Terça-feira, 30 de Abril de 2013

Links a Instituições e Empresas de Alcáçovas

Foi criado, na barra lateral, um espaço com Ligações a Instituições e Empresas de Alcáçovas. Parece-me que estava a faltar no Blog das Alcáçovas.

 

Naturalmente muitas estarão em falta. Certamente que serão acrescentadas logo que chagadas ao nosso conhecimento. Estes Links são para as que, de alguma forma, têm espaços na internet.

 

António Costa da Silva

publicado por alcacovas às 16:21
| comentar

Leituras à Lareira - 3 Maio (sexta) - 21:30h em Alcáçovas

 

Editado por António Costa da Silva

publicado por alcacovas às 11:55
| comentar

Romaria do Espírito Santo e Festas em Honra de Nª Sra. Da Esperança

 

18 de Maio (Sábado) - Largo da Gamita
- Baile Com Edgar Baleizão (22h00)
- Banda Alkalina (01h00)

19 de Maio (Convento)
- Peregrinação (07h45)
- Repique dos Sinos (08h00)
- Procissão da Igreja Matriz até ao Rossio (08h30)
- Cortejo a Cavalo com a imagem de Nª Srª da Esperança (09h15)
- Eucaristia seguida de Procissão (11h30)
- Arraial Popular com:
- Edgar Baleizão
- Rancho Folclórico
- Terço na Igreja de Nª Srª da Esperança (18h00)
- Cortejo automóvel com a imagem de Nª Srª da Esperança (18h30)

 

Editado por António Costa da Silva

publicado por alcacovas às 11:50
| comentar
Segunda-feira, 29 de Abril de 2013

O SOL RUMOU ÀS ALCÁÇOVAS, MAS A AFICIÓN….

 

Não é a falta de uma praça de Touros que impede a realização de um espectáculo taurino, quando a vontade existe! A Associação Tauromáquica Alcaçovense deu mostras disso mesmo, promovendo um festival taurino numa desmontável e fomentando a beneficência em prol da Associação Terra Mãe, cujo âmbito passa entre outras metas pelo acolhimento de crianças e jovens.

Numa tarde soalheira de Abril assistimos a um espectáculo morno, para o qual muitos contribuíram voluntariosos.

Tomou a primazia Rui Salvador, o Cavaleiro natural de Lisboa rendido aos encantos de Tomar. Empenhado como o conhecemos, empregou toda a maestria numa lide em que recebeu um toiro mulato, bem hasteado mas a cair (o que de resto, foi transversal a praticamente todo o curro destinado a este festival!). Este exemplar da ganadaria Santiago, esteve inicialmente distraído e desde logo pouco interessado na montada, o que sujeitou o Cavaleiro a dedicados momentos de brega. Nos compridos, esteve bem a instigar à investida e a concretizar com o novilho a responder. Na série de curtos, o Cavaleiro da Quinta do Falcão mostrou que a sua natureza é tourear de frente e a pisar os terrenos deste novilho listão, cravou ferros dignos e de seriedade com especial destaque para o terceiro em que o cavalo entra num bonito quarteio, bem desenhado ao ritmo de quem dança, mesmo após ter sofrido um pequeno desiquilíbrio.

Seguiu-se Tito Semedo, um Cavaleiro pouco presente nas nossas praças, mas prestes a alcançar os 20 anos de alternativa, que deverá comemorar em Agosto do corrente.  Saiu-lhe em sorte um novilho de Jorge Mendes que haveria de ser recolhido. Acabaria por lidar em quinto lugar um exemplar ensabanado com mobilidade e com sentido, que começou por investir em tábuas, causando alguns arrepios. O Cavaleiro conimbricense, iniciou bem nos ferros compridos embora a cravar de largo, sem quarteios pronunciados. Na ferragem curta esteve mais arrojado, com sortes de aguentar e a cravar de alto a baixo. O novilho reservou-se, e ainda assim Tito viria a completar a sua lide cravando seis ferros curtos; dois sem brilho, um cravado por dentro e um último ao estribo com o novilho trazido a muito custo.  
Francisco Núncio, o neto do Mestre João Branco Núncio e fiel continuador de uma dinastia, estava em casa. Com o estilo e a postura que o caracterizam lidou o segundo novilho da tarde, um novilho que primou pela pelagem lustrosa apenas, fraco de apresentação e bisco, este Passanha não correspondeu. Francisco entrou com raça e tentou agarrar o público. Dos três compridos, salienta-se o terceiro, em que equilibrou todos os momentos da sorte e cedendo a vantagem da investida cravou com acerto. Recebe música ao segundo curto, e traz finalmente alguma alegria a esta tarde de toiros pouco exuberante. Numa briga constante para sacar um novilho a descair para tábuas, o Cavaleiro cravou ferros de boa nota rematados com entusiasmo.

Às portas de celebrar 25 anos de toureio e tendo atingido a bitola do 1000º Toiro lidado, a única Cavaleira desta vespertina Ana Batista, esteve confiante e a lide resultou positiva. Teve por diante  um novilho da ganadaria do Engº Jorge Carvalho, um negro mulato, corniabierto. A Cavaleira de Salvaterra pautou pela ponderação com que construiu as sortes, baseando a ferragem comprida na cravagem com decisão. Sem trocar de montada, Ana seguiu para os curtos em que bregou com dificuldade para fixar um novilho andarilho, citou de largo e em quarteios bem definidos cravou com boa nota, nomeadamente o segundo ferro. Curiosamente, recebe música ao terceiro ferro que terá sido o menos bem conseguido desta lide.

Esta tarde de toiros não haveria de se realizar sem um cheirinho de toureio apeado. Mário Alcalde  o jovem madrileno de 20 anos, veio até à carismática vila das Alcáçovas para mostrar o que aprendera na Escuela de Tauromaquia de Madrid e que tem vindo a pôr em prática desde 2006, ano em que iniciou as suas actuações em público. O jovem novilheiro teve por diante um novilho de Falé Filipe, um carbonero bem apresentado e a dar prenuncios de boa lide. Deu inicio à lide por curtos lances de capote; inicialmente à Verónica e depois meia Verónica.

O tércio de bandarilhas, foi executado pelo Cláudio Miguel a dois turnos e pelo Juca, embora a não surtir o efeito desejado com o toiro a esperar demasiado.

Chegada a hora da faena de muleta, Alcalde não desiludiu. Com o novilho a entrar bem na muleta e a humilhar a gosto, assistiu-se a bonitas séries iniciadas com derechazos, que foram naturalmente intervalados com bonitos naturales rematados com pases de petcho. O público reconheceu, a música suou, e Alcalde conseguiu desfrutar das boas condições de lide deste novilho, que lhe permitiu ainda terminar a faena com circulares e a ilusão da sorte de matar com a mão.

  

O pior da tarde estava destinado a Brito Paes. O Cavaleiro de bem montar, de subtileza e de compromisso a que nos vimos habituando, teve uma lide penosa perante um novilho mulato, fraco de trapio, manso e que pouco se empregou. Determinado, toureou cravando os compridos sem reprimendas. Sensível a todos os elementos da Festa, o Cavaleiro inicia a sequência de curtos brindando à banda. A brega exigente, e o cite fatigante permitiram a muito custo cravar com regularidade. Com o novilho a abandonar a luta, o Cavaleiro executa ainda uma sorte de violino, em terrenos do oponente e termina com um ferro de palmo para ânimo do publico.

A fechar as sortes a cavalo e o espectáculo, esteve o Cavaleiro praticante Manuel Vacas de Carvalho, com entrega e vontade de bem fazer. Sob o preceito do Mestre Luís Miguel da Veiga, o promissor Cavaleiro esteve ante um novilho Pégoras, mais um mulato e mais um a cair. Manuel esteve precipitado na ferragem comprida, a deixar ficar sem fixar a montada para iniciar as sortes. Mais ponderado, troca de montada e entra nos curtos mais assertivo para cravar seis ferros dos quais se destacam o terceiro e quarto, que terão merecido a música que deu brilho a esta lide sem grande emoção.

 

No que toca aos moços de Forcado, tiveram uma tarde branda.

Os de Lisboa abriram praça, e Manuel Guerreiro não poupou forças. Alegrando no momento que antecede a reunião, recebeu fechando-se à barbela, e à primeira tentativa executou com o grupo a concluir.

Também Eurico, citou e trazendo o novilho à voz concretizou sem dificuldade uma pega à barbela, com o  grupo a fechar-se bem.  

À cara do novilho Prudêncio foi João Mendes Pereira. O Forcado convencido a ficar citou, templou, carregou e  aguentou viajando sozinho até que os sete companheiros voltassem à formação para concluir.

No que respeita aos de ÉvoraJoão Direitinho pegou primeiro um novilho que quase não lhe deu tempo de citar, arrancou-se e procurou a investida com o Forcado a fechar-se bem de pernas e braços e a pará-lo à primeira.  

Francisco Oliveira, cita na ginga de cintura mantendo o novilho ligado e avisa, com resposta para reunir, pega à córnea protagonizando à segunda tentativa um dos momentos mais quente da tarde.

A fechar praça esteve Afonso Mata,  citou bem e mandou vir, o novilho raspou mas cedeu perante um Forcado que soube ler a investida e recebeu numa reunião à barbela.

Ana Paula Delgadinho

 

Visto em http://www.solesombra.net/

 

Editado por António Costa da Silva

publicado por alcacovas às 12:50
| comentar

Cinema para todos

Belas notícias que nos chegam neste dia de orgulho nacional.

O secretário de Estado da Cultura, Jorge Barreto Xavier, anunciou hoje no Parlamento, em Lisboa, que o programa Cinema Português em Movimento vai exibir filmes em 51 localidades do país com carência de oferta cinematográfica entre Junho e Setembro de 2013.

O programa foi anunciado na Assembleia da República, durante uma audição da Comissão Parlamentar de Educação, Ciência e Cultura. O secretário de Estado referiu que o programa é lançado numa altura em que o Instituto do Cinema e do Audiovisual (ICA) comemora 40 anos, e que apesar de não estarem previstas celebrações oficiais, será lançado um programa para “promover o cinema português junto das populações que vivem fora dos grandes centros urbanos, ou que habitam em regiões desfavorecidas de oferta cinematográfica”.

De acordo com a tutela, entre Junho e Setembro deste ano, o programa Cinema Português em Movimento vai decorrer em 51 localidades escolhidas entre os 95 concelhos “que entre 2004 e 2012 registaram menos de 500 espectadores não tendo tido nenhuma exibição comercial de filmes portugueses nos últimos nove anos”. Serão projectados apenas filmes portugueses apoiados pelo ICA e que estão fora do circuito comercial, e, segundo Barreto Xavier, serão as câmaras a escolher os filmes.


O ciclo começará pela aldeia de Monsanto. As outras localidades escolhidas são Alcáçovas, Alcoutim, Alfândega da Fé, Almeida, Almodôvar, Alpedrinha, Alte, Alter do Chão, Alvito, Amareleja, Arraiolos, Avis, Barrancos, Belmonte, Casa Branca, Castelo de Vide, Castelo Novo, Cernache de Bonjardim, Ciborro, Crato, Cuba, Évoramonte, Fornos de Algodres, Fronteira, Ladoeiro, Marialva, Marvão, Miranda do Douro, Mogadouro, Monchique, Monforte, Monsaraz, Mourão, Nisa, Penamacor, Penha Garcia, Portel, Proença-a-Nova, Rio de Moinhos, Santo Aleixo da Restauração, Sendim, Sortelha, Terena, Torre e Moncorvo, Trancoso, Viana do Alentejo, Vidigueira, Vila Verde de Ficalho e Vinhais.

 

Retirado do http://antestreia.blogspot.pt/

 

Editado por António Costa da Silva

publicado por alcacovas às 11:05
| comentar | ver comentários (1)
Domingo, 28 de Abril de 2013

Vamos caminhar!

Retirado do blog:

 "melhoralentejodomundo" que pode aceder na lista do nosso blog.

 

No próximo dia 05MAI13, as comadres da Associação de Pais da Escola de Alcáçovas vão organizar um passeio pedestre entre as 09H00 e as 12H30, nos arredores desta vila, na área do Monte do Seixo da Oliveira. Este Monte, autêntico Museu Rural em ruinas, está situado na antiga Canada Real e muito próximo existem ruinas de um enorme Forno de Carvão e também poderemos admirar a copa de uma das maiores Azinheiras da Peninsula Ibérica. Ponto de Encontro: Coreto de Alcáçovas 09H00. Um Guia Local da Associação Amigos das Alcáçovas acompanhará todo o passeio. Convém ter viatura própria para a deslocação até ao local do começo do passeio, na entrada da Herdade da Mata, a cerca de 3 Kms da vila de Alcáçovas.Trazer muita água, binóculos, máquina fotográfica e boa disposição...

 

AC

publicado por alcacovas às 18:34
| comentar | ver comentários (1)
Sexta-feira, 26 de Abril de 2013

A Romaria chega hoje a Alcáçovas!

  

  

    

Informação retirada da página de internet do Município de Viana do Alentejo e da página do Facebook do Município de Viana do Alentejo.

  

  

Publicado por B. Borges

publicado por alcacovas às 13:35
| comentar
Quinta-feira, 25 de Abril de 2013

Homenagem aos mortos na guerra do Ultramar

Hoje, de manhã, muitas pessoas dirigiram-se para o Bairro da Laje. Com a nossa Banda seguiam representantes da nossa Câmara e da nossa Freguesia, nomeadamente o Presidente e Vice Presidente da Câmara e a Presidente da Junta de Freguesia.

O Bairro da Laje tinha ainda as suas ruas, praça e travessas identificadas por letras. A partir de hoje os nomes substituíram as letras. O vazio encheu-se com as recordações de cinco jovens alcaçovenses, que morreram na guerra colonial.

Foi um momento triste, mas cheio de evocações e de respeito por quem deu a vida por uma terra longínqua, sem  sentido que não o respeito pela Pátria dos seus antepassados. Um guerra que não era nossa, que não queríamos e que só nos deixou mais pobres, quer em valores patrióticos, quer em valores morais.

Todas as guerras são "estúpidas", mas umas mais do que as outras. E os jovens que deram a sua vida deveriam estar hoje connosco. Foram agora honrados e recordados, mas é triste e penoso para os seus familiares e quase incompreensível para todos nós.

Honra aos mortos e aos seus familiares.

A homenagem foi singela, mas cheia de sentimento e a nossa presidente da Junta da Freguesia disse o que lhe estava no coração, falou com emoção e honrou os cinco homens que têm agora os seus nomes nos arruamentos do Bairro da Laje.

É justo.

AC

 

publicado por alcacovas às 12:05
| comentar | ver comentários (2)
Quarta-feira, 24 de Abril de 2013

Comemorações dos 39 anos do 25 de abril - Programa

  

     

Comemorações dos 39 anos do 25 de abril - Concelho de Viana do Alentejo - 19 a 25 de abril
    
       
19| sexta-feira| 21h00
Torneio de Futsal "Bairros do Concelho" - Fase Local

Aguiar, Alcáçovas, Viana do Alentejo
  
20| sábado

15h30
"Histórias do 25 de abril"
Teatro de Fantoches (Projeto TEIAS)
Cineteatro Vianense
16h00
Torneio de Futsal "Bairros do Concelho" - Fase Local
Aguiar, Alcáçovas, Viana do Alentejo
  
21| domingo
Caminhada de abril - Até ao Monte do Sobral
8h00 - Partida de Aguiar
9h15 - Partida de Alcáçovas
9h30 - Partida de Viana do Alentejo
  
  
23| terça-feira

18h30
Torneio de Futsal "Bairros do Concelho" - Fase Local
Aguiar, Alcáçovas, Viana do Alentejo
21h00
Leituras à Lareira "25 de abril, sempre!"

Biblioteca Municipal, Viana
     

  
24| quarta-feira
18h30
Torneio de Futsal"Bairros do Concelho" - Fase Local
Aguiar, Alcáçovas, Viana do Alentejo
21h00
Exibição do filme
"A Hora da Liberdade - O 25 de abril, pelos protagonistas" & Espetáculo Musical "Cantares d'Outrora"
Paço dos Henriques, Alcáçovas
(Org.: J. F. Alcáçovas)
22h00
Espetáculo Musical com Manuel Freire
Cineteatro Vianense

   

   
23h00
Baile com Jorge Nunes
Salão da Cooperativa, Aguiar
Churrasco oferecido pela J. F. Aguiar
24h00
Lançamento de Foguetes
Aguiar, Alcáçovas e Viana
  
  
25| quinta-feira
8h00
Arruada da Banda da Sociedade União Alcaçovense
Aguiar
9h00
Arruada da Banda da Sociedade União Alcaçovense 
Viana 
10h00
Corrida da Liberdade
Aguiar
(Org.: J. F. Aguiar)
  
Jogos de abril
Jardim do Rossio, Viana
  
10h30
Arruada da Banda da Sociedade União Alcaçovense
Alcáçovas

  
Peddy-Paper da Liberdade
Praça da República, Alcáçovas
(Org.: J. F. Alcáçovas, Ass. de Pais e Enc. de Educação de Alcáçovas e CMVA)
  
15h00
Sessão Protocolar das Comemorações do 39º Aniversário do 25 de abril 
Cineteatro Vianense
  
16h00
Jogos Aquáticos
Piscina Municipal, Alcáçovas
(Org.: J. F. Alcáçovas e Alcáçovas Atlético Clube)
  
18h00
Cante da Terra & Cante Vizinho
Grupo Coral "Velha Guarda" de Viana
Grupo Coral Feminino "Cantares de Alcáçovas"
Grupo Coral "Amigos do Cante" de Alvito
Jardim da Cooperativa, Aguiar
  
Cante da Terra
Grupo Coral Feminino "Paz e Unidade" de Alcáçovas
Grupo Coral "Os Trabalhadores" de Alcáçovas
Grupo Coral Feminino de Viana 
Grupo Coral e Etnográfico de Viana
Jardim Público, Alcáçovas
  
21h30
Espetáculo Multicultural "Seara Nova & Amigos" com Pedro Mestre
Cineteatro Vianense

  

    
Em caso de mau tempo, as atividades previstas para o exterior decorrerão noutros espaços.

   

  

Informação retirada da página de internet do Município de Viana do Alentejo e da página do Facebook do Município de Viana do Alentejo.

  

  

Publicado por B. Borges

publicado por alcacovas às 12:58
| comentar

swaps*

O PS pede explicações sobre os swaps que foram contratualizados para empresas públicas, quando o governo era socialista…

 

http://www.publico.pt/politica/noticia/oposicao-quer-explicacoes-do-ministro-vitor-gaspar-no-parlamento-1592155

 

O PSD e o CDS pedem uma comissão de inquérito aos swaps que foram assinados por alguns dos atuais secretários de estado…

 

http://www.publico.pt/economia/noticia/psd-e-cds-anunciam-comissao-de-inquerito-aos-contratos-swap-1592262

 

 

 

* Um swap é um produto financeiro complexo. Os swaps contratados pelas empresas públicas portuguesas (CP, Metro de Lisboa, Metro do Porto, Refer, etc….),são de taxa de juro, ou seja, foi fixada uma taxa de juro (euribor a uma determinada maturidade) e caso a euribor baixe do valor contratado a empresa perde, caso a taxa de juro esteja acima do valor contratado o banco perde (o banco ficou com a componente variável e as empresas com a componente fixa). Como os swaps foram contratualizados numa altura em que as taxas de juro estavam elevadas, Euribor a 6 meses na casa dos 3.5%, as fortes perdas, que estão a ser amplamente noticiadas, resultam do facto de a Euribor a 6 meses no dia de hoje estar a 0,320%.

 

 

Ricardo

 

publicado por alcacovas às 10:04
| comentar
Terça-feira, 23 de Abril de 2013

Adiado 1º Encontro de Motas e Motorizadas Antigas/Clássicas

 

A Organização informa que o 1º Encontro de Motas e Motorizadas Antigas/Clássicas foi adiado.

 

Brevemente será informada a nova data.

 

Editado por António Costa da Silva

publicado por alcacovas às 11:47
| comentar

É justo!

 

Editado por António Costa da Silva

publicado por alcacovas às 11:45
| comentar

Ilha Teresa - Richard Zimle



Sinopse

A vida de Teresa muda radicalmente quando os pais deixam Lisboa para irem viver em Nova Iorque. Não estando preparada para a vida na América, com dificuldade para se exprimir em inglês, Teresa encontra refúgio no seu particular sentido de humor e no único amigo, Angel, um rapaz brasileiro de 16 anos, bonito, mas desastrado, que adora John Lennon e a sua música. Mas o mundo de Teresa desmorona-se completamente quando o pai morre e a deixa, a ela e ao irmão mais novo, com uma mãe negligente e consumista. Os problemas de Teresa confluem para um clímax de desespero no dia 8 de Dezembro de 2009 - aniversário da morte de John Lennon - quando ela e Angel fazem uma peregrinação ao Memorial Strawberry Fields Forever em Central Park. Aí, um terrível acontecimento que nunca poderia ter previsto devolve-a à vida e ao amor.

 

Em "Ilha Teresa", Richard Zimler conta-nos num estilo inteligente, irreverente e com uma certa dose de humor negro a história de Teresa, uma rapariga de 15 anos, sensível e espirituosa, cujo equilíbrio e sentido de identidade se vêem ameaçados quando a sua família deixa Lisboa para ir viver nos subúrbios de Nova Iorque. Num registo um pouco diferente do habitual, mas igualmente brilhante, Richard Zimler continua a maravilhar-nos pela forma convincente como nos transporta para o admirável mundo das suas personagens.

 

 

Editado por António Costa da Silva

publicado por alcacovas às 11:44
| comentar

A Filha do Papa - Luís Miguel Rocha

 

Sinopse

Será o antissemitismo a verdadeira razão para o Papa Pio XII não ter sido beatificado?

Quando Niklas, um jovem padre, é raptado, ninguém imagina que esse acontecimento é apenas o início de uma grande conspiração que tem como objetivo acabar com um dos segredos mais bem guardados do Vaticano - a filha do Papa Pio XII.


Rafael, um agente da Santa Sé fiel à sua Igreja e à sua fé, tem como missão descobrir quem se esconde por detrás de todos os crimes que se sucedem e evitar a todo o custo que algo aconteça à filha do Papa.


Conseguirá Rafael ser uma vez mais bem-sucedido? Ou desta vez a Igreja Católica não será poupada?

 

Editado por António Costa da Silva

publicado por alcacovas às 11:39
| comentar | ver comentários (3)

Dia mundial do Livro

 

Ricardo

publicado por alcacovas às 10:44
| comentar
Segunda-feira, 22 de Abril de 2013

Ilustres Alcaçovenses (II)

Martinho da Pina

Foto Emílio

 

Martinho Bento, conhecido nos meios taurinos por "Martinho da Pina", por ter sido durante mais de trinta anos o braço-direito do ganadeiro D. João Passanha na Herdade da Pina, onde pasta a famosa ganadaria.

 

Homem de fino trato, foi ainda apoderado do cavaleiro Francisco Núncio e sócio de José André na ganadaria de Santiago (ex-Sousa Cintra).

 

(…)

 

Visto em http://farpasblogue.blogspot.pt/

Editado por António Costa da Silva

publicado por alcacovas às 16:26
| comentar

Ilustres Alcaçovenses (I)

CAVALEIRO JOSÉ DE BARAHONA NÚNCIO

 

 

José de Barahona Nuncio, Nasceu a 30 de Dezembro de 1933, em Lisboa, filho D. Maria Henriqueta Fragoso de Barahona Núncio e de João Branco Núncio. Passou a sua infância entre Alcácer do Sal e Alcáçovas onde desde pequeno acompanhou de perto e participou na vida de lavradores de seu pai e avós .
Manifestou desde sempre um enorme interesse pela arte de tourear tanto através de leituras, que fazia como a desenhar ou a esculpir motivos taurinos. toureou pela primeira vez em público, a pé , num festival  na Golegã em benefício do hospital local , em 1948. Inicía a sua carreira como cavaleiro amador  na praça de Alcácer, na Feira de Outubro de 1951, toureando um toiro ao intervalo. No ano de 1955 faz a sua apresentação no Campo Pequeno, no dia 27 de Maio.


As temporadas em que mais se distinguiu foram 1959 (ano em que se licenciou em Agronomia), 1960 e 1961 sendo o seu cavalo  “Marôto“, ferro Coimbra, responsável por muitos dos seus êxitos. alterna com cavaleiros profissionais e amadores da sua época :


José Lupi, José Cortes, Fernando Palha, Alfredo Conde, Luís Neto, Rebelo da Gama, Mestre Baptista, Júlio Borba , entre outros.


Toma a alternativa das mãos de seu pai a 16 de Agosto de 1962, no Campo Pequeno. Na 1ª Fase como profissional, os cavalos que maiores triunfos lhe proporcionaram foram o “Quo-vadis“, “Xelim“ e “Zamorim“ todos ferro BN. Esteve afastado das arenas nos anos de 1967, 1968, 1969 e 1970, altura em que é mobilizado e presta serviço no Ultramar como Capitão Miliciano.

 

Regressou aos toiros em Portugal e em Espanha na época de 1971 sendo a sua  quadra constituída  pelo “Boca Negra“, “Faraó“, “Filigrana“ e “Ferrôlho”, todos ferro de seu pai.  Toureou pela última vez em Santarém, na Feira da Piedade, a 10 de Outubro de 1971.

 

A 17 de Fevereiro de 1972, ao montar o “príncipe  Igôr”, na Propriedade de Vale de Lobos, sofre um acidente que o vai deixar imobilizado durante 34 anos.
Depois das vicissitudes da revolução de Abril e após a morte de seu pai, toma conta da ganadaria, onde empregou todo o seu conhecimento e imensa aficion, obtendo grandes êxitos nas décadas de 80 e 90, em praças de Espanha e França.


Morreu a 8 de Outubro de 2006, na sua casa, em Évora. Muito para além da sua faceta como toureiro, José Núncio deve ser recordado pela lição de vida que nos deixou, pela sua inabalável fé em Deus e pela sua alegria de viver. A sua paixão pela festa dos toiros  deixou-a imortalizada em muitos desenhos e pinturas e também algumas esculturas que mostram bem a veia de artista com que Deus o premiou.

 

(…)

 

Carlos Pegado   

Terra Brava  

Fotos:D.R.

Visto em http://diariotaurino.blogspot.pt/

Editado por António Costa da Silva

publicado por alcacovas às 16:25
| comentar

Romaria a Cavalo Moita - Viana do Alentejo

Inscrições abertas

É já entre os dias 24 e 28 de abril que se realiza mais uma edição da Romaria a Cavalo Moita - Viana do Alentejo, retomando-se desta forma uma antiga tradição, segundo a qual os lavradores da Moita se deslocavam ao Santuário de Nossa Senhora d’Aires, em Viana do Alentejo, para benzerem os seus animais. Este ano, a romaria terá um padrinho, o apresentador José Carlos Malato, que marcará presença na partida, no dia 24 de abril, na Moita.

Durante quatro dias, centenas de romeiros vão percorrer os cerca de 150 km que separam estes dois municípios, por caminhos de terra batida, pela antiga “Canada Real”. Apesar do carácter religioso na sua génese, nos dias de hoje, a Romaria assume uma vertente mais lúdica, de convívio entre os romeiros, que se deslocam de todo o país e do estrangeiro para participarem neste evento, já na sua 13ª edição.

 


Esta iniciativa é promovida por uma comissão organizadora, constituída pelas câmaras municipais da Moita e de Viana do Alentejo, Associação dos Romeiros da Tradição Moitense e Associação Equestre de Viana do Alentejo. A partida da Romaria está marcada para dia 24 de abril, às 9:30h, junto à Igreja de Nª Sra. da Boa Viagem, na Moita. Antes da partida, realiza-se a bênção da imagem de N.ª Sra.ª da Boa Viagem. As inscrições podem ser efetuadas no Pavilhão Municipal de Exposições, na Moita, ou através do telefone 210816910 ou do e-mail pav.mun.exposicoes@mail.cm-moita.pt.


Condicionamento de trânsito devido à romaria


Devido à partida da Romaria, o trânsito vai estar condicionado, no dia 24 de abril, a partir das 9:00h, no seguinte percurso, na freguesia da Moita: Avenida Marginal, Rua 5 de Outubro, Rua S. Sebastião, Largo das Flores, Rua Machado Santos, Praça da República, Rua Miguel Bombarda, Largo Conde Ferreira, Rua Liège, E.N. 379.2 e C.M. 533.1. O estacionamento também estará interdito no Largo da Igreja, Largo Capitão Mor, nas Ruas Machado Santos e Miguel Bombarda e Praça da República.

 

Visto em http://www.rostos.pt/

 

Editado por António Costa da Silva

publicado por alcacovas às 16:00
| comentar

Alcáçovas: As fotos de Fernando Clemente

Alcáçovas: As fotos de Fernando Clemente

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Visto em http://diariotaurino.blogspot.pt/

 

Editado por António Costa da Silva

 

publicado por alcacovas às 15:52
| comentar

Joalharia Sustentável para fugir ao desemprego

Plástico como matéria-prima

No restaurante dos pais, na aldeia de Aguiar, no concelho de Viana do Alentejo (Évora), Anabela recolhe as garrafas de plástico usadas, que molda e junta ao papel das revistas de arte e a uma pasta de enchimento para “transformar” em brincos, pulseiras ou colares.

 

Visto em http://noticias.sapo.pt/fotos/

 

Editado por António Costa da Silva

publicado por alcacovas às 15:37
| comentar

Publicado por:

André Correia (AC); António Costa da Silva; Bruno Borges; Frederico Nunes de Carvalho; Luís Mendes; Ricardo Vinagre.

Posts recentes

***

“Alcáçovas Vila Global”

Inauguração da obra de Re...

Recordação do nosso Blog:...

Há 6 anos atrás começou a...

Vitória

Um brinde à Arte Chocalhe...

O Fabrico de Chocalhos já...

Mostra de Doçaria de Alcá...

Para onde vamos?

Arquivos

Outubro 2016

Agosto 2016

Fevereiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Blogs

Visitas a partir de 5/3/2006

De onde nos visitam?

outils webmaster
contador

Pesquisar neste blog