhando à custa da miséria do nosso povo e da repressão da sua ditadura. Não contava com o choque petrolífero de 1973/74, o que é certo é que deixou o nosso Estado completamente descapitalizado;
2) As opções que foram tomadas a partir da revolução de 74 por todos os Governos (onde estiveram presentes todos os partidos políticos, em coligação ou não), levaram-nos a um estado de degenerescência quase absoluta, o que nos obrigou a recorrer ao FMI por duas vezes;
3) A nacionalização das grandes empresas (que todos partidos subscreveram - até o CDS), fez com que o nosso País se tornasse um dos mais improdutivos da Europa. Consequência que hoje ainda pagamos;
4) Cavaco Silva começa a sua governação em minoria, pegando num País que se Encontrava de rastos. Consegue alterar a Constituição com Victor Constâncio (então presidente do PS) permitindo que Portugal pudesse ter sucesso na Europa;
5) De facto, entraram milhões de fundos comunitários (que ele negociou), mas hoje também entram – que eu saiba ainda não perdemos verbas. Será que apenas soube aproveitar a oportunidade? Deixou andar e as coisas foram acontecendo e a sua governação não teve nenhuma influência?;
6) As remessas dos emigrantes portugueses que tanta expressão tiveram na nossa economia, será que foram aplicadas da mesma forma por outros governos?;
7) Será que as verbas que recebemos dos alemães para a utilização do aeroporto de Beja foram bem aplicadas na região? Sabiam que eram para ser utilizadas na mudança da agricultura alentejana, na perspectiva do desenvolvimento do regadio – eu sei que isto já vem do tempo de Salazar, mas também a intenção da construção de Alqueva. Porque é que não se fazem estas comparações?
8) Guterres após 1995 encontrou uma conjuntura altamente favorável – os fundos comunitários continuavam a entrar, o País crescia e o petróleo atingiu os valores mais baixos de toda a história. Será que soube aproveitá-la? Não. Passámos a ser um Pais altamente deficitário que só sobrevive porque estamos em zona Euro.

Por isso as conjunturas favoráveis devem-se aproveitar. Devemos poupar e investir quando estamos a crescer,

A Cavaco Silva são-lhe totalmente reconhecidas as suas qualidades, inclusive pelos portugueses. Naturalmente, como qualquer Homem, tem defeitos. Erra e também se engana.

Para as presidenciais temos que optar entre homens. Por aquilo que são e por aquilo que foram. Mas também por aquilo que ainda podem fazer.

António Costa da Silva

publicado por alcacovas às 14:23
| comentar

Publicado por:

André Correia (AC); António Costa da Silva; Bruno Borges; Frederico Nunes de Carvalho; Luís Mendes; Ricardo Vinagre.

Posts recentes

***

“Alcáçovas Vila Global”

Inauguração da obra de Re...

Recordação do nosso Blog:...

Há 6 anos atrás começou a...

Vitória

Um brinde à Arte Chocalhe...

O Fabrico de Chocalhos já...

Mostra de Doçaria de Alcá...

Para onde vamos?

Arquivos

Outubro 2016

Agosto 2016

Fevereiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Blogs

Visitas a partir de 5/3/2006

De onde nos visitam?

outils webmaster
contador

Pesquisar neste blog