Domingo, 30 de Outubro de 2011

Iniciados: Sport Club Alcaçovense – Estrela Vendas Novas (0-5)

 

Iniciados: Sport Club Alcaçovense – Estrela Vendas Novas (0-5)

 

IMG_1198

Foto SCA


Jogaram pelo SCA: Henrique Branco. Tiago Rocha, Duarte Guerreiro, André Silva, João Paulo Vidigal, José Mombé, João Figueiredo, Carlos Palma, Bruno Charrua, David Mendes e Henrique Campos.

 

Jogaram ainda: João Santos.

 

Treinadora: Lídia.

 

 IMG_0025

 

Mais um jogo bastante difícil para os Jovens atletas do SCA. Vai ser um primeiro ano de iniciados muito complexo. Com quase todos os atletas de primeiro ano e com compleição física bastante mais frágil que os adversários, vai ser um época pouco competitiva.

 

Primeira parte com domínio claro do Estrela de Vendas Novas. Ao intervalo ganhavam por 3 a 0.

 

Na segunda parte a nossa equipa reagiu um pouco, mais foi impotente perante a equipa forasteira.

 

IMG_0033

 

O jogo foi bem ganho pelo EVN.

 

Ainda assim, nota-se que o SCA está a melhorar bastante. Com os reforços do Torrão que estão aptos para a semana que vem, é provável que as coisas melhorem

 

António Costa da Silva

publicado por alcacovas às 13:02
| comentar
Sábado, 29 de Outubro de 2011

Também estou indignado!

Estou indignado com os milhares de pessoas que não foram para a rua protestar quando o nosso País caminhava de uma forma alucinante para o abismo. Sinto uma forte indignação perante aqueles que nada fizeram para mudar os acontecimentos, quando tinham informação privilegiada sobre a situação desastrosa em que o País se encontrava.

 

É com tristeza que vejo aqueles que não protestaram quando o País gastava muito mais do que as suas possibilidades, e agora vociferaram palavrões anquilosados de um novo descontentamento. Como dizia Bertold Brecht: não se importaram porque não eram atingidos por esses assuntos.

 

Fico admirado porque é que não se indignaram com as obras faraónicas, acompanhadas das respectivas dívidas, realizadas pela Parque Escolar. Também estranho porque é que esses novos indignados nada protestaram com as obras dos TGV´s e do novo aeroporto de Lisboa, sabendo que dificilmente tínhamos condições para as pagar. Maior é a estranheza quando vemos alguns desses indignados não mostraram a sua indignação pelos elevados compromissos de longo prazo, como são exemplo as obras das SCUT´s, o financiamento às empresas produtoras de energias renováveis e muitas outras Parcerias Público Privadas, entretanto inventadas para o efeito.

 

Fico claramente indignado por ao longo destes últimos anos ver as nossas empresas públicas (REFER, CP, Estradas de Portugal, EDIA, Parque Escolar, Transtejo, etc, etc) ficarem altamente endividadas e os seus gestores serem altamente remunerados, e ainda por cima, serem premiados pelo “brilhante” desempenho. Como é que não se indignaram com isso? Porque é que não se indignaram com as indemnizações chorudas destes gestores, quando os mesmos mudavam de empresa pública para empresa pública para ganhar novas indemnizações?

 

Porque é que não se indignaram quando os principais responsáveis sindicais recebiam chorudos montantes pelas suas participações semanais na televisão pública? Porque é que não se indignaram quando os nossos políticos, de todos os quadrantes ideológicos, receberam as mesmas chorudas verbas pela sua participação na televisão pública? Porque é que ninguém questionou?

 

Porque é que não mostraram a sua indignação quando um governo ganhou eleições portuguesas, baixando o IVA para 20% e aumentado os funcionários públicos, sem que tivesse condições para o fazer? Porque é que não se indignaram com os sucessivos buracos financeiros escondidos ao longo dos últimos anos?

 

Porque é que não se indignaram quando andámos de PEC em PEC a fingir que tudo estava bem? Porque é que não se indignaram quando o País recusou ajuda externa mais cedo, evitando juros elevados, sem que existam as condições adequadas para o pagar?

 

Como é que não se indignaram quando a dívida externa pública portuguesa aumentou em mais do dobro em apenas 6 anos?

 

É verdade, estou indignado porque nos criaram ao longo destes últimos anos uma situação extremamente difícil. Mais indignado fico, quando tentam esconder um passado recente, o qual deixou o País numa situação extremamente complexa, e que requer uma enorme coragem nas medidas que se têm que tomar.

 

Devemos mostrar a nossa indignação àqueles que foram os causadores de todo este pesadelo que temos que viver. Devemos mostrar a nossa indignação àqueles que fingem nada ter a ver com este assunto, mas que se mostram indignados com aqueles que querem corrigir os males por eles criados.

 

Acredito que as coisas vão ser difíceis, mas vão melhorar.

 

António Costa da Silva

 

Publicado no  

publicado por alcacovas às 13:12
| comentar | ver comentários (2)

Entrevista com Nuno Canelas, Treinador do Alcaçovense

200693_103339103082848_100002202756278_34512_68989

 

Futebol Distrital - Como surgiu o interesse pelo Futebol?

Nuno Canelas - Desde pequeno que sou apaixonado pelo futebol. O gosto pelo jogo e o prazer que me dava jogar, o clima que envolvia os jogos, aproximava-me do meu sonho de criança, que era ser jogador profissional um dia. Claro que era um sonho que eu e muitos miúdos da altura tínhamos. Perseguia esse sonho…

FD - Nuno, fala-nos um pouco sobre o teu percurso desportivo enquanto jogador e treinador?

            NC - Comecei nos iniciados do Alcaçovense, clube da minha terra, onde a formação não era a melhor. Até aos Juniores mantive-me por lá, com interregno de duas épocas por não haver equipa, actuando uma época no Torino Torranense em Juvenis uma época em Santo António nos Juniores. Ao chegar aos seniores, estive 11 anos no Alcaçovense onde acumulei várias funções, desde jogador, jogador-treinador, director e presidente. Nesta fase comecei os primeiros passos como treinador, substituía treinadores enquanto não chegavam outros e na formação, onde comecei (juntamente com o Pernas e Chico Mestre) um projecto interessante com mais condições do que na minha altura para os jovens da terra que hoje ainda dura, sem interregno, e que tem dado jogadores aos seniores. Nessa altura também comecei a trabalhar no Sporting Viana, chegando a acumular três equipas, Escolas SCA, Juvenis Sp. Viana e jogador dos Seniores do SCA na mesma época. Vivia 7 dias da semana para o futebol! Com 30 anos terminei um ciclo no Alcaçovense e vim para o rival Sp. Viana como jogador. Depois de uma época de grande fracasso pessoal, na seguinte, tive uma de glória culminando com o título de campeão distrital. Nessa fase em Viana, já treinava os juvenis do Viana. Aproveitando o título como jogador e depois da operação ao joelho, optei por dedicar-me apenas a treinador. Fiquei com a mesma equipa de Juvenis agora nos Juniores, um grupo fantástico que ainda hoje alguns me acompanham, e adjunto dos seniores com o Pinelas. A meio do campeonato com a saída do Pi, assumi a equipa e consegui manter no meio da tabela. Permaneci mais duas épocas em Viana com épocas regulares. Tendo em conta que encaro a vida de treinador como ciclos, optei por dar lugar a outros e procurar outras paragens. Foi aí que regressei ao Alcaçovense, onde estou há duas épocas.

FD - De que forma tens observado a evolução do Futebol no nosso distrito ao longo dos últimos anos?

            NC - A evolução tem sido muito satisfatória. Hoje qualquer jovem tem todas as condições para treinar, tem treinadores com conhecimentos e tem campeonatos competitivos. No meu tempo era uma bola e pouco mais. Essa evolução em muito se deve ao investimento de (algumas) câmaras municipais e clubes nos seus campos, proporcionando excelentes condições de aprendizagem e evolução no futebol, retirando-os dos maus vícios. Infelizmente no nosso concelho isso não existiu e estamos hoje a pagar isso caro, sendo obrigados a recrutar jogadores fora do concelho. Aqui valorizo o SCA e o Viana que não desistiram e tentam mesmo no pó e na lama, remar contra a maré…

 

 FD - O que se pode esperar do Alcaçovense para esta temporada, visto que tens um bom plantel e muitas caras novas?

            NC -  Depois de uma época má, percebemos o que nos fazia falta para fazer um bom campeonato. Foi por essa razão que recrutámos jogadores da nossa total confiança, onde privilegiámos aqueles com quem nós já tínhamos trabalhado. Todos os reforços foram mais-valias e seguramente temos um plantel mais forte e equilibrado. Quanto ao que podemos fazer esta época, podemos fazer uma época interessante, quem sabe até marcante. Para isso teremos que encarar jogo a jogo como uma final. Sabemos o que pretendemos e sentimos que a equipa está a crescer. Andar nos primeiros lugares é a nossa meta, para isso estamos a trabalhar afincadamente para o conseguir. O campeonato é equilibrado embora existam duas equipas que para mim são as grandes favoritas (Arraiolos e Arcos). Nós vamos intrometer-nos na luta, prometo…

FD - Tens projectos para o teu futuro?

            NC - Já trabalhei em todos os escalões como treinador, excepto iniciados. Neste momento estou no SCA e quero atingir os meus objectivos. Sou novo, ambicioso, mas com muita vontade de apreender. Obvio que gostaria de ter outras oportunidades e se elas surgirem, irei aproveita-las.

FD - O teu objectivo enquanto jovem Treinador é chegar a um grande do nosso Distrito ou sonhas mais alto?

            NC - O sonho comanda a vida!! Estive três anos na principal divisão do distrito e regressar seria uma honra. Se for num clube grande, ainda melhor. Não tenho pressa, o futebol é um mundo muito complexo onde, como em tudo na vida, é preciso sorte.

           

FD - Qual foi o momento que mais te marcou enquanto jogador?

            NC - Sem duvida a época no Viana em que fomos campeões. Uma verdadeira equipa, um grande grupo com um grande comandante à sua frente (Pinelas). Conseguimos sob pressão recuperar a desvantagem, vencemos os últimos jogos da 1ª fase onde éramos obrigados a isso e chegámos a fase final, não dando hipótese. O ambiente do balneário era de grande cumplicidade e foi essa a força necessária para conseguir os nossos objectivos.

FD - Com o aumento das dificuldades financeiras que os clubes atravessam achas que é importante a aposta nas escolas dos clubes?

            NC - Sem dúvida. A formação hoje tem um papel fundamental e os clubes terão que recorrer às suas escolas. Os clubes terão que olhar para dentro das suas estruturas, criar melhores condições e saberem aproveita-las.

 

 

FD - Já treinaste árias equipas, qual foi o jogador que mais te marcou?

            NC - Não é fácil… há tantos que me marcaram pela positiva, mas outros pela negativa. Lembro-me que quando comecei tinha um miúdo que com 7 anos jogava nos infantis do SCA. Na altura tinha já uma inteligência em campo que via-se que seria jogador. Hoje está nos Juniores do Belenenses (Pisco). No Viana tive o Salgado que é um ser humano que me marcou, um homem que passou por muitos clubes e que tem uma forma de estar no futebol, como muitos deviam ter. Destaco os miúdos que hoje se aproveitam da formação do Viana, que comigo trabalharam e ainda trabalham. Humildes e ambiciosos. Sou um treinador exigente e nem todos se adaptam ao meu estilo. Os que me compreendem e aceitam as regras tem tudo de mim e sairemos valorizados.

 

Agradeço ao Nuno pela disponibilidade e desejo-lhe muita sorte nesta nova época que tudo corra pelo melhor e que consiga atingir os seus objectivos.

 

Visto no http://distritaldefutebol.blogspot.com/

Editado por António Costa da Silva

publicado por alcacovas às 12:23
| comentar

Fim-de-Semana do SCA

Sem+t%C3%ADtulo

 

Sábado, 29 Outubro

 

Campeonato Distrital Benjamins Fut 7 - Serie C

SCA - Santo António....(10h30)

 

Torneio Preparação Juvenis - Grupo B

Lusitano Évora - SCA....(15h)

 

Domingo, 30 Outubro

 

Torneio Preparação Iniciados - Grupo B

SCA - Est. Vendas Novas....(10h30)

 

Campeonato Distrital de Séniores

Rosário - SCA....(15 horas)

 

Visto no http://alcacovense.blogspot.com/

Editado por António Costa da Silva

publicado por alcacovas às 12:22
| comentar
Sexta-feira, 28 de Outubro de 2011

Infovalor 2011- Feira da Poupança e Investimento

Numa altura em que a poupança deve ser a prioridade número um na vida dos portugueses recomendo a visita (gratuita) ao Infovalor 2011 - Feira da Poupança e Investimento.

Data e horário: 28 e 29 de Outubro

Local: Sala Tejo, Pavilhão Atlântico de Lisboa

 

Podem a fazer a inscrição aqui: http://www.infovalor.pt/

 

Ricardo Miguel Vinagre

publicado por alcacovas às 01:58
| comentar | ver comentários (2)
Quinta-feira, 27 de Outubro de 2011

Políticos e partidos

Os nossos políticos (e também os outros todos da UE) lutam pelo progresso do país?

Empenham-se realmente na procura de soluções para os nossos (enormes) problemas?

Todos atacam todos.

Todos juram defender-nos a todos.

Todos juram que só as suas propostas, a sua política, é que poderá salvar o país.

Todos juram que a ideologia dos seus partidos é a única válida, verdadeira, para salvar-nos da crise.

Todos juram que as suas propostas são decisivas, só elas são eficazes.

Todos juram que são fieis e empenhados em fazer o melhor pela pátria.

Todos juram que nada mais do que o interesse de todos os portugueses os motiva.

Todos juram que só lutam, defendem, pelo bem estar de todos os portugueses.

Ninguém (entre os políticos) tem outros interesses do que os comuns de todos os portugueses.

Nenhum político põe o interesse do seu partido e dos seus membros acima do interesse comum.

Temos que mudar alguma, muita, coisa.

O que nós precisamos é de menos "estadistas" e algo diferentes do que temos hoje. Os partidos que temos ou as ideologias que defendem têm grande responsabilidade pela situação a que chegámos.

Desde o 25 de Abril até hoje nada mudou na nossa polítíca, nem mudaram os nossos políticos.

Precisamos de ideias novas, precisamoes de dar "prioridade absoluta ao ser humano (Saramago)". Precisamos de melhor democracia participativa e menos da democracia representativa.

Precisamos de um Estado mais leve, mais empenhado nos interesses comuns, um Estado legislador, orientador, fiscalizador. Um Estado mais envolvido na gestão da Europa.

E precisamos de mais, muita, descentralização.

Precisamos de envolver todos os cidadãos nas suas freguesias, concelhos, distritos (ou regiões) e deixar de pensar que eles (o Estado) é que têm que fazer tudo.

Quando sentirmos a responsabilidade de participar, quando compreendermos que todos participamos no desenvolvimento (democracia) e  que não são os politicos, em Lisboa, que devem pensar, fazer, controlar tudo e todos, começaremos uma nova era de verdadeira democracia e de desenvolvimento.

AC

 

publicado por alcacovas às 12:28
| comentar | ver comentários (1)
Quarta-feira, 26 de Outubro de 2011

Mil milhóes ou bilião?

Alguns, ou muitos, de nós fazem confusão sobre como dizer os números.

Um artigo do Jornal de Negócios esclarece:

- Há diferenças entre os sistemas europeu e americano, o que ajuda à confusão.

.Vejamos.

1.000 é mil em Português e mil (thousand) para os americanos. Igual

1.000.000 um milhão para nós e milhão (million) para os americanos. Igual

1.000.000.000 (aqui começa a confusão) mil milhões para nós e bilião (billion) para os americanos. Portanto não devemos dizer bilião.

1.000.000.000.000 biliões para nós e trilião (trillion) para os americanos.  

1.000.000.000.000.000 mil biliões para nós e quadrilião (quadrillion) para os americanos.

AC

publicado por alcacovas às 12:14
| comentar
Terça-feira, 25 de Outubro de 2011

Rally Paper CCDCAM

1RallyPapperXX2

 

Editado por António Costa da Silva

publicado por alcacovas às 18:52
| comentar
Domingo, 23 de Outubro de 2011

Feira D'Aires 2011

 

    

Retirado da página do Youtube do Município de Viana do Alentejo

  

Publicado por B. Borges

publicado por alcacovas às 22:07
| comentar

Viana em Festa 2011

  

 

Publicado por B. Borges

publicado por alcacovas às 22:04
| comentar

SCA – Valenças (0-0).

 

O jogo do S. C. Alcaçovense frente ao F. C. Valenças não foi propriamente espectacular, mas valeu bem a pena presenciá-lo.

 

É possível afirmar com toda a segurança que o SCA dominou totalmente a equipa do Ciborro. A posse de bola foi maioritariamente do SCA e grande parte do jogo foi disputado no campo do Valenças. Ainda assim, não se pode dizer que existiram muitas oportunidades.

 

A primeira grande oportunidade foi do SCA, após um grande remate à trave. Aconteceu a meio da segunda parte.

 

Sentia-se nessa fase do jogo que era possível ao SCA realizar a sua primeira vitória em casa, no campeonato.

 

No entanto, as duas grandes perdidas pertenceram ao Valenças. No final da partida, um falhanço frente ao guarda-redes da nossa equipa e um livre que levou a bola aos dois postes.

 

Apesar do maior domínio do SCA, o empate foi o resultado mais justo.

 

Notas Finais:

1)      Arbitragem: O Árbitro foi muito hesitante nalguns lances, mas foi excelentemente auxiliado pelos juízes de linhas. Nunca comprometeram;

2)      Melhor Jogador em Campo: Guilherme (SCA).

3)      Nota positiva para os apoiantes do SCA. Apesar do tempo estar pouco simpático, participaram em grande número a apoiar a equipa.

 

1ª Divisão - 4ª Jornada (23/10)
Arcoense 5-1 Faz. Cortiço
C.C. Corval 2-3 Aldeense
Brotense 1-5 Arraiolense
Cabrela 1-2 São Manços
Luso Morense 4-1 S.B. Outeiro
Santana do Campo 1-3 Rosário
Alcaçovense 0-0 Valenças

 

Classificação:

1.º Arraiolense - 12 Pontos
2.º Cabrela - 9 Pontos
3.º Rosário - 9 Pontos
4.º Arcoense - 7 Pontos
5.º Alcaçovense – 6 Pontos
6.º Brotense - 6 Pontos
7.º C. C. Corval - 6 Pontos
8.º Aldeense - 6 Pontos
9.º Valenças - 5 Pontos
10.º Luso Morense - 5 Pontos
11.º São Manços - 4 Pontos
12.º Faz. do Cortiço - 3 Pontos
13.º Santana do Campo - 1 Ponto
14.º S. B. Outeiro - 0 Pontos

 

António Costa da Silva

publicado por alcacovas às 19:25
| comentar

Era só o que faltava…

s_dali_

 

Hoje li uns curiosos comentários num blog local sobre as minhas afirmações ao Jornal Correio da Manhã, acerca da indigitação para presidente da ARS Alentejo.

 

Ao contrário de alguns hipócritas, defendo que devem existir mudanças políticas quando as populações legitimam para tal. Daí, a minha estranheza quanto ao nome proposto para líder da ARS Alentejo.

 

Considero que, aqueles que levaram o país para a situação desastrosa a que chegámos devem ser obrigatoriamente mudados. Não se deve perder tempo com a incompetência. Também considero que o PSD (em coligação com o CDS) tem legitimidade para efectuar tais mudanças.

 

Não acontecendo tal situação, apenas espero lealdade para quem exerce funções em nome do governo de Portugal.

 

Curiosamente, são essas “aves raras”que, escondidos no anonimato da blogosfera, gostam de fazer tais afirmações. Nada a espantar!

 

Muitos deles, evocando os boys e os tachos existentes, gostam de mandar estas “bocas” que, só a eles os atraiçoa.

 

São estes habilidosos da política que se encostam ao poder para tirar benefícios pessoais. Críticos da era comunista, liderada por Estêvão Pereira, utilizam as mesmas práticas do poder. Existe uma grande diferença, os comunistas não disfarçam as suas pretensões: quando não querem opositores por perto, não lhes dão essa oportunidade. Os outros, para ganharem os votos, dizem aos eleitores que vão ser diferentes e fazem muito pior.

 

É claro! Como resultado, disfarçam-se contratações através das empresas das irmãs, com objecto social diferente do serviço que se pretende, trazendo de bónus reformados da administração, muito úteis para a gestão local.

 

O problema não é só as práticas, não de se fazer o contrário do que se disse em acto eleitoral.

 

Moral da história: se estas tristes histórias, e são muitas, trouxessem resultados para o desenvolvimento do nosso concelho, tínhamos que nos resignar. Mas como a coisa não passa da “cepa torta”, está na altura de nos indignar-mos.

 

Passaram dois anos do último acto eleitoral concelhio, encontramo-nos a meio do mandato, e continuamos a ser uma “ilha” de fracassos nesta imensidão alentejana.

 

Essa é uma conversa longa, mas que merece ser tida em consideração. Há muito que não falo sobre a vida política concelhia, sempre acreditei que era fundamental esperar.

 

Tudo a seu tempo…

 

O referido artigo http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/ultima-hora/alentejo-psd-nomeia-socialista-para-director-da-ars

 

António Costa da Silva

publicado por alcacovas às 16:08
| comentar
Sábado, 22 de Outubro de 2011

Exercícios neuróbicos

Veja abaixo alguns exercícios neuróbicos.
O importante não é acertar, mas estimular nossos neurônios e distanciar-nos daquele alemão indesejável (Alzheimer). Façam bom proveito!
 
untitled
Consegue ver 10 caras na árvore?

 

2a

Há um rosto nesta foto, consegue vê-lo? 

 

3a

Consegue ver o bebê?

 

4a

Consegue ver o casal a beijar-se?

 

5a

Consegue ver 3 mulheres?  

 

 

 6a

Conseguiu ver a diferença entre um cavalo e um sapo?

 

 

 

Olhe bem... 

 

Se conseguiu ver tudo??....!!!Você está em ótima forma... 

 

 

 

Visto na Internet

 

 

Editado por António Costa da Silva

 

 

 

 

 

 

 

 

 
 
publicado por alcacovas às 14:11
| comentar

Isto vai aos poucos...

humoral699w-1b69

 

Editado por António Costa da Silva

publicado por alcacovas às 13:49
| comentar
Sexta-feira, 21 de Outubro de 2011

Alcaçovense - Agenda de Fim-de-semana

agenda da semana

 

Retirado do Blog do SCA http://alcacovense.blogspot.com/

 

Editado por António Costa da Silva

publicado por alcacovas às 19:36
| comentar

Forcados de Lisboa: garraiada sábado em Alcáçovas

ALCAAO~1

 

Visto em http://farpasblogue.blogspot.com

 

Editado por António Costa da Silva

 

publicado por alcacovas às 19:33
| comentar

Tempos...

untitled

 

Editado por António Costa da Silva

publicado por alcacovas às 19:32
| comentar

Workshop para Empresários do Concelho - Hoje!

O Município de Viana do Alentejo promove hoje, dia 21 de Outubro, pelas 14h30, no Cine-teatro Vianense um workshop intitulado “Instrumentos de Apoio às Empresas/Empreendedores”.
A sessão visa informar e esclarecer os empresários e empreendedores sobre os instrumentos de apoio ao nível do investimento e do desenvolvimento do negócio. Para tal, apresenta um painel de oradores que agrega os vários sistemas de incentivo disponíveis, não só ao nível de apoios comunitários, como também ao nível do Concelho, ou seja, instrumentos criados pelo Município com o intuito de auxiliar e facilitar o acesso ao crédito por parte do tecido empresarial.
Outro dos objectivos da sessão é dar a conhecer o GADE – Gabinete de Apoio ao Desenvolvimento Económico e as suas funções e competências no âmbito do apoio ao tecido empresarial do Concelho.(contactos: 266 930 010 | e-mail: gadecon@cm-vianadoalentejo.pt)

   

Programa:

  

 

Informação retirada da página de internet da Câmara Municipal de Viana do Alentejo

       

Publicado por B. Borges

publicado por alcacovas às 08:24
| comentar
Quarta-feira, 19 de Outubro de 2011

Obras do Centro Escolar de Viana já em curso

   

"As obras do Centro Escolar de Viana do Alentejo arrancaram no passado dia 5 de Setembro. De acordo com o investimentoinicialmente previsto de 2.935.226,48€ (construção e apetrechamento com mobiliário e material didáctico), e tendo em conta que o valor da empreitada da construção civil foi substancialemnte reduzido, em função das propostas apresentadas, estima-se que o valor se situe próximo dos 2.200.000,00€.
O prokjecto é co-financiado pelo Feder através do INALENTEJO no âmbito da subvenção global contratualizada com a CIMAC – Comunidade Intermunicipal do Alentejo Central, que corresponde a uma taxa de 80% face ao investimento elegível de 1.899.701,74€, e deverá estar concluída dentro de um ano. Do montante total do investimento elegível, 1.519.761,39€ é co-financiado.
O projecto consiste na construção de um complexo que vai agrupar o ensino pré-escolar e o 1º ciclo do ensino básico de Viana do Alentejo, dentro do perímetro da EB 2/3 Dr. Isidoro de Sousa.
O futuro Centro Escolar que irá permitir melhorar as condições de aprendizagem das crianças da freguesia, irá receber cerca de 150 alunos, 30 do jardim-de-infância e 120 das escolas básicas do 1º ciclo distribuídos por dois edifícios – Escadinhas e S. João. É constituído por 8 salas de aula destinadas ao 1º ciclo e 3 para a educação pré-escolar. Estas salas vão ter espaços comuns como o refeitório, polivalente, biblioteca, instalações sanitárias e recepção. Vão ter, igualmente, espaços personalizados como gabinete médico/isolamento, sala de atendimento e complemento de apoio à família e ainda gabinetes de trabalho.
O Centro Escolar, de piso único, vai acolher também a Oficina da Criança, um serviço de apoio às actividades lectivas e de tempos livres que funciona sob a tutela da Autarquia."
  

 Imagem do Projecto

  

 

  

Imagens do início das obras

   

  

  

  

  

  

  

    
Texto e imagens retiradas da página de internet da Câmara Municipal de Viana do Alentejo

 

Publicado por B. Borges

publicado por alcacovas às 23:05
| comentar
Segunda-feira, 17 de Outubro de 2011

OE 2012

Documento integral da proposta do orçamento do Estado para 2012: http://www.dgo.pt/oe/2012/Proposta/index.htm

 

 

Resumo de algumas das medidas com maior impacto na vida dos portugueses: http://www.jornaldenegocios.pt/home.php?template=SHOWNEWS_V2&id=512689 

 

 

Ricardo Vinagre

publicado por alcacovas às 19:00
| comentar

Publicado por:

André Correia (AC); António Costa da Silva; Bruno Borges; Frederico Nunes de Carvalho; Luís Mendes; Ricardo Vinagre.

Posts recentes

***

“Alcáçovas Vila Global”

Inauguração da obra de Re...

Recordação do nosso Blog:...

Há 6 anos atrás começou a...

Vitória

Um brinde à Arte Chocalhe...

O Fabrico de Chocalhos já...

Mostra de Doçaria de Alcá...

Para onde vamos?

Arquivos

Outubro 2016

Agosto 2016

Fevereiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Blogs

Visitas a partir de 5/3/2006

De onde nos visitam?

outils webmaster
contador

Pesquisar neste blog