Segunda-feira, 20 de Fevereiro de 2006

Correio dos leitores(O fenómeno Aldeense)

O fenómeno Aldeense

Parece impossível, mas apenas para quem não quer ver. O Aldeense está a surpreender tudo e todos. Por cada fim-de-semana que passa fica mais perto o sonho de jogadores que, há uns anos, não eram mais do que uma equipa que lutava pelos lugares do meio para baixo.
O Aldeense representa com orgulho as gentes da freguesia de Montoito, mais concretamente a população de Aldeias de Montoito, que nunca se interessou muito pelo fenómeno do futebol regional, mas esses tempos já lá vão. Agora, tem-se notado um apoio dos simpatizantes do clube que, embora não sejam muitos, fazem o que podem para se fazer ouvir e incentivar os jogadores.
Os recursos são escassos mas muito bem aproveitados, não há ordenados para ninguém, apenas muito amor à camisola e muito companheirismo e espírito de equipa e de sofrimento.
Quanto à vertente desportiva, a equipa do Aldeense tem sido no mínimo, irrepreensível. Apenas contabiliza uma derrota para o campeonato, que aconteceu com um único golo de penalty no difícil reduto do S. António, equipa da cidade de Évora e três empates. Os principais opositores do campeonato são as equipas dos Canaviais e do Santiago Maior, equipas estas que se têm mostrado mais irregulares, embora disponham de mais e melhores recursos.
Neste último fim-de-semana, mais uma vitória caseira, desta feita frente à equipa da Azaruja, que não se mostrou capaz de fazer frente à equipa líder. A equipa da casa entrou em jogo confiante e com vontade de resolver cedo o jogo, para que pudesse jogar com mais tranquilidade no restante tempo de jogo. Um golo a meio da primeira parte e outros dois a meio da segunda, todos marcados pelo principal marcador da equipa, Quim Zé, resolveram o jogo para o lado do Aldeense. O Azarujense, apenas a espaços importunava a defesa da casa, defesa esta que é a menos batida de todos os distritais seniores alentejanos, com apenas 9 golos sofridos em 15 jogos disputados.
Com esta vitória, o Aldeense alargou a vantagem para o segundo classificado, aproveitando a derrota dos Canaviais em S. Manços. Assim, o Aldeense contabiliza 36 pontos, seguidos agora pelo Santiago maior que tem 34 e os Canaviais com 32. As demais equipas já se encontram muito longe destas três equipas.
No próximo Sábado, o Aldeense desloca-se ao campo do Terena e, em caso de vitória, ganha mais três pontos à equipa do Santiago Maior que não joga, cumprindo a jornada de descanso.

Daniel Cachopas


Recebi esta carta por e-mail, do meu colega e amigo (leitor do “Alcacovas”) Daniel Cachopas e resolvi publica-la, por dois motivos:
• O primeiro para mostrar que nem só as equipas com muitos recursos financeiros conseguem ter bons resultados, sendo o mais importante de tudo o amor à camisola.
• O segundo para incentivar os nossos leitores a enviar as suas opiniões, as suas fotografias e artigos que achem que são de interesse local e regional (e porque não nacional), para que nós as possamos publicar, dando assim voz a todos num espaço que já é lido por muitos.

rmgv

publicado por alcacovas às 19:25
| comentar
2 comentários:
De Anónimo a 21 de Fevereiro de 2006 às 18:24
É bom um q haja fenomenos desses e espero q a equipa continue assim. É pena no SCA (Sport Club Alcaçovense) n seja assim tb.
Porque cada vez à menos amor à camisola e poucos jogadores das Alcáçovas. Fiquem a saber q os adeptos continuarão a encorajar-vos e a acompanar-vos até q a força do SCA volte ao de cima. Força jogadores. Alcaçovense
</a>
(mailto:)
De Anónimo a 20 de Fevereiro de 2006 às 20:13
... queremos deixar a nossa força, para os jogos que ainda adviram...Nuno Patricio
(http://marinhaisfutsalclub.blogspot.com/)
(mailto:nnuno_patricio@hotmail.com)

Comentar post

Publicado por:

André Correia (AC); António Costa da Silva; Bruno Borges; Frederico Nunes de Carvalho; Luís Mendes; Ricardo Vinagre.

Posts recentes

***

“Alcáçovas Vila Global”

Inauguração da obra de Re...

Recordação do nosso Blog:...

Há 6 anos atrás começou a...

Vitória

Um brinde à Arte Chocalhe...

O Fabrico de Chocalhos já...

Mostra de Doçaria de Alcá...

Para onde vamos?

Arquivos

Outubro 2016

Agosto 2016

Fevereiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Blogs

Visitas a partir de 5/3/2006

De onde nos visitam?

outils webmaster
contador

Pesquisar neste blog