Terça-feira, 14 de Fevereiro de 2006

A estrada Alcáçovas-Alcacer do Sal

A ESTRADA DE ALCÁÇOVAS – ALCÁCER
(UMA VERGONHA...)


O artigo do Ricardo Vinagre sobre a estrada que liga Alcáçovas a Alcácer do Sal (via Santa Catarina) é bastante oportuno, pelo que não devemos deixar que este assunto caia em saco roto. Todo o estado de degenerescência em que se encontra aquele percurso revela uma falta de respeito por quem o tem que utilizar com frequência.

Repare-se que esta via tem bastante importância não só para os Alcaçovenses e Alcacerenses, como para os residentes de Évora e de outros concelhos próximos.

Começando pelos últimos, podemos referir que esta era uma tradicional rota para o litoral (já usada desde o tempo dos romanos), sendo muito utilizada nestes últimos anos como percurso principal para as praias da zona da Comporta. Naturalmente com implicações economicamente positivas para as duas primeiras localidades.

Por outro lado, as ligações comerciais entre os dois distritos ficam gravemente prejudicadas pela impossibilidade de se utilizar este caminho, obrigando a utilizar a via mais longa e complexa, passando junto ao Torrão e ainda, ter que se suportar as infindáveis curvas até chegar à Barrosinha.

Os agricultores de Alcáçovas e de Alcácer, sobretudo Santa Catarina, vêem-se obrigados a “ilegalmente” ter que tapar as referidas crateras para se poderem deslocar.

Em termos turísticos somos todos prejudicados por este Alentejo que não pertence a Portugal (tal como referia o Ricardo). Igual, só vi no México há doze anos atrás.

As culpas morrem quase sempre solteiras. Aqui, ao longo dos anos tivemos a Câmara Municipal de Alcácer do Sal dizendo que esta estrada pertencia à extinta Junta Autónoma das Estradas e vice-versa. O problema persistiu durante muito tempo e a estrada foi-se degradando.

Há sensivelmente dois anos (se não me falha a memória) esta estrada passou definitivamente para as Estradas de Portugal (ex. JAE e ex. IEP). O problema ficou resolvido, burocraticamente Mas esta via mantém-se igual a si mesma, num estado catastrófico e não há maneiras de ser arranjada.

Penso que vai ser necessário ser muito persistente, influenciando as Câmaras Municipais (Viana e Alcácer) para que este tormento passe a deixar de existir.




António Costa da Silva
Alcáçovas, 14 de Fevereiro de 2006
publicado por alcacovas às 14:46
| comentar
1 comentário:
De Anónimo a 14 de Fevereiro de 2006 às 19:14
Quando publiquei o post “será isto Portugal?” a minha principal intenção foi a de chamar à atenção de todos os leitores em especial dos alcaçovenses e dos responsáveis que aquela estrada é para nós uma vergonha e algo que não se pode manter infinitamente. Por esse mesmo motivo penso que este assunto não deve ser só debatido a nível do blog mas sim ser debatido com os responsáveis no sentido de mudar a situação actual das coisas. É minha convicção como cidadão que devo contribuir para que a minha terra melhor e tenha uma melhor qualidade de vida para os sus habitantes, por esse motivo estão totalmente disposto a denunciar as situações que em meu entender não estão correctas, mas também é meu dever como cidadão contribuir para que essas sejam resolvidas. rmgv
(http://alcacovas.blogs.sapo.pt)
(mailto:rgvinagre@gmail.com)

Comentar post

Publicado por:

André Correia (AC); António Costa da Silva; Bruno Borges; Frederico Nunes de Carvalho; Luís Mendes; Ricardo Vinagre.

Posts recentes

***

“Alcáçovas Vila Global”

Inauguração da obra de Re...

Recordação do nosso Blog:...

Há 6 anos atrás começou a...

Vitória

Um brinde à Arte Chocalhe...

O Fabrico de Chocalhos já...

Mostra de Doçaria de Alcá...

Para onde vamos?

Arquivos

Outubro 2016

Agosto 2016

Fevereiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Blogs

Visitas a partir de 5/3/2006

De onde nos visitam?

outils webmaster
contador

Pesquisar neste blog