Sábado, 24 de Setembro de 2011

O compositor Duarte Lobo morreu há 365 anos

Duarte_Lobo

 

Duarte Lobo (?,c. 1565 - 24 de Setembro de 1646) foi um compositor português da época do Renascimento tardio e Barroco inicial. . Foi o mais famoso compositor português da sua época. Em conjunto com Filipe de Magalhães, Manuel Cardoso e o Rei D. João IV  é considerado um dos músicos da "época dourada" da polifonia portuguesa.

 

Sabe-se pouco da sua vida. Terá nascido em Alcáçovas ou em Lisboa,  e sabe-se que foi aluno de Manuel Mendes em Évora. O seu primeiro trabalho terá sido o de mestre de capela da catedral de Évora; em 1954 era mestre de capela em Lisboa. Ensinou música no Colégio do Claustro da Sé em Lisboa, onde se manteve pelo menos até 1639. Mais tarde dirigiu na capital a capela do Seminário de São Bartolomeu. Assinava as suas obras como Eduardus Lupus.

 

Embora cronologicamente a sua vida se sobreponha à época do Barroco, escreveu, tal como Manuel Cardoso, música essencialmente ao estilo e técnica contrapontística  da Renascença, como a da polifonia de Palestrina, tal como se poderia esperar por ter vivido numa zona isolada das inovações musicais de Itália e Alemanha. Publicou seis livros de música sacra, incluindo missas, responsórios, antífonas, magificats e motetes.

 

A sua música é altamente atractiva, com força expressiva, tirando partido das características rítmicas e harmónicas  do texto latino, em conformidade com as disposições do Concílio de Trento. Encontram-se dispersos por diversas cidades (Coimbra, Évora, Vila Viçosa, Valladolid, Sevilha, Munique, Londres e Viena) os exemplares de praticamente tudo o que da sua obra foi editado em Antuérpia (Plantin, 1602-1639) e em Lisboa (Craesbeck, 1607).

 

Visto em http://geopedrados.blogspot.com

 

Editado por António Costa da Silva

publicado por alcacovas às 11:36
| comentar

SCA - Cabrela (1ª Eliminatória Taça Distrito de Évora)

cartaz_jogo

 

Retirado do Blog do SCA

 

Editado por António Costa da Silva

publicado por alcacovas às 11:34
| comentar
Quarta-feira, 21 de Setembro de 2011

Faleceu o pintor Júlio Resende

"

#

 

 

 

 

 

 

 

 

  

 

Morreu esta quarta-feira, aos 93 anos, o pintor Júlio Resende. Nascido no Porto em 1917, Júlio Resende frequentou as Escolas de Belas-Artes do Porto e de Paris. Foi ilustrador e também professor. E, foi nessa condição que passou, em 1949, por Viana do Alentejo onde deu aulas na escola de artes e ofícios - escola de cerâmica.
  
Em 1993 voltaria a Viana do Alentejo para uma exposição individual. Ao longo da sua carreira recebeu vários prémios com destaque para o Prémio Nacional de Pintura da Academia de Belas-Artes e a Grã-Cruz da Ordem do Infante D. Henrique.

O Município de Viana do Alentejo lembra a figura e a obra do mestre Júlio Resende e está grato pela dedicação, carinho e disponibilidade que sempre demonstrou no contacto com as nossas gentes."

  

  

Retirado da página de Internet da Câmara Municipal de Viana do Alentejo

 

Publicado por B. Borges

publicado por alcacovas às 18:46
| comentar
Segunda-feira, 19 de Setembro de 2011

Viana em Festa 2011 - Programa Religioso

programareligioso20111

 

PROGRAMA RELIGIOSO

Sábado, 24 de Setembro

17h00| Terço no Santuário
19h00| Missa Vespertina na Igreja de S. Francisco (Irmãs)


Domingo, 25 de Setembro

10h00| Missa no Santuário
12h00| Missa no Santuário
16h30| Terço e Procissão no Santuário


Segunda-feira, 26 de Setembro

18h00| Missa no Santuário

 

Retirado do Site da CMVA

 

Editado por António Costa da Silva

publicado por alcacovas às 19:05
| comentar
Domingo, 18 de Setembro de 2011

Feira D'Aires 2011- 26 Setembro

cartazfeiraaires20111

 

Feira D’Aires 2011

23|Sexta-feira

21h00| Inauguração Oficial da Feira
 
22h00| Noite de Dança - Tenda da Gastronomia
- Classe de Dança da Associação Equestre de Viana do Alentejo
- Classe de Dança da Associação Cultural e Recreativa Alcaçovense
- Secção de Dança da Casa do Benfica em Viana do Alentejo
(Org: Junta de Freguesia de Viana do Alentejo)

23h00| Noite de Tunas - Tenda Gastronomia
- Tuna Académica do Liceu de Évora;
- Tuna da Escola Superior de Enfermagem S. João de Deus de Évora;
- Tuna Académica da Universidade de Évora;
- Tuna Moça – Tuna Feminina da Escola Superior Agrária de Beja

24|Sábado

11h00| Torneio de Futsal Feira D`Aires - Pavilhão Municipal
(Org: Sporting Clube de Viana do Alentejo)

19h00| Cante da Terra - Tenda da Gastronomia
- Grupo Coral e Etnográfico de Viana do Alentejo
- Grupo Coral “Velha Guarda” de Viana do Alentejo

22h00 - Concerto Quem é o Bob – Tributo a Bob Marley - Tenda dos Espectáculos

25|Domingo

15h00| Cante Vizinho - Tenda da Gastronomia-  
- Grupo “Cantares de Évora” - Coral Etnográfico  
   Cante da Terra
- Grupo Coral Feminino de Viana do Alentejo
 
16h00| Corrida de Touros
Cavaleiros: Luís Rouxinol, Vítor Ribeiro e Soler Garcia
Forcados: Grupos de Forcados Amadores de S. Manços e Moura
Touros da Ganadaria Condessa de Sobral
(Org: Associação Equestre)

17h30| II Festival de Folclore Feira D`Aires - Tenda da Gastronomia
- Grupo de Danças e Cantares Amigos do Minho (Amadora)
- Rancho Folclórico da Casa do Povo de Milfontes
- Rancho Folclórico "Flor do Alto Alentejo" (Évora)

22h00| Concerto Outr`Hora Carmim- Banda Vencedora do 1º concurso de Bandas Abana Viana  - Tenda da Gastronomia

26|Segunda

22h00| Concerto José Cid - Tenda dos Espectáculos

 

Retirado do Site da CMVA

 

Editado por António Costa

 

publicado por alcacovas às 19:32
| comentar

Viana em Festa 2011 - 16 - 22 Setembro

De 16 a 22 de Setembro Viana do Alentejo vai estar em Festa.
Caminhada, exposição, apresentação de livro, teatro e espectáculo de fado são alguns dos ingredientes da iniciativa "Viana em Festa".

 

cartazvianaemfesta1

 

Viana em Festa 2011

16 Setembro | Sexta

21h00| Caminhada Nocturna - Partida da Praça da República
(Org.: Centro de Saúde de Viana do Alentejo)


17 Setembro | Sábado

16h00| Inauguração da exposição “A Arte de José Manuel Água Morna” – Posto de Turismo
Patente até 16 de Outubro de 2011

21h30| Espectáculo Musical “Ibérica & Pedro Frias” - Castelo


18 Setembro | Domingo

09h00| Passeio de Cicloturismo da Casa do Benfica em Viana do Alentejo
- Partida: Pavilhão Municipal
(Org.: Casa do Benfica em Viana do Alentejo)

17h00| Músicas Populares Portuguesas:
- Grupo de Música Popular do Coro de
Prof. de Coimbra (Beiras)
- Grupo de Música Tradicional “Arco da Velha”
(Algarve)
- Grupo Coral e Instrumental “Campos do
Alentejo” (Alentejo)
- Cine-Teatro Vianense
(Org.: Junta de
Freguesia de Viana do Alentejo)
  

19 Setembro |Segunda

21h30| Quarteto de Cordas (Violinos, Viola d`Arco, Violoncelo) - Cine-Teatro Vianense (Projecto Teias - Rede Cultural do Alentejo)

20 Setembro |Terça
  
21h00| Apresentação do Livro “A Escola da
Vida” de Lurdes Pratas Nico
Leituras ao Luar
com Intervenções Musicais dos Grupos Corais de
Viana do Alentejo
- Praça da República
(Org: Universidade Sénior Túlio Espanca Pólo de Viana do Alentejo; BECRE do Agrupamento  de Escolas de Viana do Alentejo, Biblioteca Municipal e Colecção B e Oficina da Criança).

21 Setembro |Quarta

21h30| Peça de Teatro “Rua de Dentro” - Cine-Teatro Vianense
(Projecto Teias - Rede Cultural do Alentejo)

22 Setembro |Quinta

21h30| Espectáculo de Fados (João Ficalho, José Geadas, Paula Ficalho, Patrícia Leal) - Cine-Teatro Vianense
(Projecto Teias - Rede Cultural do Alentejo)

Nota: Em caso de mau tempo, as iniciatuvas previstas para o Castelo e Praça da República irão decorrer no Cine-teatro Vianense.


Retirado do Site da CMVA

 

Editado por António Costa da Silva

publicado por alcacovas às 19:30
| comentar

Canta Comigo FINAL (TVI) - Rute Belga - Um Grande Amor

 

Editado por António Costa da Silva

publicado por alcacovas às 19:20
| comentar
Sábado, 17 de Setembro de 2011

Canta Comigo - Vamos Apoiar a Rute Belga

 

Editado por António Costa da Silva

publicado por alcacovas às 17:45
| comentar | ver comentários (1)
Segunda-feira, 12 de Setembro de 2011

IIIº Passeio pelo Património - AAA

 

 

Espero que os alcaçovenses e demais amigos da AAA apreciem o programa e se sintam entusiasmados a participar nesta iniciativa.

 

Abraço,

 

Frederico Nunes de Carvalho

publicado por alcacovas às 00:17
| comentar
Domingo, 11 de Setembro de 2011

Jogo de apresentação do SCA

É dia de irmos ver o nosso SCA.

 

cartaz_jogo

 

Visto no http://alcacovense.blogspot.com/

 

Editado por António Costa da Silva

publicado por alcacovas às 13:51
| comentar

"A Arte de José Manuel Água Morna" - Exposição

Uma justa homenagem ao meu amigo José Manuel Água Morna. Um homem com quase 87 anos e que continua a fazer trabalhos de excelente qualidade.

 

expo_agua_morna1

 

Entre os dias 17 de Setembro e 16 de Outubro está patente no Posto de Turismo de Viana do Alentejo uma exposição de peças em madeira de José Manuel Água Morna. A exposição está marcada para as 16 horas

 

EXPOSIÇÃO "A ARTE DE JOSÉ MANUEL ÁGUA MORNA"

17 de Setembro a 16 de Outubro

Posto de Turismo de Viana do Alentejo


Inuaguração| 16 horas

 

Horário do Posto de Turismo
2ª a 6ª feira - 10h00 às 13h00 | 14h00 às 17h30
Sábado - 11h00 às 13h00 | 14h30 às 17h30
Encerra ao domingo

 

expo_agua_morna2

 

Visto no Site da CMVA

 

 

Editado por António Costa da Silva

publicado por alcacovas às 13:47
| comentar

11 de Setembro - 10 Anos

logo-big

 

Editado por António Costa da Silva

publicado por alcacovas às 13:46
| comentar
Sábado, 10 de Setembro de 2011

9 de Setembro de 1973 Última Reunião Capitães de Abril em Alcáçovas - Monte do Sobral - 38º Aniversário

Só para lembrar.

 

9 de Setembro de 1973
Nasce o MFA na primeira reunião plenária (clandestina) dos capitães, no Monte Sobral em Alcáçovas, com a presença de 95 Capitães, 39 Tenentes e 2 Alferes.

 

1973

 

Preparação do golpe

Em Fevereiro de 1974, Marcelo Caetano é forçado pela velha guarda do regime a destituir o general António de Spínola e os seus apoiantes. Tentava este, com ideias algo federalistas, modificar o curso da política colonial portuguesa, que se revelava demasiado dispendiosa.

 


Conhecidas as divisões existentes no seio da elite do regime, o MFA decide levar adiante um golpe de estado. O movimento nasce secretamente em 1973. Nele estão envolvidos certos oficiais do exército que já conspiravam, descontentes por motivos de carreira militar.

A primeira reunião clandestina de capitães foi realizada em Bissau, em 21 de Agosto de 1973. Uma nova reunião, em 9 de Setembro de 1973 no Monte Sobral (Alcáçovas) dá origem ao Movimento das Forças Armadas. No dia 5 de Março de 1974 é aprovado o primeiro documento do movimento: Os Militares, as Forças Armadas e a Nação. Este documento é posto a circular clandestinamente. No dia 14 de Março o governo demite os generais Spínola e Costa Gomes dos cargos de Vice-Chefe e Chefe de Estado-Maior General das Forças Armadas, alegadamente, por estes se terem recusado a participar numa cerimónia de apoio ao regime. No entanto, a verdadeira causa da expulsão dos dois Generais foi o facto do primeiro ter escrito, com a cobertura do segundo, um livro, Portugal e o Futuro, no qual, pela primeira vez uma alta patente advogava a necessidade de uma solução política para as revoltas separatistas nas colónias e não uma solução militar. No dia 24 de Março a última reunião clandestina decide o derrube do regime pela força.
 
Em http://25deabrilrevolucaodoscravos.blogspot.com/
 

Editado por António Costa da Silva

publicado por alcacovas às 13:06
| comentar

Esperança num futuro melhor.

Existe uma forte expectativa e uma grande esperança que o actual Governo consiga resolver a grave crise económica e financeira que atravessamos.

 

Efectivamente tem sido necessário recorrer a mais receita fiscal para resolver alguns dos problemas emergentes. Na verdade, algumas dificuldades têm surgido neste percurso inicial do Governo. Mas também é verdade que o Governo tem sido corajoso e competente para as resolver.

 

Têm sido questionadas as opções do Senhor Ministro de Estado e das Finanças por recorrer a mais receita fiscal para cumprir algumas das metas apresentadas no memorando. Um Governo que mal tomou posse, e tem que cumprir metas extremamente difíceis e rigorosas, pergunta-se se teria outro tipo de alternativa? Parece-me extremamente difícil.

 

Como é evidente, sabemos que o esforço terá que ir no sentido da redução das chamadas “gorduras” do estado. E é isso precisamente que o Governo pretende fazer. Para já, todas as soluções encontradas procuraram resolver problemas de curto prazo. Doutra forma, seria totalmente impossível cumprir as metas existentes. Recorrer ao imposto extraordinário e ao acréscimo de imposto sobre as famílias melhor remuneradas e empresas altamente lucrativas, pretende dar esse tipo de resposta. Um destes impostos tem aplicação apenas no final deste ano e o outro durante cerca de 2 anos. Por isso, o seu efeito extraordinário para um período muito especial.

 

O Governo sabe que os problemas estruturais só se resolvem com medidas de fundo. Por isso mesmo, está previsto até ao final do ano serem apresentadas medidas de redução dos custos desnecessários, assim como, uma forte aposta na reestruturação e reorganização do estado.

 

A extinção de serviços e instituições, a fusão de organismos diversos, são medidas que pretendem dar resposta a esse tipo de questões. Em Outubro o Governo vai apresentar um plano muito claro sobre estas matérias.

 

É também reconhecido que existem muitos outros custos que são verdadeiros desperdícios do estado. Muitos deles funcionam como inibidores ao desenvolvimento económico. Atacar por aí vai ser uma das grandes prioridades do Governo.

 

Sendo reconhecido por todos a situação crítica em que o país se encontra, são estranhas algumas das posições apresentadas pela oposição. Muito mais se estranha, quando essas críticas vêm do principal partido da oposição, grande responsável pela situação com que nos defrontamos.

 

E necessário tempo para se tomarem medidas de fundo, mas na realidade estamos a falar dum Governo que está em pleno das suas funções há pouco mais do que dois meses. Com as obrigações e metas existentes (sobretudo as de curtíssimo prazo) parece-me que muito já tem sido apresentado.

 

È fundamental haver tempo para implementar medidas estruturantes. Muito mais tempo é necessário para se tomarem medidas com impacto relevante na actividade económica. O Governo está a preparar convenientemente essas medidas.

 

Há que dar tempo ao tempo. Só depois se deve avaliar.

 

 

António Costa da Silva

 

Publicado no de 08-09-2011

publicado por alcacovas às 12:46
| comentar
Domingo, 4 de Setembro de 2011

532º Aniversário Tratado das Alcáçovas

Só para lembrar.

 

 

Pormenor do Paço dos Henriques

 

O Tratado das Alcáçovas, também denominado como , foi um diploma assinado entre o Rei Afonso V de Portugal e os Reis Católicos de Espanha, no desenvolvimento da Guerra da Beltraneja. Foi inicialmente assinado na vila portuguesa de Alcáçovas, no Alentejo, a 4 de Setembro de 1479, colocando fim à Guerra de sucessão de Castela e posteriormente ratificado na cidade castelhana de Toledo, a 6 de Março de 1480.

 

Portugal, na qualidade de principal Estado monárquico empenhado no reconhecimento de direitos sobre as ilhas atlânticas e a costa africana durante a década de 1470, viu-se enfrentado uma série de conflitos com o reino vizinho. Uma vez concluída, na Península Ibérica, uma guerra favorável a Castela, os representantes de ambos os Estados firmaram um acordo de paz.

 

 

 

Além de formalizar o fim das hostilidades, o Tratado continha outras cláusulas concernentes à política de projecção externa de ambos os países, num momento em que os dois reinos competiam pelo domínio do Oceano Atlântico e das terras até então descobertas na costa africana.

 

Portugal obtinha o reconhecimento do seu domínio sobre a ilha da Madeira, o Arquipélago dos Açores, o de Cabo Verde e a costa da Guiné, enquanto que Castela recebia as ilhas Canárias, exploradas por Diego Garcia de Herrera em 1476, renunciando a navegar ao Sul do cabo Bojador, ou seja, do Paralelo 27 no qual se encontravam as próprias ilhas. Este Tratado regulamentava também as áreas de influência e de expansão de ambas as coroas pelo Reino Oatácida de Fez, no Norte de África.

 

O Tratado foi o primeiro do género, que regulamentava a posse de terras ainda não descobertas, reflectindo os anseios de Portugal, interessado em garantir os direitos sobre a costa da Mina e o Golfo da Guiné, bem como uma possível passagem para a Índia, descoberta anos mais tarde.

 

Visto no http://www.diario-universal.com

 

Editado por António Costa da Silva

 

publicado por alcacovas às 19:28
| comentar | ver comentários (1)

Publicado por:

André Correia (AC); António Costa da Silva; Bruno Borges; Frederico Nunes de Carvalho; Luís Mendes; Ricardo Vinagre.

Posts recentes

***

“Alcáçovas Vila Global”

Inauguração da obra de Re...

Recordação do nosso Blog:...

Há 6 anos atrás começou a...

Vitória

Um brinde à Arte Chocalhe...

O Fabrico de Chocalhos já...

Mostra de Doçaria de Alcá...

Para onde vamos?

Arquivos

Outubro 2016

Agosto 2016

Fevereiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Blogs

Visitas a partir de 5/3/2006

De onde nos visitam?

outils webmaster
contador

Pesquisar neste blog