Domingo, 28 de Março de 2010

Guangzhou no CCCB Barcelona - ATOPIA

 

 

António Costa da Silva

publicado por alcacovas às 21:01
| comentar | ver comentários (2)

Carey Young no CCCB Barcelona - ATOPIA

 

 

António Costa da Silva

publicado por alcacovas às 20:46
| comentar

Oleg Dou - CCCB Barcelona - ATOPIA

 

 

António Costa da Silva

publicado por alcacovas às 20:40
| comentar

Nuno Cera (de Beja) na CCCB Barcelona - ATOPIA

 

 

António Costa da Silva

publicado por alcacovas às 20:37
| comentar

Infantis de Futsal – Derby Alcaçovense

SC Alcaçovense – AAC (7-1)

Equipa: Victor Hugo, João Ilhéu, Bruno Charrua, André Silva e Mário carvalho.

Também Jogaram: Zé Mbombé, João Silva e Edson Pereira.

Como era de esperar o SCA tomou a iniciativa do jogo. Para manter a liderança e a vantagem de 6 pontos perante o segundo classificado era fundamental ganhar este derby alcaçovense.

A superioridade era evidente e foi com alguma naturalidade que surgiu o primeiro golo, por Mário Carvalho.

A equipa criava várias oportunidades que nem sempre levavam o melhor caminho. Até que a meio da primeira parte surgiu o 2 a 0 por André Silva e a equipa tranquilizou-se mais.

Até ao intervalo ainda foi possível chegar a 4 a 0, com golos do Mário carvalho e do João silva.

Na segunda parte o SCA entrou com a mesma determinação. Apesar da entrada de alguns jogadores menos utilizados, a equipa conseguiu chegar facilmente ao 7 a 0. Marcaram Mário Carvalho, Zé Mbombé e Victor Hugo.

Já na recta final o João Paulo marcou o golo de honra do AAC.

Falta fazer 1 ponto ao SCA para se sagrar campeão distrital.

 

Nota Final: Gostei muito do desportivismo entre as duas equipas. Ajuda nas lesões, cumprimentaram-se enquanto amigos e colegas, no final o treinador do AAC desejou que o SCA venha a ser campeão. Nota 5.

 

António Costa da silva

publicado por alcacovas às 19:15
| comentar
Sábado, 27 de Março de 2010

Escolas - SCA - Monte Trigo

 

 

 

 

António Costa da Silva

publicado por alcacovas às 12:17
| comentar

Infantis Futebol 7 - SCA _ Juventude de Évora (3 -7)

 

Equipa: Henrique Branco, João Ilhéu, Bruno Charrua, Zé Mbombé, Victor Hugo, André Silva e Mário Carvalho.

 

Hoje a nossa equipa começou claramente em desvantagem: sem banco e com o lesionado André.

 

 

Apesar das contrariedades a nossa equipa tentou cumprir a missão que lhe estava destinada.

 

Ao intervalo perdia por 4 a 2. Os golos da nossa equipa tinham sido marcados por João Ilhéu e André Silva.

 

Começámos a segunda parte de uma forma muito positiva, o Victor Hugo enviou uma bola ao poste.

 

 

A partir do momento em que o Juventude marcou o quinto golo, a nossa equipa baixou completamente os braços.

 

Ainda houve a oportunidade do Mário Carvalho marcar o terceiro golo para o SCA.

 

Notas Finais:

a)      Melhores Jogadores: Victor Hugo e Henrique Campos;

b)      Equipa de Arbitragem: Fraquinha.

 

António Costa da Silva

publicado por alcacovas às 11:56
| comentar

Exposição de Fotografia - "I FÓRUM NACIONAL DE PESSOAS EM SITUAÇÃO DE POBREZA"

Até dia 5 de Abril está patente ao público, no Cine-teatro Vianense, uma exposição de fotografia intitulada "I Fórum Nacional de Pessoas em Situação de Pobreza".

 

 

Exposição de Fotografia

 
"I FÓRUM NACIONAL DE PESSOAS EM SITUAÇÃO DE POBREZA"


19 de Março a 5 de Abril

Cine-teatro Vianense (no acesso à sala de cinema)


NOTA: A exposição inclui as fotografias obtidas pelos participantes do Núcleo Distrital de Beja no I Fórum de Pessoas em Situação de Pobreza que se realizou em 2009, na Foz do Arelho.

 

Retirado do Site da CMVA

 

Editado por António Costa da Silva

publicado por alcacovas às 11:42
| comentar

Dia Mundial do Teatro em Viana do Alentejo

Peça “Frei Luís de Sousa” levada à cena em Viana do Alentejo

 

 

A peça "Frei Luís de Sousa" de Almeida Garrett vai ser exibida no Cine-teatro Vianense, dia 27, sábado, a partir das 21h30. A iniciativa resulta de uma parceria entre o Agrupamento de Escolas de Viana do Alentejo e o Município local.

 

No âmbito do Dia Mundial do Teatro que se assinala dia 27 de Março, o Grupo de Teatro – Casa dos Afectos, apresenta, no Cine-teatro Vianense, a peça “Frei Luís de Sousa”, de Almeida Garrett, encenada por João Nuno Esteves.


A partir das 21h30 vão entrar em cena Catarina Gouveia, Telma Saião, Telmo Ramalho, Rafael Dias Costa, Paulo Palma e Sérgio Narval para representar um clássico da literatura portuguesa que foi apresentado pela primeira vez em privado em 1843.


Considerado um drama romântico a peça tem adaptação, dramaturgia e encenação de João Nuno Esteves e produção de Daniela Carmo Simões. A concepção musical é de José Manuel Almeida, os figurinos e adereços de Ana Simões, a luz e som de José Manuel Almeida e Carlos Jorge Bernardes.
A iniciativa é promovida em parceria pelo Agrupamento de Escolas de Viana do Alentejo e pelo Município local.

 

Retirado do Site da CMVA

 

Editado por António Costa da Silva

publicado por alcacovas às 11:37
| comentar
Quinta-feira, 25 de Março de 2010

Uma Viagem em África

Barroco Tropical

 

 

De José Eduardo Águalusa

 

Sinopse

 

Uma mulher cai do céu durante uma tempestade tropical. As únicas testemunhas do acontecimento são Bartolomeu Falcato, escritor e cineasta, e a sua amante, Kianda, cantora com uma carreira internacional de grande sucesso. Bartolomeu esforça-se por desvendar o mistério enquanto ao seu redor tudo parece ruir. Depressa compreende que ele será a próxima vítima. Um traficante de armas em busca do poder total, um curandeiro ambicioso, um antigo terrorista das Brigadas Vermelhas, um ex-sapador cego, que esconde a ausência de rosto atrás de uma máscara do Rato Mickey, um jovem pintor autista, um anjo negro (ou a sua sombra) e dezenas de outros personagens cruzam-se com Bartolomeu, entre um crepúsculo e o seguinte, nas ruas de uma cidade em convulsão: Luanda, 2020.

 

Editado por António Costa da Silva

publicado por alcacovas às 21:05
| comentar

Uma Viagem no Médio Oriente

Fúria Divina

 

 

De José Rodrigues dos Santos

 

Sinopse

 

Uma mensagem secreta da Al-Qaeda faz soar as campainhas de alarme em Washington. Seduzido por uma bela operacional da CIA, o historiador e criptanalista português Tomás Noronha é confrontado em Veneza com uma estranha cifra: 6AYHAS1HA8RU.


Ahmed é um menino egípcio a quem o mullah Saad ensina na mesquita o carácter pacífico e indulgente do islão. Mas nas aulas da madrassa aparece um novo professor com um islão diferente, agressivo e intolerante. O mullah e o novo professor digladiam-se por Ahmed e o menino irá fazer uma escolha que nos transporta ao maior pesadelo do nosso tempo.


Baseando-se em informações verídicas, José Rodrigues dos Santos confirma-se nesta obra surpreendente como o mestre dos grandes temas contemporâneos. Mais do que um empolgante romance, Fúria Divina é um impressionante guia que nos orienta pelo labirinto do mundo e nos revela os tempos em que vivemos.



Este romance foi revisto por um dos primeiros operacionais da Al-Qaeda.

 

Editado por António Costa da Silva

publicado por alcacovas às 21:04
| comentar
Terça-feira, 23 de Março de 2010

Tertúlias "Escritas no Feminino"

  

 

Enviado para divulgação.

 

B. Borges

publicado por alcacovas às 21:32
| comentar

Atletas Alcaçovenses (Futsal Feminino) na Selecção da AFE

As atletas Sub/17 convocadas  para jogo de preparação da Selecção AFE com vista à sua participação no Inter-Associações são as seguintes;


JUVENTUDE SPORT CLUBE (4) RITA LATAS, ANA MENDONÇA, INES MARQUES, JESSICA ABRANTES;
ARRAIOLENSE (1) CATIA MARTINS
ALMANSOR (1) JOANA NABO
ESCOLA SEVERIM FARIA (1) MARIA RIBEIRO
ALCAÇOVENSE (2) ANA LEÃO, MARGARIDA GOMES

 
ESCOLA DR.ISIDRO DE SOUSA (1) MARGARIDA MURTEIRA
ALCAÇOVAS  (1)JESSICA PACHECO
ESCOLA SANTA CLARA (1) MADALENA SANTOS
BORBENSE (1) PATRICIA LAPÃO
ESCOLA PADRE BENTO PEREIRA (2)MARIA LILIU, JULIA CANHOTO
GRUPO UNIAO SPORT (1) CLAUDIA TECEDEIRO.


O jogo decorrerá em Coruche no sintético local.

O jogo vai ser realizado dia 27 de Março, sábado. A partida será do Terminal da Rodoviária pelas 9:00 na cidade de Évora.

 

Editado por António Costa da Silva

publicado por alcacovas às 19:41
| comentar | ver comentários (1)
Segunda-feira, 22 de Março de 2010

No Mundo de Gaudi

 

 

 

 

 

 

 

António Costa da silva

publicado por alcacovas às 23:19
| comentar

PEC – Um Risco Social

O principal tema desta semana é, sem dúvida alguma, a apresentação por parte do Governo do PEC (Programa de Estabilidade e Crescimento).

 

Parece-me mais do que evidente que a apresentação deste PEC, para ser minimamente credível aos “olhos” das instituições internacionais, teria que ser obrigatoriamente restritivo. É claro que a utilização da palavra “restrição” não agrada a ninguém. Perder algo que é sentido como que adquirido para sempre, é altamente desagradável.

 

Resta saber se as restrições propostas são ou não as mais adequadas.

 

Já há muito tempo que digo e escrevo que é impossível um País, através do Estado, das suas instituições públicas e financeiras, cidadãos e empresas viverem acima das suas possibilidades. Há muito tempo que se gasta aquilo que se não tem e também há muito que os portugueses desaprenderam a palavra “poupança”. Esta palavra saiu totalmente do nosso vocabulário diário.

 

Quanto à utilização de restrições a aplicar no PEC, sobretudo tendo em conta a conjuntura económica em que vivemos, penso que estamos conversados. Na prática, a existência de cortes seria inevitável. A diferença, é que agora já sabemos quais são esses cortes e quem atingem.

 

No entanto, o que me parece pouco correcto são as opções tomadas. Mais uma vez, os cortes e restrições impostas vão no sentido de castigar aqueles que já se encontram altamente penalizados. Mais uma vez é a classe média e os grupos mais frágeis quem vai pagar a factura.

 

Desde há alguns anos que estes grupos têm vindo a perder poder de compra e consequentemente qualidade de vida. Com as propostas apresentadas no PEC vão perder ainda mais. Na prática, a partir do próximo ano a carga fiscal vai aumentar por via da redução das deduções, das pensões e do congelamento dos ordenados da Função Pública. Moral da história, é mais uma vez a classe média quem vai suportar o esforço da recuperação das contas públicas.

 

Sinceramente, não me parece que esta seja a forma mais correcta de resolver o problema das contas públicas e do crescimento da economia portuguesa.

 

Pedir a quem já paga muito, nomeadamente àqueles que trabalham por conta doutrem e aos micro e pequenos empresários, para pagarem ainda mais, para além de ser altamente injusto, também me parece que pode ser claramente penalizador para a economia do nosso País.

 

Como é comummente aceite, para que haja crescimento da nossa economia, é fundamental que os micro, pequenos e médios empresários recuperem da situação em que se encontram e que a classe média (principais consumidores) se torne cada vez mais forte. O contrário é um erro muito grave. Se temos cada vez mais um tecido empresarial mais fragilizado e uma classe média mais debilitada, significa que a base da nossa dinâmica económica está a ser claramente enfraquecida. Por isso mesmo, não me parece viável que, baseado nesta lógica, o crescimento da nossa economia venha a acontecer a curto e médio prazo. Aliás, o Governo reconhece esta perda, com a argumentação de que o nosso crescimento vai ser concretizado à base das exportações.

 

Por isso mesmo, não me parece credível que a base de crescimento do nosso PIB (Produto Interno Bruto) seja feita através das exportações. Isso até seria óptimo, mas infelizmente não me parece que seja possível no curto e médio prazo. A razão é simples, os nossos principais mercados (Alemanha, França e Espanha) estão bastante aflitos, e naturalmente estão mais preocupados em recuperar a sua actividade económica, em vez de aumentarem as suas importações.

 

Então o que é que se deve fazer? Por uma lado diminuir muitos dos desperdícios realizados pelo Estado; Reduzir rendimentos exagerados, principalmente de altos responsáveis nas empresas públicas; Fiscalizar mais e melhor a fuga e evasão fiscal; Deixar de insistir em investimentos faraónicos e apostar nos investimentos de proximidade; Estimular o investimento produtivo, gerador de riqueza e de emprego; Apoiar as pequenas empresas; Concretizar uma verdadeira reforma da administração pública; Apostar na educação e profissionalização dos portugueses; Reforçar o investimento na diminuição da dependência energética; etc, etc.

 

Para terminar, parece-me que seria mais adequado tributar fortemente as empresas que continuam a beneficiar com a crise e sobretudo das suas posições dominantes de mercado. É imoral serem sempre os mesmos a pagar quando temos os seguintes exemplos:

a)    A EDP Renováveis terminou o ano de 2009 com um lucro de 114,3 milhões de euros;

b)    A EDP teve um lucro de 1.024 milhões de euros em 2009 (1.212 euros em 2008);

c)    A PT – Portugal Telecom apresentou um lucro de 684 milhões de euros em 2009, superando em 19% o ano de 2008;

d)    O BES teve um lucro de 522,1 milhões de euros em 2009, aumentando 29,8% em relação a 2008;

e)    O Millennium BCP teve um lucro de 225,2 milhões de euros em 2009, aumentando em 11,9% quando comparado com 2008;

f)      A BRISA teve um lucro de 161 milhões de euros em 2009, aumentando 6,4% face ao ano anterior;

g)    A Mota-Engil quase que triplicou os seus resultados em 2009, quando comparados com 2008;

 

Será que estas empresas não deveriam dar um contributo mais intenso para a resolução do problema em que o País se encontra? Mesmo que fosse uma situação meramente transitória?

 

Encontramo-nos numa fase de negociação do PEC, por isso mesmo, parece-me importante que impere o bom senso, que se apresentem boas propostas para se corrigirem estas situações. É importante que o PEC não nos indique apenas o caminho da redução do défice, mas sobretudo do crescimento económico. Só assim, é que se pode perspectivar uma diminuição do desemprego e melhorar a qualidade de vida de todos os portugueses.

 

António Costa da Silva

 

Publicado no 

publicado por alcacovas às 20:30
| comentar
Domingo, 21 de Março de 2010

Infantis Futsal: Soujovem – SCA (2-5)

 

Equipa: Victor Hugo, João Ilhéu, Bruno Charrua, André Silva e Mário Carvalho.
Também Jogaram: Zé Mbombé e João Silva
Este foi um jogo impróprio para cardíacos. Sabíamos que este jogo com o nosso potencial adversário para a final da Taça de Futsal, seria extremamente difícil.
No início da partida a equipa de Sousel comandou totalmente as operações. O jovem João Paulo (nº7) de Sousel dava as voltas à cabeça dos nossos defesas.
Foi sem surpresa que marcaram rapidamente 2 golos. Até podiam ter acontecido mais golos.
O treinador, Manuel Guerreiro, apercebendo-se da táctica da equipa adversária, pediu um desconto de tempo, para alterar a estratégia da nossa equipa.
A partir daquele momento tudo foi diferente. A equipa de Sousel deixou de criar oportunidades e a nossa equipa começou a melhorar.
Na primeira parte a nossa equipa perdia por 2 a 0. Não estava fácil.
No segundo tempo, tivemos um SCA altamente ofensivo. Ainda assim, a nossa equipa jogava bem mas não marcava.
Jogado metade do tempo da segunda parte e o resultado permanecia inalterado. O SCA criava muitas oportunidades mas não concretizava.
Depois houve um momento de viragem do desafio. Uma bela jogada, com muitas triangulações, acabou por dar o nosso primeiro golo, marcado por André Silva.
Praticamente de seguida, nova jogada muito bonita, e André Silva empata a partida.
Neste momento, a nossa equipa estava imparável e a equipa da casa completamente desorientada. Foi nessa fase que virámos o jogo com um 2 a 3 novamente por André Silva.
Seguidamente, sem deixar “respirar” o Sousel, a nossa equipa marca por Mário Carvalho. A equipa e adeptos que se deslocaram a Sousel iam ao rubro.
Ainda houve oportunidade de marcar o 2 a 5, novamente por Mário Carvalho.
Um jogo espectacular.
Faltam 3 jogos e a nossa equipa leva 6 pontos de avanço ao segundo classificado.
Notas:
a)      Melhor Jogador em Campo: André Silva;
b)      Melhor jogador do Soujovem: João Paulo (nº7);
c)       Arbitragem: Nota positiva.
Seguiu-se o Almoço de Aniversário do João Miguel Ilhéu.
Parabéns pelo 12º Aniversário.
António Costa da Silva
publicado por alcacovas às 18:29
| comentar

S. C. Alcaçovense – S.B. Outeiro (3-0)

 

 

Este foi o último jogo da época e o SCA ganhou com toda a justiça.
Daquilo que vi não se pode dizer que foi um jogo brilhante, mas foram cumpridos os “mínimos olímpicos” para presentear os adeptos com um bom resultado.
O primeiro golo surgiu da marcação de um livre directo que, depois de muita confusão na área, acabou por ser marcado por Nelson Ribeiro. Um golo um bocadinho esquisito.
Depois, o jogo entrou numa fase de muitas bolas perdidas e chutos para o ar.
Faltavam cerca de 10 minutos para acabar o jogo quando entrou o Salsinha. Foi este jovem atleta quem marcou um golo espectacular. Um bom corte à frente da área do SCA por Mochila, passou a bola a um colega da equipa que desmarcou muito bem o Salsinha. Este ainda bem distante da área desfeiteou um grande remate que foi embater na barra, ressaltando no guarda-redes do Outeiro, dando assim o segundo golo à nossa equipa.
Já no final da partida, aquando o outeiro tentava fazer o golo de honra, o Mochila recebeu a bola e acabou por fazer uma super jogada, acabando o terceiro golo por ser marcada pelo ponta de lança do SCA.
Acabar a época com uma vitória é sempre positivo.
Agora está na hora do SCA preparar a próxima época e desejar que para o ano as coisas corram melhor.
SERIE A

Fazendas do Cortiço - Canaviais
Alcaçovense 3 – Outeiro 0
Valenças 2 - Desp. Cabrela 1
Luso Morense 2 - Santana do Campo 2
Folga: Brotense

1º - Luso Morense - 38
2º - Brotense - 32
3º - Valenças - 31
4º - Canaviais - 29
5º - Santana do Campo - 23
6º - Fazendas do Cortiço - 21
7º - Alcaçovense - 16
8º - Outeiro - 8
9º - Cabrela – 7
 
António Costa da Silva
publicado por alcacovas às 18:05
| comentar | ver comentários (1)
Sábado, 20 de Março de 2010

Limpar Portugal, a nossa participação nas Alcáçovas

Antecipando o dia da àrvore (21 de Março) foi hoje, ao fim da tarde, plantada uma Tipuana, árvore de origem latino-americana, que pode atingir até 20 metros de altura e que tem flores amarelas bonitas.

Este acto simbólico encerrou uma jornada pela defesa da beleza das matas que rodeiam a Vila. Durante a manhã e parte da tarde um grupo de mais de 40 pessoas andou pelos arredores da nossa Vila a recolher lixos diversos deitados nas nossas matas por pessoas (vândalos) que sujam e mancham a beleza da nossa terra.

Mas a luta tem que continuar e hoje teve dois momentos de grande significado:

- limpar e

- embelezar.

Fotos, tristes, dos lixos despejados nas matas e campos dos arredores da nossa Vila aparecem noutros posts.

Para esquecer, por momento a porcaria que vimos durante o dia deixo-vos 3 fotos da Tipuana que deve ser uma bonita árvore.

 

 

TIPUANA TIPU

 

 

 

 

 

 

 

AC

 

 

 

 

 

publicado por alcacovas às 22:26
| comentar

Alcáçovas 11:00h

 

António Costa da Silva

publicado por alcacovas às 16:30
| comentar

Limpar Portugal (em Alcáçovas).

 

É dia de Limpar.
É dia de limpar o que os outros sujam.
É dia de cidadania activa em Alcáçovas,
Para limpar o que alguém egoisticamente sujou.
É dia de boa iniciativa.
Carradas de lixo foram tiradas das azinhagas Alcaçovenses.
Há que repetir.
 
António Costa da Silva
publicado por alcacovas às 16:20
| comentar

Publicado por:

André Correia (AC); António Costa da Silva; Bruno Borges; Frederico Nunes de Carvalho; Luís Mendes; Ricardo Vinagre.

Posts recentes

***

“Alcáçovas Vila Global”

Inauguração da obra de Re...

Recordação do nosso Blog:...

Há 6 anos atrás começou a...

Vitória

Um brinde à Arte Chocalhe...

O Fabrico de Chocalhos já...

Mostra de Doçaria de Alcá...

Para onde vamos?

Arquivos

Outubro 2016

Agosto 2016

Fevereiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Blogs

Visitas a partir de 5/3/2006

De onde nos visitam?

outils webmaster
contador

Pesquisar neste blog