Segunda-feira, 31 de Dezembro de 2007

DESEJO UM BOM 2008

 

 

 

Editado por António Costa da Silva

publicado por alcacovas às 18:33
| comentar | ver comentários (1)
Domingo, 30 de Dezembro de 2007

Erro ou Provocação?

O "respeitável" jornal Financial Times publicou no passado dia 13 (de Outubro) um artigo sobre Imobiliário no Algarve. Ao que parece, em vez de dissuadir os estrangeiros, o caso Maddie chama agora mais gente à região (e até à Praia da Luz) do que antes. Até aqui, tudo bem. Fica contente quem tem casas para alugar ou vender por ali. O problema é que, para ilustrar o artigo, surgia a imagem que se vê aqui em baixo. Algarve é Algarve e o resto... é Espanha! E atenção! A imagem não aparecia uma, mas sim duas vezes, repetida, com o mesmo "erro". O texto era, inclusivamente, assinado por um correspondente do jornal. Ou seja, alguém que conhece (ou devia conhecer) Portugal (que, segundo as minhas últimas contas, não começa e acaba no Algarve). Por este mapa, eu - que estou a escrever este post em Lisboa, por exemplo - teria de terminar o texto com "Buenos Dias! Hasta la mañana!". E não me apetece.

Retirado do Blog O Vizinho

.

Editado por António Costa da Silva

publicado por alcacovas às 13:06
| comentar | ver comentários (3)
Sábado, 29 de Dezembro de 2007

ELEIÇÕES NA ASSOCIAÇÃO TERRA MÃE

 

Hoje foram realizadas eleições na Associação Terra Mãe.

 

Uma nova equipa, liderada pelo João Luís Baptista Penetra, vai tomar conta dos destinos desta associação.

 

Desejo à nova equipa os maiores sucessos para o desenvolvimento desta instituição, tão importante para a Vila das Alcáçovas.

 

António Costa da Silva

publicado por alcacovas às 19:15
| comentar | ver comentários (1)

Quartos de Final da Taça Distrito de Évora

Sorteio referente aos quartos de final da Taça Distrito de Évora

Jogos a realizar no dia 10 de Fevereiro de 2008:

Torre Coelheiros – Atl. Reguengos

Santo António - Alandroalense

Alcaçovense - Oriolenses

São Manços ou Azarujense - Luso Morense
Editado por António Costa da Silva
publicado por alcacovas às 12:51
| comentar
Sexta-feira, 28 de Dezembro de 2007

Perdoai-os senhor, eles não sabem o que fazem.

*«Compras através do Multibanco atingiram 2200 milhões de euros em Dezembro».
*«Até dia 25 os portugueses fizeram 28,6 milhões de levantamentos no Multibanco».
*«Envio de SMS no Natal bate novo recorde, com quase mil milhões de mensagens trocadas »
*«Desde o início de Dezembro foram realizados, através do Multibanco, 6,8 milhões de euros em carregamentos de telemóveis
Retirado do Blog Hoje Há Conquilhas, Amamhã Não Sabemos
Editado por António Costa da Silva
publicado por alcacovas às 19:21
| comentar

Sodade

 

 

Quem mostra' bo
Ess caminho longe?
Quem mostra' bo
Ess caminho longe?
Ess caminho
Pa São Tomé
Sodade sodade
Sodade
Dess nha terra Sao Nicolau
Si bô 'screvê' me
'M ta 'screvê be
Si bô 'squecê me
'M ta 'squecê be
Até dia
Qui bô voltà
Sodade sodade
Sodade
Dess nha terra Sao Nicolau
 Sodade" - Cesária Évora
Editado por António Costa da Silva
publicado por alcacovas às 17:28
| comentar

Natividade

10127a.jpg

 

Retirado do Anterozóide

 

http://antero.wordpress.com/

 

Editado por António Costa da Silva

publicado por alcacovas às 17:19
| comentar

Feliz 2008

Gostaria de desejar um Feliz Ano de 2008 a todos os leitores e companheiros do “Alcáçovas”.
Que 2008 seja um ano repleto de grandes conquistas, de realizações pessoais e profissionais mas acima de tudo que seja um ano com muita saúde.
 
Um Abraço/Beijo
 
rmgv
publicado por alcacovas às 15:39
| comentar
Quinta-feira, 27 de Dezembro de 2007

Capitães de Abril - Documentos Históricos

Reunião de Évora.
Em Monte Sobral, Alcáçovas, numa herdade, 136 capitães assinam um documento dirigido ao Presidente do Conselho, com conhecimento ao Presidente da República, para posteriormente ser posto a circular para recolha de assinaturas.

 

Ao clicar nas imagens pode ler e ouvir como tudo aconteceu

 

   

Oficiais que assinaram o documento

 

Opinião - Reunião de Évora

 

Reunião de Évora

 

Retirado do site http://www.25abril.org/

 

Editado por António Costa da Silva

 

publicado por alcacovas às 20:30
| comentar

O nosso cérebro é doido !!!

      De aorcdo com uma peqsiusa

      de uma uinrvesriddae ignlsea,

      não ipomtra em qaul odrem as

      Lteras de uma plravaa etãso,

      a úncia csioa iprotmatne é que

      a piremria e útmlia Lteras etejasm

      no lgaur crteo. O rseto pdoe ser

      uma bçguana ttaol, que vcoê

      anida pdoe ler sem pobrlmea.

      Itso é poqrue nós não lmeos

      cdaa Ltera isladoa, mas a plravaa

      cmoo um tdoo.

     

Fixe seus olhos no texto abaixo e deixe que a sua  mente leia correctamente o que está escrito.

35T3 P3QU3N0 T3XTO 53RV3 4P3N45 P4R4 M05TR4R COMO NO554 C4B3Ç4 CONS3GU3 F4Z3R CO1545 1MPR3551ON4ANT35! R3P4R3 N155O! NO COM3ÇO 35T4V4 M310 COMPL1C4DO, M45 N3ST4 L1NH4 SU4 M3NT3 V41 D3C1FR4NDO O CÓD1GO QU453 4UTOM4T1C4M3NT3, S3M PR3C1S4R P3N54R MU1TO, C3RTO? POD3 F1C4R B3M ORGULHO5O D155O! SU4 C4P4C1D4D3 M3R3C3! P4R4BÉN5!

Enviado para o meu mail

Editado por António Costa da Silva

publicado por alcacovas às 19:35
| comentar

MAIS UM ANO QUE PASSOU…

Sempre que passa mais um ano temos a sensação que o tempo anda cada vez mais rápido. Provavelmente é verdade. Talvez exista uma proporcionalidade directa entre o aumento da idade e a velocidade do tempo

 

Quando era mais novo, sobretudo antes de fazer os 18 anos, parecia que o tempo não andava. Ansiava obter a maioridade, ter carta de condução, ir para a universidade, sair de casa, entre outras coisas aliciantes naquela idade. Ás vezes, o tempo permanecia praticamente parado, demorava a chegar o dia em que iria satisfazer qualquer ansiedade ou objectivo.

 

Com o aumento da idade vamos tendo a noção de que tudo é mais breve e mais efémero. Por vezes chega a ser desconcertante quando estamos a falar de determinadas datas e acontecimentos, as coisas que aconteceram há muito tempo parece que foram ontem.

 

Enfim, parece que foi ontem o início do ano que está a acabar.

 

Apesar destas lamúrias, espero que 2008 seja um excelente ano para todos.

 

António Costa da Silva

publicado por alcacovas às 19:13
| comentar

ASSASSINARAM BENAZIR BHUTTO

Benazir Bhutto disse há dois meses que "já não tinha idade para se deixar intimidar pelos bombistas suicidas.

 

Benazir Bhutto, em urdu بینظیر بھٹو, (Karachi, 21 de junho de 1953 - Rawalpindi, 27 de dezembro de 2007) foi uma política paquistanesa, duas vezes primeira-ministra de seu país, tornando-se a primeira mulher a ocupar um cargo de chefe de governo de um estado muçulmano moderno

 

Biografia

Benazir Bhutto foi educada em Harvard e em Oxford, no Reino Unido, onde estudou Ciências Políticas e Filosofia. Filha do primeiro-ministro Zulfikar Ali Bhutto (1971-1977), ela voltou ao Paquistão em 1977, quando o general Muhammad Zia Ul-Haq aplicou um golpe de estado e depôs seu pai, executado em 1979. Bhutto assumiu, ao lado da mãe, a liderança do Partido Popular do Paquistão

 

Exílio

Benazir Bhutto foi presa e, depois de libertada em 1984, foi para o exílio no Reino Unido, onde permaneceu até o fim da lei marcial no Paquistão e a legalização dos partidos políticos, ocorridos em 1986. Em 10 de abril desse ano, Benazir retornou do exílio em Londres para liderar o PPP.

Em 1 de dezembro de 1988, o partido de Bhutto venceu as eleições parlamentares e ela se tornou a primeira premiê de um Estado muçulmano. Dois anos depois, em 6 de Agosto, o presidente paquistanês Ghulam Ishaq Khan a destituiu do cargo, alegando abuso de poder, nepotismo e corrupção. Seu partido foi derrotado nas eleições e ela passou a fazer oposição no parlamento.

Em 19 de Outubro de 1993, Bhutto tornou-se primeira-ministra pela segunda vez. Mas em 5 de Novembro de 1996, ela novamente foi destituída do seu cargo, desta vez pelo presidente Farooq Leghari, sob acusações de corrupção e improbidade administrativa, e pela morte extrajudicial de detentos. Em 1999, com a tomada do poder no país pelos militares liderados pelo atual presidente Pervez Musharraf, ela se auto-exilou em Londres. A justiça paquistanesa decretou Bhutto culpada dessas acusações de corrupção. Em 5 de Outubro de 2007, Musharraf concedeu amnistia à Bhutto, abrindo caminho para um acordo com a líder do PPP.

Após oito anos de auto-exílio no Dubai e em Londres, Benazir Buttho voltou ao Paquistão. Desembarcou em Karachi em 18 de Outubro de 2007, sendo recebida por uma multidão de mais de cem mil pessoas. Ao desfilar com correligionários pela capital paquistanesa, duas explosões ocorreram no meio da multidão, perto dos carros da sua comitiva, matando ao menos 140 pessoas e ferindo mais de 200. A ex-primeira ministra, entretanto, não foi atingida.

A ex-primeira-ministra, que chegou a ser mantida em prisão domiciliar temporariamente em uma casa na cidade de Lahore, e ficou impedida de liderar uma marcha contra o estado de emergência decretado por Musharraf em 3 de Novembro. Ela foi libertada seis dias depois.

Desde seu retorno ao Paquistão, Benazir pediu a renúncia do general Pervez Musharrafda presidência do Paquistão, mesmo este sugerindo à líder oposicionista o cargo de primeira-ministra,

.

Assassinato

No dia 27 de Dezembro de 2007, durante um comício onde Bhutto participava na cidade de Rawalpindi, um homem-bomba detonou explosivos e matou pelo menos 20 pessoas. No meio da confusão, Bhutto foi alvejada no peito e no pescoço. Levada para um hospital, a líder oposicionista não resistiu aos graves ferimentos e morreu. A morte de Benazir aconteceu a duas semanas da realização de eleições no Paquistão, marcadas para 8 de Janeiro de 2008. A líder do PPP era uma das favoritas no pleito.

.

Retirado da Wikipédia

.

Editado por António Costa da Silva

 

 

publicado por alcacovas às 18:52
| comentar | ver comentários (1)

VOU-ME DISFARÇAR DE ESTÚPIDO PARA NÃO SABEREM QUE ESTOU AQUI.

Li a notícia que se segue e fiquei boquiaberto:

Fecho da urgências é para bem das populações

O ministro da Saúde garantiu esta quarta-feira que o encerramento das urgências do Hospital José Luciano Castro, em Anadia, e do Serviço de Atendimento Permanente (SAP), em Alijó, é “para o bem das populações”.

“Tenho a certeza que dentro de dois, três meses, ou menos até, as populações compreenderão que fizemos o que tínhamos de fazer para o bem das próprias populações”, declarou Correia de Campos.

Fonte: Correio da Manhã

 

 

O melhor, mesmo, é disfarçar-me de estúpido para não saberem que estou aqui

 

Editado por António Costa da Silva

publicado por alcacovas às 18:45
| comentar | ver comentários (1)

Assembleia Municipal de Viana do Alentejo

Ainda não houve nenhuma este mês?

Já não irá realizar-se antes do fim do ano?

 

Agradeço ao António que me informe, por favor, pois é quem tem mais conhecimento de causa.

 

Cumprimentos,

 

Frederico Carvalho 

publicado por alcacovas às 15:01
| comentar | ver comentários (1)
Quarta-feira, 26 de Dezembro de 2007

Uma grande questão

O aumento permanente da procura de maior e melhor bem-estar material é próprio da natureza humana ou artificialmente estimulado pela publicidade moderna?
 
rmgv
publicado por alcacovas às 22:56
| comentar

Boas Festas a todos

 

Ainda não tinha aqui deixado os meus votos de Boas Festas e, apesar de já termos passado o Natal, queria ainda desejar a todos um excelente Ano Novo de 2008, repelto de saúde e realizações. Espero sinceramente que entrem todos com o pé direito!

Um abraço,

 

Frederico Carvalho

publicado por alcacovas às 21:40
| comentar

Exposição Os Tratados entre Portugal e os Países da União Europeia, séculos XIII-XXI

Destaque

 

A Direcção-Geral de Arquivos – Arquivo Nacional da Torre do Tombo e a Assembleia da República, apresentam uma exposição conjunta de originais de Tratados, assim como de outros documentos significativos relacionados com esta matéria, pertencentes ao património do Arquivo Nacional da Torre do Tombo, do Arquivo Histórico Parlamentar, do Arquivo Histórico Diplomático do Ministério dos Negócios Estrangeiros e do Conselho da União Europeia, que estará patente ao público até ao final de Dezembro de 2007, encontra-se dividida em dois núcleos que estarão em simultâneo na Torre do Tombo e na Assembleia da República.


Na selecção de documentos foi assegurado que todos os países que actualmente integram a UE estavam contemplados, o que determinou a inclusão de Tratados celebrados com Estados que, à data, compreendiam regiões e territórios a que correspondem hoje em dia países da UE, mas à época constituíam regiões, territórios, reinos e mesmo impérios muito mais vastos que a configuração dos actuais países.


No núcleo da Torre do Tombo, destacamos a cópia, em português (1387), do texto do Tratado de Windsor, e o fac-simile do Tratado de Tordesilhas, cujos originais estão classificados pela UNESCO no Registo da Memória do Mundo, assim como o fac-simile do Tratado de Alcáçovas (1480). Muitos outros, ao longo dos séculos foram firmados, permitindo reforçar as relações políticas, de amizade, de paz e de comércio entre os Estados. Em 1957, a assinatura dos Tratados de Roma dá início a uma nova série de Tratados Europeus, de consolidação e alargamento da União Europeia – exemplo disso é o fac-simile do Tratado de Adesão de Portugal e Espanha, assinado em 1985, escrito em 10 línguas, com 15.380 páginas de texto, 1,41m de lombada e um peso superior a 80kg.


O Catálogo da exposição pode ser adquirido na Loja do ANTT (Alameda da Universidade) ou na Livraria Parlamentar (Palácio de São Bento).


No Arquivo Nacional da Torre do Tombo a exposição está patente ao público de 26 de Setembro a 31 de Dezembro, nos dias úteis das 10h às 19h e aos Sábados das 10h às 12h – Marcação de visitas guiadas: Serviço Educativo – Dra. Maria dos Remédios ou pelo telefone: 217 811 500


Na Assembleia da República a exposição está patente ao público de 11 de Setembro a 28 de Dezembro, nos dias úteis das 10h às 17h (com visitas de hora a hora).

 

Retirado do site da Logotipo da DGARQDirecção Geral de Arquivos

 

Editado por António Costa da Silva

publicado por alcacovas às 20:44
| comentar

O MINISTRO MÁRIO LINO FOI O ÚNICO GOVERNANTE QUE TRABALHOU NO DIA DE NATAL

 

Roubado ao http://jumento.blogspot.com/

 

Editado por António Costa da Silva

publicado por alcacovas às 19:35
| comentar
Sábado, 22 de Dezembro de 2007

Um derby à moda antiga

S. C. ALCAÇOVENSE – S. C. VIANA DO ALENTEJO (1-1) e (3-1) nas penalidades

 

00006ab5

 

Iniciámos o jogo com a seguinte equipa: Guarda-Redes: Pernas; Defesas: Nuno Galvão, Chico Valente (Molezas), Batalha e Nelson; Meio-Campo: Manuel Jorge; José Eduardo (Treinador) e Nuno Maurício (Chinês); Atacantes: Paulo Rodrigues, Jorginho e José Samora.

00005k0f

Um jogo totalmente dominado pela nossa equipa.

 

Logo no início marcámos a tónica do jogo: o nosso único objectivo era a vitória.

 

Tivemos a primeira grande oportunidade aos 15 minutos. Um belo passe do Zé Samora e o Jorginho quase que marcava.

00007046

 

Aos 20 minutos nova grande oportunidade. Após um excelente centro o Nuno Chinês remata forte de cabeça, permitindo uma espectacular defesa do guarda-redes do Viana.

00008xeg

 

Até ao final da primeira parte, conseguimos ter mais posse de bola, mas sem resultados práticos.

00009b25

 

No arranque da segunda parte a nossa equipa faz uma jogada brilhante, terminando com um espectacular remate do Manuel Jorge à barra da baliza do SCVA.

 

Aos 31 minutos o Zé Samora consegue isolar-se e frente ao enorme guarda-redes do Viana não consegue marcar.

0000abzc

 

Nesta fase do jogo entrou o Padeirinha para substituir o lutador Jorginho. Continuávamos a dominar a partida.

0000br86

 

Entrou também o João Pedro para o lugar do Paulo Rodrigues. Entrou também o Rui Querido para substituir o lesionado Nuno Chinês.

 

Até ao fim do tempo regulamentar o resultado manteve-se inalterado, obrigando as duas equipas irem para prolongamento.

 

Nesta fase extra do jogo, a nossa equipa continuou a procurar a merecida vitória.

 

Um jogo desastradíssimo do árbitro da partida, prejudicando claramente a nossa equipa, culminando com a expulsão do António Padeirinha. Claramente incompetente.

 

Já a nossa equipa jogava com 10 unidades quando o Viana conseguiu marcar o seu golo. Tinha sido criada uma grande injustiça.

 

No arranque da segunda parte do prolongamento a nossa equipa demonstrou estar física e psiquicamente forte. Não desacreditou e conseguiu encostar totalmente o Viana na sua área. Dai, resultou uma indiscutível grande penalidade, onde o nosso treinador/jogador Zé Eduardo conseguiu concretizar.

 

Até ao fim desta fase do jogo não houve mais golos, indo as duas equipas desempatar através de grande penalidades.

 

Aqui começou a fase do José Pernas – Verdadeiro símbolo do nosso orgulho, defendendo 3 das 4 penalidades do Viana.

 

Da nossa equipa marcaram: o José Eduardo, Manuel Jorge e Nuno Galvão.

0000cf2x

Não fosse o fotógrafo de fraca qualidade, esta seria seguramente a foto do ano.

Notas Individuais:

1)      José Pernas – exibição bastante segura. Decisivo na vitória da equipa ao defender 3 das 4 grandes penalidades do Viana;

2)      Nuno Galvão – Esteve bastante seguro. Cumprindo em pleno a sua obrigação

3)      Chico Valente (Molezas) – Seguro e sem falhas. Novamente em campo o verdadeiro patrão da defesa;

4)      Batalha – um espectáculo. Mais um jogo em grande plano. Um verdadeiro batalha em campo. Por ele poucos passam;

5)      Nelson –. Um jogo 5 estrelas. Tanto a defender como atacar;

6)      Zé Eduardo – Este homem foi feito para os grandes jogos. Um jogador exemplar, parecia um jovem de 20 anos a jogar. Deu a serenidade à equipa quando foi necessário, nomeadamente dando a cara para marcar as grandes penalidades;

7)      Nuno Maurício (Chinês) – Outra vez em grande. Trabalhou bem do princípio até ao fim. Por ele poucos passaram;

8)      Manuel Jorge – É o número dez, joga com os dois pés, é o nosso Pélé. Olé, olé

9)      Samora – Mais um excelente jogo. Quase que não se ressentiu da sua lesão. Quase que marcava. Mas dava a marcar;

10)  Jorginho – Um jogo cheio de trabalho, contra o enorme defesa central do Viana;

11)  Paulo Rodrigues – Hoje já jogou a titular e mereceu bem a confiança do treinador.. Grande papel no lado esquerdo. Também ajudou bastante o seu colega da defesa;

12)  Padeirinha – Entrou bem. Disputando o jogo aéreo com grande nível. Injustamente expulso. Pode-se dizer que a decisão do árbitro foi claramente absurda;

13)  João Pedro – Entrou um pouco nervoso em campo. Ainda assim, teve alguns lances de relevo, com dribles de arregalar a vista a todos;

14)  Rui Querido – Foi cumprir muito bem a sua missão. Dar segurança ao meio campo, para evitar aventuras do Viana.

Notas principais:

1)      Uma arbitragem medíocre e incompetente;

2)      Melhor Jogador em Campo – Nelson Caeiro (SCA);

3)      Melhor Jogador do Viana – nº 18

 

A nossa equipa deu-nos um belo presente de Natal.

 

Bom Natal a todos e um ano de 2008 cheio de saúde e sucessos.

 

Pela Direcção do SCA

 

António Costa da Silva

publicado por alcacovas às 18:47
| comentar | ver comentários (6)

Logotipo dos Jogos Olimpicos da China





Do Julgamento Público

 

Editado por António Costa da Silva

publicado por alcacovas às 14:02
| comentar

Publicado por:

André Correia (AC); António Costa da Silva; Bruno Borges; Frederico Nunes de Carvalho; Luís Mendes; Ricardo Vinagre.

Posts recentes

***

“Alcáçovas Vila Global”

Inauguração da obra de Re...

Recordação do nosso Blog:...

Há 6 anos atrás começou a...

Vitória

Um brinde à Arte Chocalhe...

O Fabrico de Chocalhos já...

Mostra de Doçaria de Alcá...

Para onde vamos?

Arquivos

Outubro 2016

Agosto 2016

Fevereiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Blogs

Visitas a partir de 5/3/2006

De onde nos visitam?

outils webmaster
contador

Pesquisar neste blog