Quinta-feira, 31 de Outubro de 2013

Recolha de Sangue - Centro Cultural de Alcáçovas . 3 novembro

 

Editado por António Costa da Silva

publicado por alcacovas às 13:12
| comentar
Segunda-feira, 28 de Outubro de 2013

Excelente iniciativa - Feira dos Avós

Não sei se a feira dos Avós já dura há muito tempo ou não, mas eu só descobri hoje na página do facebook da Santa Casa da Misericórdia de Alcáçovas.

 

 

Excelente iniciativa, por todos os motivos e mais alguns, mas destaco dois: 1) O facto de vender produtos de qualidade que são cultivados com uma enorme dedicação e empenho; 2) Dá vida ao mercado que é um espaço com um enorme potencial e que tem de ser dinamizado.

 

Sem dúvida nenhuma vale a pena passar por lá e comprar umas hortaliças, estivesse eu ai e era cliente certo (todas as sextas-feiras, das 10h às 12h).

 

Parabéns a todos os envolvidos, mas principalmente aos nossos agricultores.

 

Um abraço do Ricardo

publicado por alcacovas às 23:41
| comentar

Uma quadra engraçada

Há dias fomos apresentar a peça "HO Retorta" a Viana. Como de costume, divertimo-nos muito, falhámos algumas vezes, e fomos jantar (gentileza da nossa Câmara).

Foi, mais uma vez, um alegre convívio desta vez assinalado por uma quadra da nossa colega Aida, (o Timóteo) que mostra bem a camaradagem da malta do teatro a brincar:

 

"Bebo este copo de vinho

Já tirámos o retrato

Vivam todos quantos estavam

É a malta do teatro."

 

Aida Satiro.

 

Nunca pela cabeça me passou a ideia de subir a um palco, a fingir ser ator. Mas conheci um grupo admirável, desde os colegas atores, da nossa encenadora e de outra pesoas que, fora do palco, fizeram um trabalho maravilhoso para nos animar e ensinar.

AC

publicado por alcacovas às 16:53
| comentar
Domingo, 27 de Outubro de 2013

e também precisa de música...


 

Parece que Lou Reed, nos deixou hoje. Hoje, num dia tão perfeito como todos os outros dia.

Que todos os dias seja, Perfect Day... Até um dia Lou...

 

Um abraço do Ricardo

 
publicado por alcacovas às 19:33
| comentar | ver comentários (2)

Um homem precisa de livros

 

 

Como foi possível ter passado 31 anos sem ler este livro?!

 

Mas finalmente já está resolvido este tão grande lapso.

 

Livro altamente recomendável numa altura como esta que estamos a viver e onde por vezes é tão difícil sonhar. Vale muito a pena ler e acompanhar a viagem do capitão Ahab e da tribulação do Pequod.

 

Um abraço do Ricardo  

publicado por alcacovas às 19:04
| comentar

Bonita e merecida homenagem

Até mais ver,Ti António...





 

O velhote guardava numa enorme caixa de cartão muitas peças em cortiça feitas por ele próprio na sua juventude, nos tempos em que ainda tinha mãos para esculpir o "Couro das Azinheiras".
Eram Cochos e Tarros de vários tamanhos, algumas miniaturas de instrumentos agrícolas, mas o que me atraiu de imediato a atenção foram as miniaturas de carroças e churriões alentejanos, feitos com uma perfeição incrivel.
Explicou-me então que o Lar lhe ficava com o dinheirinho da magra reforma e nem para beber um copito tinha trocos no bolso: "É por caridade, amigo João, prantas isto na pratelêra, na me serveim pra nada."
"Então mas vê-se perfeitamente que isto foi feito com muito carinho, são recordações de outros tempos..."- disse-lhe, tentando dissuadi-lo de tal.
"Dás-me o que queseres, sê lá se quando morreri, isto na vai abalar prá lixêra..."
Se eu lhe comprasse aquelas obras de arte, estaria a preservá-las, assegurando-lhe alguma dignidade. E assim fiz por um preço justo.
Aquelas peças vieram para minha casa e ocuparam lugar de destaque na minha pequena colecção de objectos etnográficos.
E desde então, quando passava junto á minha porta, eu fazia questão de o convidar a entrar, beber um copo de vinho tinto e falávamos, falávamos muito de tempos idos, tempos em que ele foi jovem, típico trabalhador rural.
E os seus olhos voltavam a brilhar, deixava de ser o velhote que estava á minha frente...
Ás vezes, pedia-me para ver as suas peças. E lá ia eu buscá-las, zeloso guardião das suas recordações.
Depois de se assegurar que tudo estava como dantes, bem conservado, dizia-me satisfeito, á abalada:
" Até mais ver, João..." 




Dedicado ao meu amigo Ti António do Tiro, falecido em Agosto de 2013.
 "Até mais ver, Ti António..."
Publicado por João Mendes no Melhore Alentejo do Mundo
Retirado do http://omelhoralentejodomundo.blogspot.pt/


Publicado por Antónido Costa da Silva

publicado por alcacovas às 08:32
| comentar
Quarta-feira, 23 de Outubro de 2013

131%

Dívida pública sobe para 131,3% do PIB no segundo trimestre

 

Gastamos mais 31% do que aquilo que produzimos! Até quando é que isto vai continuar?

 

Parece que a austeridade só está a ter um efeito, deixar os portugueses mais pobres (não é um lugar comum é uma verdade),

Apreendi na universidade que é natural os países gerarem dívida pública, mas uma coisa é ter uma dívida de 93,4% (média da dívida pública dos países da zona Euro, que mesmo assim está bem acima dos condições do PEC) e outra muito diferente é ter uma dívida pública de 131%.

 

De uma forma muito simples os 131% significa que o estado consume tudo aquilo que é produzido pelos portugueses, particulares e empresas, e não chega tendo de recorrer a financiamento (agora temos a troika a bancar) para os 31% que falta.

 

Para quando o cumprimento do estabelecido no Pacto de Estabilidade Crescimento (défices públicos inferiores a 3% do PIB e dívida pública inferior a 60% do PIB). Por muito duras que estas medidas sejam são necessários, pois nós portugueses sabemos melhor que ninguém que dívida só gera dívida.

 

Ricardo Vinagre

publicado por alcacovas às 14:17
| comentar

Colecção particular de Chocalhos [Moura]

 

 

 

 

 

 

 

Agradecem-se colaborações para a respectiva identificação das marcas de chocalheiro representadas nestes chocalhos.

 

Atenciosamente,

 

 

Frederico Nunes de Carvalho

 

 

 

 

publicado por alcacovas às 00:36
| comentar
Terça-feira, 22 de Outubro de 2013

Pérola

Esta entrevista é uma verdadeira pérola…

 

Entrevista ao CM de Rita Rato, deputada do PCP.

 

- Concorda com o modelo que está a ser seguido na China pelo PCC?

 

- Pessoalmente, não tenho que concordar nem discordar, não sou chinesa. Concordo com as linhas de desenvolvimento económico e social que o PCP traça para o nosso país. Nós não nos imiscuímos na vida interna dos outros partidos.

 

Parece que a Rita Rato apenas se esqueceu de falar do regime democrático da Coreia do Norte, mas de resto está excelente, caso para dizer uma verdadeira pérola...

 

Ricardo Vinagre

 

publicado por alcacovas às 22:57
| comentar

Por Vales do Sado e do Xarrama



A Secção Outdoor da Associação dos Amigos de Alcáçovas vai organizar no próximo sábado mais uma caminhada gratuita, desta vez na Freguesia do Torrão. Quem quiser aparecer, traga boa disposição e vontade de caminhar, pois serão 25 kms de andamento:

"Por Vales do Sado e do Xarrama"
Barragem Vale de Gaio-S. Romão- Rio de Moinhos-Barragem Vale de Gaio
26OUT13 - Barragem Vale de Gaio
Tipo: Caminhada Circular
Hora de Concentração: 09H45
Local: Barragem Vale de Gaio
Hora de Inicio: 10H00
Hora previsivel de Chegada: 17H00
Distancia: Cerca de 25 Kms
Grau de Dificuldade: Grau 2 (Algumas subidas e descidas em caminhos rurais lamacentos, mas sem dificuldade técnica).
Descrição do Evento: Esta será uma caminhada circular, que começará na Barragem Vale de Gaio e que passará junto ás margens do Xarrama e do Sado, acompanhando os canais de irrigação do vale. Passaremos em S. Romão e Rio de Moinhos.
Links interessantes:
http://www.cm-alcacerdosal.pt/PT/Visitar/percursospedestres/Paginas/PasseiodosNegros.aspx


No Café Central, em Rio de Moinhos, existe a possibilidade de encomendar bifanas com antecedência e cada participante interessado nesta modalidade de almoço deverá indicar quantas bifanas pretende ingerir. ( para se poderem encomendar um nº aproximado de bifanas). Data limite: 24OUT
Em caso de preferir outro menu, traga farnel de casa...
A história desta aldeia está intimamente ligada ao trabalho sazonal nas grandes explorações agrícolas da zona.
Outro facto marcante passa pelos traços negros das suas gentes. Não se sabe ao certo em que data se fixaram os escravos negros, mas Almeida (1956) refere que remontam, pelo menos, ao ano de 1573.
Marcados pelo isolamento em que sempre viveram, os tempos modernos trouxeram significativas melhorias das condições de vida desta população. No entanto, é evidente a desertificação e o envelhecimento populacional.
Depois da caminhada, para os mais resistentes, poderemos fazer uma facultativa visita á vila do Torrão e jantar um cozido á Alentejana no Restaurante "O Besugo". Confirmações no próprio dia.


Recomenda-se: Chapéu, Óculos de Sol, Protector Solar, Roupa confortável, Botas de caminhada e o necessário suprimento de água na medida de cada um, muda de roupa e calçado para o fim.


Tenham em atenção as condições atmosféricas á data da actividade, tendo especial cuidado com a humidade e frio....
Nota: A actividade é gratuita e não tem seguro. Cada um caminha por sua conta e risco...

Para participar em caminhadas gratuitas em todo o nosso País, basta aderir ao site:
www.caminharemportugal.com

 

Retirado do http://omelhoralentejodomundo.blogspot.pt/

 

Editado por António Costa da Silva

publicado por alcacovas às 00:03
| comentar
Segunda-feira, 21 de Outubro de 2013

Fui ver o SCA e gostei, dos petiscos também!

Seniores - Alcaçovense 2 vs Brotense 0

Seniores Futebol 11 - 4ª Jornada AF Évora Divisão de Honra Série B 2013/14 



Numa tarde agradavel no João Branco Nuncio  nas Alcaçovas o Alcaçovense dominou o Jogo mas não se pense que foi facil , o Brotense sempre com jogadores muito combativos não deixou a nossa equipa jogar e foi sem surpresa que na primeira parte a nossa equipa poucas oportunidades de golo criou.
Fruto da  pressão exercida pelo alcaçovense a equipa do Brotense a meio da primeira parte ficou reduzida a dez jogadores e mesmo assim os nossos jogadores tiveram grandes dificuldades a chegar a baliza contraria .


No segundo tempo o Mister José Oliveira apostou tudo e desenhou uma equipa de ataque , até aos 30 minutos do segundo tempo jogamos muito pelo meio e a equipa parecia estar a perder a paciência mas aos 35 minutos Pedro Hipolito após um centro de Caixas colocou a nossa equipa em vantagem .
Wesly que entrou na segunda parte com um magnifico promenor marcou o segundo golo


Foi um bom Jogo , bem disputado e com alguma frieza poderiamos ter dilatado o resultado .
Resultados Jornada 4

Giesteira 0-5 Valenças 
Luso Morense 1-0 Escouralense 
Alcaçovense 2-0 Brotense 
Santana do Campo 0-2 Arraiolense 
Clasificação:

1 Valenças 9  

2 Arraiolense 9 ( -1 Jogo)

3 Fazendas do Cortiço 7  

4 Alcaçovense 6 ( -1 Jogo)

5 Luso Morense 6  

6 Giesteira 4  

7 Escouralense 3 ( -1 Jogo) 

8 Santana do Campo 3  

9 Brotense 0
Proxima Jornada :
Jornada 5
Arraiolense 26/10 Alcaçovense 

Brotense 27/10 Fazendas do Cortiço 
Escouralense 27/10 Giesteira
Valenças 27/10 Santana do Campo 
  
Editado por António Costa da Silva
publicado por alcacovas às 23:58
| comentar
Domingo, 20 de Outubro de 2013

Um homem precisa de música

Hoje dei comigo a pensar neste poema de Sofia, não me saía da cabeça! Fui à internet para o ler completo e acabei por descobri-lo na voz do Tiago Bettencourt.

 
Um abraço do Ricardo 
publicado por alcacovas às 20:02
| comentar
Sábado, 19 de Outubro de 2013

In Memoriam - Miguel

A esta hora já os sinos da matriz da nossa terra dobraram como que num choro monótono, para que todos saibam que hoje partiu mais um dos seus filhos.
Cá longe onde estou, a notícia chegou-me ao início da manhã deste dia em que o céu está carregado de nuvens e o Tejo está cinzento.
Há muito que os nossos caminhos era diferentes, em que as poucas vezes que nos encontrávamos em Alcáçovas não havia se não um breve cumprimento, nada de especial levou a que fosse assim, apenas caminhos diferentes. Mas a distância e a pouca convivência, não me impedem de ficar triste, e hoje estou muito triste com a partida do Miguel, eu era daqueles que acreditava num milagre, que acreditava que um dia ia ver na sua página do facebook que ele estava a recuperar e o ia encontrar na vila e falar com ele e perguntar-lhe como estava. Acreditava porque via a fé com que as pessoa rezavam por ele, a fé com que o levavam no coração sempre que iam a Fátima e a forma com que tudo entregavam na nas mãos de Deus.
Certamente muitos perguntam (eu pergunto) porque quis Deus levar um jovem em vez de fazer um milagre e salvar-lhe a vida? Não sei a resposta, mas acredito que Deus quer sempre aqueles que mais ama junto dele e por isso chamou o Miguel.


Ricardo
publicado por alcacovas às 15:30
| comentar | ver comentários (2)
Sexta-feira, 18 de Outubro de 2013

Leitura Obrigatória...

 

http://idiossincrasias.org/2012/10/sua-alteza-real-d-mario-soares-o-chulo-de-portugal/

 

Ricardo

 

 

publicado por alcacovas às 17:20
| comentar | ver comentários (2)

Reforma

Cartoon

 

hoje no Negócios

 

Ricardo Vinagre

publicado por alcacovas às 10:01
| comentar
Terça-feira, 15 de Outubro de 2013

Para onde vão os impostos

No dia em que o tema central é o orçamento do geral do estado para 2014, e o tema é austeridade e mais austeridade, decidi compreender para onde vão os meus impostos.

 

 

Dei de com este site do governo, que está muito bem feito:

http://www.portugal.gov.pt/pt/para-onde-vao-os-seus-impostos.aspx

 

Aqui vai o resultado da minha simulação (fiz uma simulação para um rendimento anual bruto de €30.000):

 

 

 

 

Dos resultados obtidos, acho normal que maior parte dos impostos (34,97%) vão para a protecção social (afinal ainda vivemos num estado social), mas já não acho normal que o montante destinado à máquina do estado, serviços gerais da administração pública (15.36%), seja maior que o montante que vai para saúde (14,1%) e educação (13,55%). E no meio disto tudo fico com uma dúvida, quais serão os assuntos económicos a que se destinam 10,26% dos impostos.

 

Ricardo Vinagre

 

 

publicado por alcacovas às 21:57
| comentar
Sábado, 12 de Outubro de 2013

Noite de Fados - Miguel Grave - 9 de Novembro

 

Editado por António Costa da Silva

publicado por alcacovas às 13:39
| comentar

Um dia precisei disto…

 

 

Precisava de paz, de fugir de tudo nem que fosse por uns escassos minutos que iria durar a minha hora de almoço.

Precisava de olhar para as rosas que me fazem lembram as do quintal da minha avó e os meus tempos de menino, precisava de ver as folhas a cair e ficar em silêncio.

E encontrei o que precisava para aqueles minutos e ali fiquei de olhos bem abertos para ver tudo aquilo, mas com o pensamento muito longe dali.

 

Um abraço do Ricardo

publicado por alcacovas às 12:03
| comentar
Quinta-feira, 10 de Outubro de 2013

Sugestão: The National

Só para avisar que estes sonhores vão estar no dia 21 de Novembro em Lisboa.

 

Parece que ainda há bilhetes :)

 

 

 

Abraço do Ricardo Vinagre

publicado por alcacovas às 14:12
| comentar
Terça-feira, 8 de Outubro de 2013

Por vezes é necessário dizer coisas…

Andava há meses para escrever, mas tudo e mais alguma coisa me impedia de o fazer.

Apetecia-me escrever, não que tenha algo de novo para vos dizer, o país continua em crise e pelos vistos as medidas de austeridade são para manter, o que também se mantém é Portugal fora dos mercados, ao contrario daquilo que nos prometeram quando nos impingiram os choques de austeridade que iriam resolver todos os problemas e corrigir tantos e tantos erros resultantes do esbanjamento do passado, estão a ver porque dizia no inicio que não tinha muito para dizer! O país não voltou aos mercados, o deficit continua um “monstro” e o governo (forçado pelo tribunal constitucional) continua a tentar resolver o problema pelo mesmo lado de sempre, pelo lado da Receita, deixando o lado da Despesa inalterado, nada de grande foi feito para que a Despesa do estado seja verdadeiramente reduzida e era aqui que podia ser feita toda a diferença e sairmos desta crise muito mais fortes, mas parece-me que não, vamos continuar a ter o mesmo estado que consome tudo o que o pais produz e que mesmo esse tudo não chega e por isso gera deficit. Nada de novo até aqui! O que também não foi novidade foi a greve de hoje dos funcionários do metro de Lisboa, esses defensores dos pobres e oprimidos, que não aceitam perder regalias que poucos “trabalhadores ” têm e para defender toda esta insensatez, aparecem os sindicatos que continuam a defender o que não é defensável e teimam e ser parte do problema e não da solução. Enfim como vos disse não tinha nada de novo para vós dizer, apenas uma vontade enorme de escrever, não para que me leiam, porque sei que a qualidade do texto é muito duvidosa, mas porque quando escreve neste blog sinto que faço parte da minha terra mesmo estando longe.

 

Um abraço do

 

Ricardo Vinagre

publicado por alcacovas às 22:47
| comentar

Publicado por:

André Correia (AC); António Costa da Silva; Bruno Borges; Frederico Nunes de Carvalho; Luís Mendes; Ricardo Vinagre.

Posts recentes

***

“Alcáçovas Vila Global”

Inauguração da obra de Re...

Recordação do nosso Blog:...

Há 6 anos atrás começou a...

Vitória

Um brinde à Arte Chocalhe...

O Fabrico de Chocalhos já...

Mostra de Doçaria de Alcá...

Para onde vamos?

Arquivos

Outubro 2016

Agosto 2016

Fevereiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Blogs

Visitas a partir de 5/3/2006

De onde nos visitam?

outils webmaster
contador

Pesquisar neste blog